Cláudio Ferreira, maestro

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Cláudio Ferreira

Direção de Orquestra

Cláudio Ferreira é um jovem maestro português, vencedor do 2º prémio na categoria de Direção de Orquestra do Prémio Jovens Músicos (2022).

Na temporada 2023, estreou-se como maestro convidado da Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, da Orquestra do Algarve e da Orquestra do Norte. Em 2024, teve a sua estreia com a Orquestra Metropolitana de Lisboa.

Nos últimos anos, foi frequentemente convidado a dirigir a Orquestra Filarmonia das Beiras, a Orquestra Clássica do Centro e a Orquestra e Coro do Projeto Xiquitsi, em Maputo-Moçambique.

Apresentou-se em concerto com a distinta solista internacional Elisabete Matos, dirigindo árias de ópera de Verdi, Boito e Puccini, e foi assistente do maestro Baldur Brönnimann na apresentação em concerto da Sinfonia nº 4 de Charles Ives, com a OSP/CdM.

Em 2018, realizou uma edição crítica à obra Suite Africana do compositor português do séc. XX Frederico de Freitas, posteriormente publicada pela AVA Musical Editions.

Possui quatro mestrados na área da música – Ensino de Música, Pedagogia do Instrumento, Teoria e Formação Musical, e Direção, este último pela Universidade de Aveiro, onde foi aluno do maestro Ernst Schelle.

Trabalhou ainda a sua técnica de direção de orquestra com o maestro Pedro Neves. Iniciou os estudos musicais na Banda Bingre Canelense, prosseguindo a sua formação em trombone no Conservatório de Música de Aveiro.

Desde 2014, é Maestro Titular e Diretor Artístico da Orquestra Juvenil de Viseu, uma parceria entre o Município de Viseu e o Conservatório Regional de Música Dr. José de Azeredo Perdigão.

Bio facultada por Cláudio Ferreira, atualizada na Meloteca a 29 de maio de 2024.

Partilhe
Share on facebook
Facebook