saxofonista Daniel Marques

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Daniel Marques

Saxofone

Natural de Silves, Daniel Emanuel Moreira Marques iniciou os estudos musicais com 7 anos na escola de música da Sociedade Filarmónica Silvense.

Desde o inicio da sua formação que trabalhou com vários saxofonistas entre os quais Luis Clemente, Carlos Amarelinho, Carlos Ramalho e Hélder Alves.

A convite do professor Carlos Ramalho, em 2008, passou a fazer parte da Orquestra de Sopros do Algarve, sob a direção de João Rocha. No ano letivo seguinte ingressou o Curso Profissional de Instrumentistas de Sopro e Percussão, Academia de música de Lagos, na classe de saxofone de Carlos Ramalho. No ano de 2012 terminou este curso, com média de 17,2 valores e conseguiu alcançar o 2º Lugar no Concurso Cidade de Lagos, Anatólio Falé, na categoria principal. 

Licenciou-se em Música, ramo de interpretação na variante de Saxofone na Universidade de Évora na classe de José Massarrão, tendo a oportunidade de trabalhar com ilustres nomes do ramo como Christopher Bochmann, Benôit Gibson, Ian Mikirtoumov, Pedro Amaral, Hugo Assunção, Claus Nymark, Mário Delgado, entre outros. Aqui fundou o Quarteto de Saxofones da Universidade de Évora, 4SaxUÉ.

Durante estes anos foram várias classes de aperfeiçoamento em que participou, e os estágios de orquestra de sopros que frequentou (Templários, Com’Paço, EnOs, Beja, Inatel, FISP, Sotavento Algarvio, Castro D’Aire, Sax ao Sul, Nova Filarmonia de Lagoa etc.) como participante ou convidado ou até mesmo orientador/docente. Fez ainda parte de vários grupos musicais, e teve a oportunidade de trabalhar com nomes como Corvos, Cuca Ruseta, Jorge Palma, Rita Guerra, Filipa Silva, Beto Kalulu, Edmundo Vieira…

Foi docente de Saxofone e Classe de Conjunto na Academia de Música de Lagos e restantes pólos da instituição (Loulé, Portimão, Lagoa).

Lecionou nas áreas de enriquecimento curricular (AEC) do ensino pré-escolar e primário.

É orientador de Saxofone na Sociedade Filarmónica Silvense (onde fundou os XelbInSax Quartet), presença assídua de várias bandas filarmónicas e Orquestras de Sopro a nível nacional como reforço, músico freelancer com o nome artístico DemmSax em inúmeros tipos de eventos e exerce funções de docente na Academia de Música de Portimão, no Conservatório de Música e Artes de Lagos e no Conservatório de Artes de Lagoa (Artis XXI).

Frequenta o Mestrado em Ensino da Música na Universidade de Évora sob a orientação do saxofonista Mário Marques.

[ Bio publicada na Meloteca a 05 de junho de 2019 a partir do I Estágio de Orquestra Juvenil ‘ 19 | Lagoa ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook