Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Daniel Frazão

Clarinete

Natural de Alcanede, Santarém, Daniel Frazão iniciou os estudos musicais com o seu avô, em 1997. Em 2001 ingressou na Banda da Sociedade Filarmónica Alcanedense, tendo como professor de Clarinete o Maestro Alberto Lages. Em 2003 ingressou no Conservatório de Música Jaime Chavinha (Minde), na classe de Pedro Barroca.

É licenciado em Clarinete pela Escola Superior de Música de Lisboa (ESML), onde estudou com os professores Paulo Gaspar e Manuel Jerónimo. É, também, Mestre em Ensino da Música pela ESML, com a publicação A Música Tradicional adaptada para o Ensino do Clarinete, tendo como orientador o Professor Doutor Manuel Jerónimo.

Frequentou diversas classes de aperfeiçoamento de Clarinete, sob a orientação de Alberto Lages, Hélder Gonçalves, Paulo Gaspar, Manuel Jerónimo, Rui Martins, Francisco Ribeiro, António Saiote, Nuno Pinto, Fausto Corneo, Massimo Mazzone, Giorgio Feroleto, Antonello Timpani, Shigeru Ikushima, Paul Meyer e Nicholas Cox.

Também em Música de Câmara tem trabalhado com diversos professores, nomeadamente Luís Correia, Fernando Fontes, Paulo Pacheco, Olga Prats, entre outros.

Durante o seu percurso profissional tem trabalhado com inúmeros maestros de referência nacional e internacional, dos quais se destacam: Alberto Roque, Vasco Pearce de Azevedo, João Cerqueira, Carlos Amarelinho, José Ferreira Brito, Artur Cardoso, António Rosado, Fernando Marinho, Pedro Moreira, Samuel Pascoal, Simão Francisco, Tiago Alves, Jean-Sébastien Béreau, Christopher Bochmann, Rafael Agulló Albors, Felix Hauswirth, José Rafael Pascual Vilaplana, Dario Sotelo, Marcelo Maganha, Rafael Sanz-Espert, Timothy Reynish, José Blesa-Lull, Ferrer Ferran, Matthew George e Shawn Smith.

Obteve o 2º Prémio no Concurso Prémio Jovens Músicos 2009 promovido pela Antena 2/RTP, na categoria Música de Câmara, com o Trio Scherzando. Em 2013 ficou selecionado para a Orchestre de Jeunes de la Méditerranée (França), ficando na lista de reserva.

Em 2017 fez a estreia mundial do Concerto para Clarinete e Orquestra de Sopros do compositor Alexandre Almeida, com a Orquestra de Sopros da ESML, sob a direção do maestro Alberto Roque. Como solista, apresentou-se com várias formações, nomeadamente com a Orquestra de Sopros “Molto Vivace”, a Banda da Sociedade Filarmónica Alcanedense, a Banda da Sociedade Filarmónica de Alvorninha, a Orquestra de Clarinetes da ESML, o The BellsWood Ensemble, o Voco Ensemble, o Ensemble Clarinete Modus, a Orquestra do VIII Estágio de Orquestra de Sopros e Percussão de Mação, com a Orquestra de Sopros da ESML e com a Orquestra Sinfónica da ESML.

Em 2014 realizou um recital com o pianista José João Santos no Museu da Música Portuguesa – Casa Verdades de Faria (Estoril).

É Solista A e Chefe de Naipe da Orquestra Nova Ópera de Lisboa, Orquestra Sinfónica de Thomar e Orquestra de Sopros do Médio Tejo. É, também, membro do Ensemble Clarinete Modus desde 2015. Foi membro da Camerata de Sopros Silva Dionísio de 2011 a 2018 e colaborou com a Orquestra Sinfónica Juvenil em 2009 e 2011.

Atualmente é professor de Clarinete, maestro da Orquestra de Sopros e diretor pedagógico no Conservatório de Artes Canto Firme de Tomar e no Conservatório de Música de Mação.

[ Bio facultada por Daniel Frazão e inserida a 19 de fevereiro de 2019 ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook