Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Carla Quelhas

Piano

Carla Quelhas nasceu em Junho de 1980 em Mafamude, Vila Nova de Gaia. Iniciou os estudos musicais aos cinco anos e os estudos pianísticos aos oito anos, continuando-os na Academia de Música de Vilar do Paraíso (AMVP) na classe de piano de Anabela Matos, onde terminou o curso complementar em 1998. Ainda em 1998, ingressou na Faculdade de Economia do Porto.

Retomou, em Setembro de 2004, os estudos de piano na AMVP na classe de Mário Jorge Alves e, em 2005, foi admitida na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Porto (ESMAE), frequentando as classes de Luís Filipe Sá, Madalena Soveral e Sofia Lourenço.

Participou, como executante e/ou como ouvinte, em classes de aperfeiçoamento orientados por Miguel Borges Coelho, Luiz de Moura e Castro e Pedro Burmester.

No âmbito do Festival Harmos, frequentou masterclasses de música de câmara com os professores Donatas Katkus (2007), Devy Erlih e Julius Andrejevas (2008). Dado o seu interesse no âmbito da música de câmara, trabalhou com diversos agrupamentos (com especial ênfase em formações mistas), orientados pelos professores Jaime Mota, Hughes Kesteman, António Saiote e Sofia Lourenço.

Desde o seu primeiro ano na ESMAE, colaborou com alunos do curso de Produção e Tecnologias de Música nos seus projectos de gravação, tendo gravadas obras a solo de Piazzolla, obras de Jacques Ibert e Martinu para Flauta, Violino e Piano e obras de Haskell Small e Chick Corea para Flauta, Fagote e Piano.

Gravou para a RDP – Antena 2, no âmbito dos Concertos Abertos, com a flautista Anabela Freire. Ao longo do seu percurso académico, iniciou um trabalho de descoberta e investigação nas diversas correntes da música contemporânea, tendo para isso contribuído a participação nos projectos do ano lectivo 2009-2010 do Ensemble I&D da ESMAE e a apresentação de obras de colegas do curso de Composição: “Chouette!” para flauta, violoncelo e piano de Igor C. Silva em Outubro de 2009 na Sala 2 da Casa da Música e “Chanson de la Pensée” para piano solo de Carlos Dias em Abril de 2010 no Teatro S. Luiz.

Apresentou-se, igualmente, no concerto de estreia do Ensemble Contemporâneo do Porto, sob a direcção do maestro Jan Wierszba. Em Outubro de 2013 apresentou-se na estreia absoluta da obra “GO – Spectral” de João Pedro Coimbra e em Novembro de 2016 fez parte do ensemble que estreou as obras “Terra” e “Fogo” de Ricardo Ferreira.

Pianista acompanhadora, primeiro na Academia de Música de Vilar do Paraíso, e posteriormente na Escola de Música de Perosinho (onde também é professora de piano e prática de teclado), tem-se apresentado várias vezes em público em audições e recitais. Colabora frequentemente com colegas professores de diversas classes no sentido da realização de recitais que divulguem o repertório de cada instrumento e a prática da música de câmara no seio da comunidade estudantil, bem como a divulgação da música dos sécs. XX e XXI.

Mais recentemente, tem trabalhado com diversos cantores e acompanhado masterclasses de Canto, num claro interesse pelo aprofundamento dos seus estudos de música de câmara de canto e piano, bem como de maestro-correpetidor. Frequentou, no ano lectivo de 2012-2013, a pós-graduação em Ópera e Estudos Músico-Teatrais, onde fez a correpetição das óperas Flauta Mágica de Mozart e L’Enfant et les Sortilèges de Ravel.

Frequenta o Mestrado em Ensino de Música na Universidade do Minho e encontra-se num projecto com vários jovens compositores portugueses inserido nesse mestrado.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook