Grupo de Cante Coral Alentejano de Alvito

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Associação do Grupo de Cante Coral Alentejano de Alvito

Coro

A “Associação do Grupo de Cante Coral Alentejano de Alvito” surgiu espontaneamente após o 25 de Abril, com o fim da ditadura e da censura e com a instauração da liberdade da expressão em Portugal.

Alguns homens de Alvito começaram a juntar-se nas tabernas como já era costume, não só para beber uns copos e conviverem uns com os outros, mas também para cantarem umas “modas” alentejanas. Foi devido a esses “convívios” que um grupo de homens se juntou e decidiu formar um grupo coral ao qual dariam o nome de “Associação do Grupo de Cante Coral Alentejano de Alvito”.

Após alguns homens terem tomado a iniciativa de formarem um grupo coral, dirigiram-se então a Casa do Povo de Alvito e ai tomaram a decisão final. E assim nasceu a “Associação do Grupo de Cante Coral Alentejano de Alvito”, a 11 de maio de 1976, sendo a sua primeira sede na Casa do Povo de Alvito, para o grupo estar sempre preparado para eventuais actuações, ensaiavam periodicamente no Castelo.

Atualmente o grupo tem a sede numas instalações cedidas pela Câmara Municipal de Alvito em 1988, que se situam na rua da Pereira nº 6.

A “Associação do Grupo de Cante Coral Alentejano de Alvito” hoje em dia é composta por vinte homens e três mulheres, que são frequentemente solicitados para actuarem em encontros de grupos corais, festas de câmaras, Ovibeja.

Nas suas atuações usam a tradicional farda “Domingueira” que se usava antigamente.

O Grupo Coral reúne-se todas as sextas na sua sede para ensaiar as suas “modas”, sede que tem um museu etnográfico digno de se ver.

[ Dados facultados pela Câmara Municipal de Alvito e publicados na Meloteca a 13 de agosto de 2020 ]

[ Coros do Alentejo ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook