Elsa Silva piano

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Elsa Silva

Piano

Elsa Marques Silva é natural do Porto. Iniciou os estudos musicais com seis anos de idade na Academia de Música de Vilar do Paraíso.

Estudou na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Porto, onde integrou a classe de Pedro Burmester. Concluiu em 2000 o Mestrado na Hartt School of Music da Universidade de Hartford (EUA), onde foi aluna de Luiz de Moura Castro.

Frequentou várias classes de aperfeiçoamento internacionais sob a direcção de professores como Helena Sá e Costa, Dmitri Paperno, Vitalij Margulis, Boris Berezowsky, Tânia Achot, Nina Svetlanova e Peter Eicher, entre outros.

É laureada dos seguintes concursos nacionais: Prémio Helena Costa (2º prémio), Concurso de Interpretação do Estoril (2º prémio), Prémio Jovens Músicos (2º prémio) e Concurso de Piano da Covilhã (1º prémio). Internacionalmente, possui o galardão Concerto Awards – 1988 International Music Academy Piano Program – Kromeriz (República Checa), foi finalista do Emerson Quartet Competition e obteve o 2º prémio no Young Artist Piano Competition, Connecticut (EUA).

Tocou como solista com a Orquestra Nacional do Porto, Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, Orquestra do Norte, Orquestra do Algarve, Orquestra Sinfónica da Póvoa de Varzim, Remix – Orquestra de jovens e Orquestra Filarmonia das Beiras, colaborando com maestros como Meir Minsky, Ferreira Lobo, Osvaldo Ferreira, Nicholas Kok, Cesário Costa, Tolga Kashif, Luís Carvalho e Jean-Marc Burfin.

Realizou inúmeros recitais tanto a solo como em formações de câmara, em Portugal (CCB, Palácio da Bolsa, Universidade de Aveiro, Culturgest, Teatro Camões, Teatro Gil Vicente de Coimbra, Teatro Baltasar Dias – Madeira, etc.), Espanha, França, Reino Unido, Alemanha, Estados Unidos da América e Brasil.

Gravou para a Numérica, Atelier de Composição e RDP. A sua discografia inclui dois CD’s com o clarinetista Nuno Pinto, um dedicado a obras de Schumann com e o outro preenchido por obras de compositores portugueses contemporâneos, Tempo de Outono, este último considerado um dos melhores discos de 2016 pelo jornal Público. Gravou com o trompista Bernardo Silva um disco com repertório de trompa e piano, e um CD inteiramente preenchido com a obra de Álvaro Salazar Estudos Incomunicantes para dois pianos, com a pianista Eugenia Chvets. Gravou também diversas obras contemporâneas para piano solo, das quais se destaca a peça de Fernando Lapa Três Cantos para uma Memória.

Tem dedicado particular atenção à música contemporânea, participando em inúmeras estreias de compositores portugueses e estrangeiros.

É docente na Academia de Música de Vilar do Paraíso, exerce funções de acompanhadora na ESMAE e é membro do Sond’arte Electric Ensemble.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook