Crispim Luz

Clarinete

Crispim Luz é um clarinetista português multidisciplinar. Nos vários trabalhos que desenvolve é possível vê-lo a tocar, a cantar, a dançar e a actuar.

Natural de Nogueira da Maia, a paixão pela música germinou no seio da Banda de Música de Moreira da Maia e, movido pela determinação e vontade em aprofundar os conhecimentos musicais, ingressou no Conservatório de Música do Porto com António Moreira Jorge.

Diplomado e Mestre pela ESMAE na classe de clarinete dos professores Nuno Pinto e António Saiote, prosseguiu os seus estudos com o clarinetista francês Florent Héau em Paris. O conhecimento obtido e a importância de cada palavra, permitiu a participação e obtenção de prémios em vários concursos nacionais e internacionais.

Com 21 anos foi convidado para ser concertino e chefe de naipe da Banda Sinfónica Portuguesa.

Em 2009 participou como convidado no Festival Junger Kunstler Bayreuth e ganhou a prova para o Ensemble Orfeo 33, em Paris.

Como solista apresentou-se com a Banda Sinfónica Portuguesa, Orquestra de sopros de Birkfeld e com a Banda de Música de Antas.

É professor na Academia de Música Costa Cabral e dá aulas particulares.

Apaixonado pela música de câmara, criou junto com três amigas o Quarteto Contratempus, grupo moderno, versátil e irreverente. Com este grupo estreou várias obras de compositores portugueses. Durante a temporada de 2017/2018 está em digressão nacional com a ópera de câmara multimédia “As sete mulheres de jeremias epicentro” e em setembro de 2018 estreou a obra “Variações a partir de um coração” do compositor Fernando Lapa, texto de Eduarda Freitas e encenação de Catarina Costa e Silva.

Realizou concertos por todo o país e já se apresentou em Espanha, França, Holanda, Itália, Alemanha, Áustria, Brasil e China. Gravou para a RDP/RTP, TVI e televisão Chinesa.

Crispim Luz é artista da marca Vandoren.

[ Clique para ler a entrevista dada por Crispim Luz ao Xpressing Music a 08 de março de 2015 ]

Publicado a 23 de outubro de 2018