Daniela Paulo

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Daniela Paulo

Violeta

Nascida no ano de 1994, Daniela Paulo desde cedo possuiu interesse pela bela arte que é a música, iniciando os estudos musicais no Violino, com apenas 6 anos de idade.

Frequentou diversas classes de aperfeiçoamento com Jorge Alves, Aida Carmen Soanea, Luis Norberto, Tatjana Massurenko, Gerard Caussé, Ana Bela Chaves, António Pereira.

Já tocou em grandes salas, como o Coliseu do Porto, Igreja da Lapa, Casa das Artes (Famalicão), Casa da Música, Casino de Espinho, Multimeios de Espinho, Europarque, sob a direção de Sérgio Alapont, António Saiote, Pedro Neves, Paulo Perfeito, Rui Pinheiro, Roberto Valdés, Martin Lutz, Dainius Pavilionis, Christoph König, Raf De Keninck, Jean Marc Bufin, Jan Milosz Zarzycki e Bart Bouxkaert.

Participou em várias edições do Festival Internacional de Música de Espinho, com grandes nomes da música como Philip Achille, Per Arne Glorvigen, Edicson Ruiz, Ana Barros.

Já tocou em orquestras, como a Orquestra Sinfónica da ESMAE e OCE (orquestra clássica de Espinho). Já foi convidada para tocar com a EMPB (Escola de Música da Paróquia de Bonfim).

Participou no 42º Congresso Internacional da Viola d’Arco, realizado no Porto, onde assistiu a masterclasses/concertos de grandes nomes da Viola d’arco, tais como Bruno Giuranna, Atar Arad, Avri Levitan, Ivo Jan van der Werff, Nobuko Imai, R. Myers. Participou no Ensemble de Viola d’Arco da ESMAE; o mesmo participou no 42º Congresso Internacional da Viola d’Arco. Participa desde 2009 nos Encontros de Viola d’Arco, sendo que em 2011 conseguiu escrever o seu nome no Livro de Recordes do Guiness.

Participa em vários coros como o Coro de Santa Eulália, sob direção da Mezzo-Soprano Patrícia Quinta e no Coro de Gervide, sob a direção de André Vieira, sendo que a partir do ano de 2015, a direção do coro referido, ficou a seu cargo. Já participou num concerto sob a direção de Ferreira dos Santos.

No ano de 2016 participou no encontro / conferências dos 150 anos das Irmãs Doroteias em Fátima, tendo sido convidada para embelezar o mesmo, através de momentos musicais.

Foi convidada no ano de 2017, para fazer parte do projeto “Ópera no Património” (orquestra em Leiria), onde fez concertos em Monumentos emblemáticos, tais como: Museu de Leiria, Castelo de Leiria, Mosteiro de Alcobaça, Museu do Papel e Igreja da Misericórdia.

Concluiu a licenciatura na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo (ESMAE), na classe do professor Ryshzard Woyciki, com a classificação de 20 valores. No ano letivo 2016/2017 decidiu prosseguir os seus estudos académicos, pelo que ingressou no MEM na ESMAE, onde teve a oportunidade de trabalhar sob orientação do violetista: Lourenço Sampaio, terminando o 1º ano com 18 valores. Em 2018 terminou o 2º ciclo de estudos com a classificação final de 19 valores, defendendo a sua tese de mestrado.

No ano letivo de 2018/2019 foi colocada no Conservatório de Música Terras de Santa Maria, onde leciona as disciplinas de Viola d’arco, Violino e Classe de Conjunto (Coro).

Atualmente é membro da OCE (Orquestra Clássica de Espinho) e da ACO (Atlantic Coast Orchestra).

Como forma de complementar a sua formação, candidatou-se ao Programa Doutoral da FBAUP (Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto), na qual foi aceite.

[ Bio facultada por Daniela Paulo e publicada na Meloteca a 03 de junho de 2019 ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook