António Bernardino, fadista natural de Águeda

António Bernardino

Cantor

Prematuramente falecido em 1996, António Bernardino nasceu em Águeda no ano de 1942. Começou a cantar o fado de Coimbra ainda estudante em Aveiro.

Chegado à cidade do Mondego, deverá reconhecimento à influência de José Afonso e Adriano Correia de Oliveira, tornando-se um dos mais destacados intérpretes da canção de Coimbra e, em particular, dos poemas de Manuel Alegre.

Gravou em disco e atuou no estrangeiro como nenhum outro da sua geração, e foi acompanhado por António Portugal, Octávio Sérgio, Nuno Guimarães, Eduardo e Ernesto Melo na guitarra; Rui Pato, Durval Moreirinhas e Jorge Moutinho na viola.

Flores para Coimbra, o seu disco mais relevante, marcado pela poesia de Manuel Alegre e pela música de António Portugal, fica na história da canção de Coimbra.

[ Músicos naturais de Águeda ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook