Carlos Fonseca

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Carlos Fonseca

Canto lírico

Carlos Fonseca, cantor lírico português do século XX, nasceu em Lagos, em 1930.

Muito novo ingressou no coro de São Carlos, mas foi no início dos anos 60 que integrou a “Companhia Portuguesa de Ópera”, e aí iniciou uma brilhante carreira, notabilizando-se nos anos seguintes em “D. Basilio” do “Barbeiro de Sevilha” e ”Colline” da “Bohème”, “Sparafucile” do “Rigoletto”.

Só em 1967 teria oportunidade de um papel principal, no “Don Pasquale”, com Zuleica Saque, Armando Guerreiro e Hugo Casaes. No “Actualidades” de 13 de Maio desse ano, escrevia Judith Lupi Freire:

“Carlos Fonseca apresentou-se pela primeira vez num papel principal e de muita dificuldade vocal e cénica. E a sua estreia foi espectacular: que densidade e que inflexão de voz! Que segurança e exactidão nos movimentos! Que detalhes vocais e cénicos tão psicológicos e sugestivos! Portou-se como um artista completo e isto numa estreia é excepcional!”

E assim continuou.

Na década de 70 fez parte da esmagadora maioria dos elencos de S. Carlos, sempre seguro e profissional.

Deixou de cantar em 1983.

Fonte: José Quintela Soares, blogue Operatutti

Partilhe
Share on Facebook
Facebook