Bruno Rodrigues

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Bruno Rodrigues

Contrabaixo . Baixo elétrico

Bruno Miguel Lopes Rodrigues nasceu nos Açores, Ilha Terceira, Angra do Heroísmo. Iniciou os estudos musicais aos 8 anos, numa escola privada no Barreiro, na classe de Órgão.

Aos 17 anos ingressou na Escola Profissional de Artes de Mirandela, onde iniciou contrabaixo com Alexandre Ioff e mais tarde com Alexandre Storojouk. Durante os seis anos que estudou em Mirandela participou em vários estágios de orquestra (Aproarte 1999, 2000 e 2001, e o Estágio da Orquestra de Jovens das Escolas de Música Portuguesas 1998, 1999, 2001e 2002). Durante estes seis anos na Esproarte trabalhou com os maestros: Arnold Allum, Roberto Pèrez, Leonardo de Barros, Ernst Schell, António Saiote, Vasco Pierce de Azevedo, Cesário Costa, Michael Zilm, Lawrence Foster, Homri Haradi, entre outros.

Em 2002, ingressou na Universidade de Évora na classe de Yuri Axenov, ano em que começou também a colaborar frequentemente como reforço na Orquestra Filarmonia das Beiras e Orquestra Gulbenkian. Com a Orquestra da Universidade de Évora, realizou concertos em Périgeaux (França), dirigidos por Max Rabinowitsch. Terminou a Licenciatura na Universidade de Aveiro.

Em 2006, foi admitido na Orquestra Filarmonia das Beiras, na categoria de Solista B. Com a OFB, colaborou com artistas do panorama musical nacional e internacional, como: Áurea, Vitorino, Janita Salomé, Rui Veloso, Jorge Palma, Nancy Vieira, Paulo de Carvalho, Mariza, Dulce Pontes, Carminho, Boss AC, José Mário Branco, Gilberto Gil, James, Ivan Lins, Mário Laginha, Filipe Raposo, Filipe Melo, Gisela João, José Carreras, entre outros.

Além da música erudita, já trabalhou em projectos dos mais variados géneros musicais (tocando baixo eléctrico), com Marcelo Johnson (Rock-pop em Brasileiro), gravou o Álbum “Um passo à frente”, com Fadomorse (fusão, jazz, rock, tradicional), gravou o álbum “Entrudo”, realizando concertos no México (Ollin Khan Festival), Malásia (Rain Forest Festival 2008) e Espanha; com a banda Gnomon gravou o álbum Jardim de Ferro (world music, tradicional); com o Combo de Jazz da Riff (contrabaixo jazz), foi premiado no concurso da Festa de Jazz Do Teatro de São Luís, com uma menção honrosa de melhor combo.

De momento é membro integrante de Victor Castro trio (jazz, bossa-nova), membro fundador de The Troublemaker (indie, pop, jazz, folk) e membro dos Ósmavati (Música Klezmer).

Lecciona a classe de Contrabaixo no Conservatório de Música de Águeda, no Conservatório de Música da Bairrada, e na classe de Baixo Elétrico e combo do Palco Central (escola de música privada em Aveiro).

É mestrando em ensino na Universidade de Aveiro, na classe de Tiago Ribeiro.

[ Bio facultada por Bruno Rodrigues e publicada na Meloteca a 06 de janeiro de 2020 ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook