Eva Braga Simões

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Eva Braga Simões

Soprano

Natural de Braga, Eva Braga Simões iniciou os estudos musicais no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga, onde estudou piano e flauta e concluiu o Curso Complementar de Canto.

Licenciou-se em Canto pela Universidade de Aveiro, sendo distinguida com uma bolsa de mérito. Estudou com António Salgado, Peter Harrison, Palmira Troufa, Sara Braga Simões, José Oliveira Lopes, Ana Ester Neves, Laura Sarti, Patricia MacMahon e Jill Feldman.

Estreou-se em ópera em Dido and Aeneas de Henry Purcell (direcção de Cesário Costa). Participou em produções de Venus and Adonis de John Blow e L’enfant prodigue de Debussy e foi ‘Bessie’ em Mahagonny Songspiel de Bertolt Brecht e Kurt Weill (direcção de António Saiote). Foi solista na produção de A Soberba sob a direcção do actor/encenador António Fonseca e em Yukio Mishima de Adam Darius (direcção de Kazimir Kolesnik), no Auditório da Fundação de Serralves. Participou na banda sonora de O Embargo, filme premiado de António Ferreira baseado num conto de José Saramago. Em 2011 estreou-se a solo em Roma, com o organista Giampaolo di Rosa.

Recentemente tem-se dedicado à interpretação de música antiga e música contemporânea actuando em Portugal, Espanha, França, Bélgica, Alemanha, Inglaterra, Irlanda, Itália, Suécia e Dinamarca. Neste contexto já trabalhou com Paul Hillier, Simon Carrington, James Wood, Kaspars Putninš, Peter Rundel, Graham O’Reilly, Peter Philips, Baldur Brönnimann, Rainer Zipperling, Ketil Haugsand, Andrew Parrott, Antonio Florio, Laurence Cummings, Arianna Savall e Steve Reich.

É membro do Vocal Ensemble, do Arianna Ensemble (Espanha) e, desde a sua constituição, da Cappella Musical Cupertino de Miranda e do Coro Casa da Música.

Outubro 2017

Partilhe
Share on Facebook
Facebook