Cândida Oliveira clarinetista

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Cândida Oliveira

Clarinete

Cândida Oliveira nasceu a 30 de Janeiro de 1983, na freguesia de Frazão, Paços de Ferreira.

Iniciou os estudos musicais aos 6 anos na classe de Piano Sílvio Cortês.

Em 1995 foi admitida na Escola Profissional Artística do Vale do Ave – ARTAVE, na classe de clarinete de Adam Wierzba, com o qual terminou o curso básico de instrumentista de sopros, com 19 valores.

Em 1999 prosseguiu os estudos de Clarinete com José Ricardo Freitas. Em música de câmara trabalhou com os professores Aldo Salvetti, Rui Lopes, José Pedro Figueiredo, Paulo Martins, Sandra Pina, Nuno Pinto, Luís Carvalho, António Saiote, Ana Mafalda Castro, Nuno Pinto, entre outro.

Tocou enquanto membro das orquestras: Sinfónica Artave, de sopros Artave, da APROARTE – Associação Nacional do Ensino Profissional de Música e Artes, Orquestra Sinfonieta, Filarmonia das Beiras, Orquestra Nacional de Sopros dos Templários, Orquestra de Jovens Remix, Remix Ensemble.

Trabalhou com os maestros: António Soares, Francisco Ribeiro, Jaroslav Mikus, Ernst Schelle, Manuel Ivo Cruz, António Saiote, Christophe Millet, Dominique Sourisse, Roberto Tibiriça, Paulo Silva, Kevin Wauldron, Cesário Costa, Peter Bergamin, Andre Piérre Valade, Jan Cover, realizando vários concertos nas principais cidades portuguesas, espanholas e em Berlim.

Participou em vários cursos e classes de aperfeiçoamento com os professores: Nuno Pinto, António Saiote, Francisco Ribeiro, Joaquim Ribeiro, Luís Silva, Michel Arrignon, Phillipe Cuper, Alain Damien, Phillipe Beroud, entre outros.

É detentora de vários prémios a nível individual e de música de câmara. Em 2000 ganhou o 3º prémio, nível médio no concurso Prémio Jovens Músicos (não foi atribuído 1º nem 2º prémio), 3º prémio em música de câmara no mesmo concurso (não foi atribuído 1º nem 2º prémio), e mais tarde em 2002 ganhou o 3º prémio, nível Superior individual. Obteve também o 3º prémio, nível médio no III Concurso Nacional para Jovens Clarinetistas (não foi atribuído 1º prémio).

Em 2000 terminou o Curso de Instrumentista de Sopros na Artave obtendo classificação máxima. Em 2001 foi admitida na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Porto – ESMAE, na classe de clarinete de António Saiote, com o qual terminou o IV ano do Grau de Licenciatura.

Em 2002 foi semi-finalista no Concurso Internacional de Clarinete em Dos Hermanas, Sevilha. Em 2003 obteve o 1º Prémio no I Concurso Internacional de Clarinete da Vila de Montroy – Valência. Em 2004 foi semi-finalista no Concurso Internacional Madeiramusic. Em 2005 ficou colocada na lista de reserva da Orquestra de Jovens da União Europeia. Obteve o 1º Prémio no Concurso Internacional ICA no Japão, e também o 1º Prémio Jovens Músicos, modalidade Clarinete, nível Superior.

Tocou a Solo com várias Orquestras, tal como Orquestra de cordas da Rússia, Orquestra Gulbenkian, e Orquestra do Algarve.

É reforço no Remix Ensemble, Orquestra de Jovens Remix. É membro da Orquestra Invicta “All Stars” (Orquestra de Clarinetes). Foi membro fundador do quarteto Vintage (quarteto de clarinetes), com o qual realizou vários concertos no país, assim como teve oportunidade de se apresentar no Congresso Internacional de Clarinetes ICA no Japão.

Lecciona na Escola Profissional de Artes de Mirandela.

[ Adicionada a 29 de dezembro de 2019 ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook