Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Eldevina Materula

Oboé

Eldevina Materula, também conhecida por Kika Materula, é oboísta profissional moçambicana, oboé solista da Orquestra Sinfónica Portuguesa Casa da Música. É directora artística e autora do Projecto Xiquitsi, cujo objetivo é a integração, inserção social e capacitação profissional de crianças e jovens, de meios desfavorecidos, por intermédio do ensino coletivo da música. Inclui o Festival Internacional de Música de Maputo (oito edições) e pretende criar a primeira orquestra sinfónica do país.

Iniciou os estudos musicais aos 7 anos de idade na Escola Nacional de Música de Maputo (Moçambique).

Em 1995, já em Portugal, deu continuidade aos seus estudos musicais e teve o  primeiro contacto com o oboé. Terminou a licenciatura na ESML na classe de  Andrew Swinnerton (oboé), e Olga Prats (Música de câmara). Na Malmö Academy of Music, terminou a sua Pós Graduação na classe do professor Bjorn Carl Nielsen.

Durante a sua formação frequentou vários cursos de aperfeiçoamento com os professores Thomas Indermüller, Ernest Rombout, H. Shellenberger, Alex Klein, Christian Wetzel, Francois Lelleux entre outros.

Realizou concertos de Norte a Sul de Portugal, bem como em Espanha, Alemanha, França, Dinamarca, Suécia, Angola, Moçambique, Brasil entre outros. Em 2001 venceu a XVI edição do Prémio Jovens Músicos na categoria de oboé.

Colaborou como convidada com a Orquestra Clássica da Madeira, Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, Orquestra Sinfonieta de Lisboa, Orquestra Gulbenkian, Malmö Symphonie Orchestra (Suécia), Malmö Opera Orchestra, Danish Radio Sinfonietta (Dinamarca), Orquestra Sinfónica da Bahia (Brasil), entre outras. Foi oboísta da Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música.

Em 2020 foi nomeada Ministra da Cultura e Turismo de Moçambique.

[ Atualizada a 21 de janeiro de 2020 ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook