Eduarda Ferreira

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Eduarda Ferreira

Composição

Eduarda Ferreira nasceu a 28 de março de 2001 e iniciou os estudos musicais na Sociedade Artística Musical Fafense – Banda de Golães aos sete anos, com Tiago Ferreira. Mais tarde, ingressou no primeiro grau, na classe de trompete de Manuel Nunes, na Academia de Música José Atalaya, onde completou o Curso Básico do Ensino Articulado. Frequenta o oitavo grau no Curso de Formação Musical tendo como orientadora Cristina Cunha.

Integra o coro de música de câmara, a orquestra de sopros, a orquestra sinfónica, o quinteto de metais e é membro do grupo Cort’Jaz da Academia de Música José Atalaya, tendo como professores Tiago Ferreira, José Ricardo Freitas, Andriy Stepanskyy, Rui Martins e José Miguel Costa. Ao longo do seu percurso académico realizou vários concertos a solo, de música de câmara, de coro e de orquestra.

Participou em vários musicais como “Kate e o Skate”, “Escola de Sonhos” e “José e o Deslumbrante Manto de Mil Cores” e foi protagonista nos musicais “Os Sonhos de José” e “A Bela e o Monstro” na Academia de Música de Basto.

Participou, também, em concertos pedagógicos, no concerto de angariação de fundos para a UNICEF durante o evento “Terra Justa” em parceria com a Orquestra de Cordas do Colégio Moderno e no intercâmbio entre a Academia de Música José Atalaya e a Academia de Música de Castelo de Paiva.

Participou no “XI Encontro Nacional da APEM” com a temática “A Música, o ensino geral e o especializado: (com)fluências”, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, e na Ação de Formação “Kodály: educação musical baseada no canto – Nível I” e “Kodály: educação musical baseada no canto – Nível II” com a professora Sarolta Plátthy, organizada pela Associação Portuguesa de Educação Musical (APEM), no Conservatório de Música do Porto.

Iniciou os seus trabalhos de composição, no âmbito da disciplina de ATC com Nuno Peixoto de Pinho, em outubro de 2016. Em outubro de 2017 ganhou uma Menção Honrosa no “4º Concurso de Composição de Canções para Crianças”, organizado pela APEM, com a obra “O relógio de sala”, obra a qual está editada pela mesma associação. Também esta obra foi publicada na Separata online da APEM e gravada para o site Cantar Mais – Mundos com voz, tendo trabalhado com Gilberto Costa e Carlos Gomes.

Tem obras originais para diversas formações instrumentais: “As Alterações” e “O relógio de sala” para Coro Infantil e Piano; “Crescer e Aprender com a Música” e “A Magia da Música” para Coro Infantil e Orquestra Sinfónica; “Aguarela do Servir”, “Cavalo à Solta”, “(sem título)” e “Até que amei“ para Voz e Piano; “Vazio” para Trio piano, violino e violoncelo; “Reflexos“ para Orquestra de Sopros; “Pseudo-Romantismo” para Flauta e Piano; e “Peça para Clarinete Solo”.

Desde abril de 2017 conta com 32 apresentações das suas obras em concertos, a maioria delas sobre a direção da própria. Apresentou as suas obras em Fafe, Vila Verde, Gondomar e Santa Maria da Feira.

Realizou também 12 arranjos, a sua maioria a pedido de outrem, apresentados em Fafe, Vieira do Minho e Braga. Os seus arranjos são para as seguintes formações: trio – piano, violino e violoncelo; coro SATB; coro SATB e piano; quarteto de cordas, piano e coro; quarteto – piano, 2 violas d’arco e clarinete; quarteto – piano, 2 violinos e violoncelo; Orquestra de Sopros e Orquestra Sinfónica.

Atualmente está a trabalhar com a Arpejo Editora, onde irá editar 6 obras.

[ Bio publicada na Meloteca a 26 de outubro de 2019 ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook