Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Fábio Monteiro

Saxofone

Fábio José Gonçalves Monteiro, natural de Amareleja, nasceu a 23 de Janeiro de 1988.

Com 8 anos de idade começou os seus estudos musicais na Sociedade Filarmónica União Musical Amarelejense.

No ano de 2000 ingressou no Conservatório Regional do Baixo Alentejo na classe de saxofone de José de Brito.

Em 2007 inicia o Curso de Música ramo interpretação variante Saxofone da Universidade de Évora na classe de José Massarrão e Mário Marques. Trabalhou também com Christopher Bochmann em grupo de música comtemporânea e coro, formação auditiva e análise musical com Benoit Gibson e orquestração com Pedro Amaral.

Já trabalhou em orquestra sob a orientação dos maestros, José de Brito, Carlos Amarelinho, Délio Gonçalves, Carlos Marques, Luís Carvalho, Tiago Alves, Alberto Roque, José Pedro Figueiredo, João Paulo Fernandes, Simão Francisco, Robert Houlihan, Rui Carreira, Pedro Andrade, Jose Ignacio Blesa, Ferrer Ferran, Felix Hauswirth, entre outros, na maior parte das vezes como chefe de naipe dos saxofones.

Foi convidado para tocar a solo no VIII Estágio de Orquestra da Canto Firme de Tomar sob a batuta do maestro Alberto Roque.

Foi convidado para lecionar masterclasses de saxofone na Banda Filamónica da Covilhã e na Banda Filarmónica de Pampilhosa da Serra.

Fez parte de projetos como The BellsWood Ensemble e Banda Sinfónica do Sul, continuando a integrar a Orquestra de Sopros do Médio Tejo, entre outros.

Atualmente frequenta o mestrado em Ensino de Música variante Saxofone na Universidade de Évora na classe do professor Mário Marques.

Acumula funções de docente de Saxofone no Conservatório de Artes- Canto Firme de Tomar e na Escola Secundária Manuel Fernandes de Abrantes.

Desde Julho de 2015 é maestro da Banda da Sociedade Filarmónica União Musical Amarelejense.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook