Ângelo Borges

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Ângelo Borges

Trompete

Ângelo Borges começou os seus estudos musicais aos 12 anos, influenciado pelo seu avô que também tocava trompete. No mesmo ano inscreveu-se na escola de música da Sociedade Democrática Timbre Seixalense.

Mais tarde ingressou na Escola Profissional de Artes de Almada onde teve aulas com os professores António Quítalo, Mário Carolino e Rui Borba.

Em 2002, entrou na Escola Profissional de Artes da Beira Interior, onde teve aulas com os professores Paulo Carmo, Sérgio Charrinho e Fernando Jorge Ribeiro e terminou o 12º ano.

Mais tarde, em 2007, ingressou na Academia Nacional Superior de Orquestra onde terminou a licenciatura em instrumentista de Orquestra (Trompete).

Enquanto isto, Ângelo Borges teve a oportunidade de completar a sua formação com a frequência em alguns classes magistrais dadas por algumas referências do instrumento, como Jorge Almeida, Allen Vizzutti, Mathias Hoffs, Michael Sachs, Paul Merkelo, Fabio Brum, Bo Nilsson, Craig Morris, Jeroen Berwaerts, Vicente Olmos, entre outros.

Ângelo Borges trabalhou em alguns projectos musicais de géneros vários, “5´T BRASS”(Quinteto de Metais); Thebellsbrass Ensemble (Grupo de Metais); “Manifestum brass Band”; “Supernova”, “Back to Disco”, entre outros.

Como docente de trompete, dá aulas desde 2007, trabalhando em vários estabelecimentos de ensino, trabalhou na Academia de Música de Alcobaça durante 5 anos. Actualmente é docente da disciplina de trompete no Conservatório Regional de Setúbal e na Escola de Música Nossa Senhora do Cabo – Linda a Velha.

Desde dezembro de 2018, possui o grau de Mestre em Ensino de Música na Escola Superior de Música de Lisboa.

[ Bio facultada por Ângelo Borges e publicada na Meloteca a 09 de março de 2020 ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook