Carlos Canelhas, autor de canções, natural de Cucujães, Oliveira de Azeméis

Carlos Canelhas

Compositor de canções

Carlos Canelhas foi um compositor de canções que nasceu em Cucujães, Oliveira de Azeméis, em 10 de setembro de 1927 e faleceu em 18 de julho de 2009, aos 81 anos.

Foi autor de sucessos como «Ele e Ela», interpretado por Madalena Iglesias no festival da Eurovisão em 1966.

Foi licenciado em História pela Universidade de Coimbra, e teve uma atividade profissional predominante como quadro do Ministério da Saúde.

Foi autor da música (e por vezes letra) de mais de 100 canções, entre as décadas de 50 e 90 do século XX.

Rui Mascarenhas, Simone de Oliveira, Madalena Iglésias e Artur Garcia são os intérpretes mais frequentes das suas canções.

Entre as colaborações de poetas e letristas destacam-se António Sousa Freitas, Jerónimo Bragança, António José, Maria Amália Ortiz da Fonseca, António Antão, Joaquim Pedro Gonçalves, Hernâni Correia, Rita Olivaes, Rosa Lobato Faria.

Canções com maior divulgação:

Década de 50:

  • Maria Helena
  • Mentirosa
  • Não te mereço
  • Sê feliz, as quatro com Rui Mascarenhas

Década de 60:

  • Sonha, com Madalena Iglésias
  • Ele e Ela, com Madalena Iglésias
  • Canção para um Poeta, com Madalena Iglésias
  • Ontem e Hoje, com Simone de Oliveira
  • Olhos nos Olhos, com Simone de Oliveira
  • Sensatez, com Simone de Oliveira
  • Porta Secreta, com Artur Garcia
  • A dança do Mundo, com Artur Garcia
  • Noiva do Mar, com Alice Amaro
  • Mil vezes obrigado, com Gina Maria
  • Menina Descalça, com Maria da Glória

Década de 70:

  • Andam bairros de mãos dadas, com Lídia Ribeiro
  • Menina de Luto, com Minipop

Década de 80:

  • Lisboa Minha e Tua, com Alexandra Filho
  • Xaile do meu Peito, com Maranata

Década de 90:

  • Pássaro Ferido, com Paulo Alexandre
  • Praia sem Marés, com Isabel Campelo

Prémios e outras distinções:

  • 1º prémio no I Concurso da Canção Infantil
  • Dois 1ºs prémios e três prémios secundários em diversas edições do Festival da Figueira da Foz
  • 1º prémio e 2º prémio numa edição do Festival da Costa Verde (Espinho)
  • Dois 1ºs prémios nas edições de 1964 a 1966 do Festival Hispano-Português (Aranda de Duero)
  • 1º prémio na edição de 1966 do Festival RTP da Canção (“Ele e Ela” – 9º lugar na Eurovisão)
  • Participações seleccionadas nas edições de 1971 e 1972 do Festival do Minho – Canção do Mundo Celta (hispano-português)
  • 1º prémio na Grande Marcha de Lisboa de 1972
  • 1º prémio e 2º prémio na edição do Festival da Canção de Lisboa realizada no Castelo de S. Jorge 12 participações seleccionadas em diversas edições do Festival RTP da Canção Medalha de honra comemorativa dos 80 anos da Sociedade Portuguesa de Autores, atribuída em 2005.

Faleceu a 18 de Julho de 2009 com 81 anos, em Lisboa. Era irmão do pianista Justiniano Canelhas, que faleceria a 30 de julho de 2020.

Fonte: Wikipédia

Partilhe
Share on Facebook
Facebook