Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Anne Victorino d’Almeida

Violino . Composição

Anne Victorino d’Almeida nasceu a 15 de Dezembro de 1978 em Poissy (França). Filha mais nova do compositor António Victorino d’Almeida, cedo despertou a sua vontade de estudar música, iniciando aos 4 anos de idade aulas de piano em Viena da Áustria.

Aos 7 anos, já em Portugal, iniciou aulas de violino na Fundação Musical dos Amigos das Crianças com Inês Barata, com quem estudou onze anos, concluindo nessa mesma escola o 8º grau sob orientação de Leonor Prado.

Em 1997, ingressou no Conservatório Regional de Rueil-Malmaison (França) estudando na classe de Dominique Barbier. Regressou um ano depois a Lisboa, ingressando na Academia Nacional Superior de Orquestra na classe de Agnès Flanagan, concluindo em 2003 a sua licenciatura.

Teve a oportunidade, ao longo do seu percurso musical, de frequentar diversos cursos e classes de aperfeiçoamento com violinistas e pedagogos conceituados, tais como James Dahlgreen, Gerardo Ribeiro, Galina Turtchaninova e Maxim Vengerov.

Foi igualmente orientada, após a sua licenciatura, por António Anjos.

Em 2001, participou num estágio de orquestra, reunindo diversas escolas do país, ocupando o lugar de concertina sob a direcção do Maestro Omri Hadari.

Em 2004, frequentou e concluiu o primeiro ano de direcção de orquestra na Academia Nacional Superior de Orquestra.

Tem dedicado parte da sua carreira musical na composição de bandas sonoras, tendo trabalhado com o encenador Jorge Parente, sendo-lhe atribuído o prémio de melhor proposta musical no concurso “Teatro na Década 97”. Compôs igualmente a música de diversas peças encenadas por Florbela Oliveira, em cena nomeadamente em teatros tais como o Instituto Português da Juventude, o Teatro da Comuna e o Teatro da Trindade. Em 2006, compôs a banda sonora do documentário “Cartas a uma Ditadura” realizado por Inês de Medeiros, em cena em diversas salas de cinema do país.

Colabora regularmente com diversas orquestras, nomeadamente a Orquestra Metropolitana de Lisboa, Sinfonietta e Orquestra Gulbenkian.

É membro fundador do Quarteto do Conservatório Nacional, com o qual tem actuado em diversos pontos do país.

Lecciona violino desde 2000 no Conservatório Metropolitano de Música de Lisboa, e é igualmente, desde 2004, professora na Escola de Música do Conservatório Nacional.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook