Fernando Valente compositor

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Fernando Valente

Composição

Natural de Moldes, concelho de Arouca, Fernando Valente concluiu o Curso Superior de Composição no Conservatório de Música do Porto.

É professor de Análise e Técnicas de Composição no Conservatório de Música do Porto e na Escola de Música Óscar da Silva em Matosinhos. Lecionou no III e no IV Curso Nacional de Música Litúrgica.

Entre as funções desempenhadas no âmbito das instituições escolares contam-se a de Presidente da Assembleia de Escola do Conservatório de Música do Porto, de Presidente do Conselho Pedagógico e Coordenador de Departamento, entre outras.

Dirigiu o Coro da Universidade Portucalense de 1987 a 2002. Foi membro do Coro da Sé Catedral do Porto, que acompanhou ao órgão durante alguns anos e dirigiu em alguns concertos. Tem assumido responsabilidades em várias iniciativas corais.

Como compositor, tem obras escritas para diversas formações, com o privilégio dado à voz. Algumas obras estão gravadas em CD e impressas. Apresentam-se seguidamente alguns títulos:

Obras para instrumentos em diversas formações,

nomeadamente Impromptus sobre canto popular (flauta), Tal e Qual/Exactly (duo de guitarras), Música para sete quadros de Job (trombone solo, sobre desenhos de José Rodrigues), Alva (trombone, bombardino e piano), Ut II (piano), Oferenda (orquestra).

Para canto e piano:

ciclo Oração ao pão, de Guerra Junqueiro; Poemas de Eugénio de Andrade (cinco poemas); Os versos que te fiz (soneto de Florbela Espanca); Gatimanhos.

Para coro:

música sacra e profana a capella ou com acompanhamento instrumental: Hymnos (4 v.m.), Convite (coro 4 v.m.), Liturgia de Natal (coro, cordas, metais e órgão), Liturgia da Páscoa (coro, cordas, metais, percussão e órgão), Mistérios Gloriosos (coro misto, sopros, metais e órgão), Ave Maria (I – para 4 v.m.), Avé Maria (II – para 4 v.m. e órgão), Pai Nosso (4 v.m.), Panem caeli (4 v.m.) e outros pequenos motetes. Tem-se dedicado também à harmonização/composição sobre melodias tradicionais: quatro melodias de Arouca (colaboração em CD Despiques), onze melodias de Arouca (totalidade do CD Canções de Arouca), entre outras. Integrou o projeto Para um Natal Português (soprano, coro e orquestra) com Carlos Azevedo, Fernando Lapa e Eugénio Amorim.

Tem composto música para grupos infantis/juvenis, por vezes juntamente com coro de vozes mistas: música para o Sapo Apaixonado (vozes, piano e flauta); música para A Noite dos Animais Inventados (vozes e piano); Viagem para Norte, a propósito da viagem a Portugal de Hans Christian Andersen (coro infantil, coro misto, grupo de guitarras, flauta, clarinete, piano, marimba e outras percussões); música para o Auto da Barca do Inferno de Gil Vicente (coro juvenil a duas vozes, piano, e instrumentos Orff); A Nau Catrineta (coro juvenil e piano), música para os poemas Tomasinho–Cara-Feia (flauta, coro juvenil a duas vozes e piano) e Avô Crocodilo (barítono, coro juvenil a duas vozes e piano), assim como algumas canções de Natal (coro e piano).

12 Fevereiro 2012