André Dias percussão

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

André Dias

Percussão

André Dias iniciou os estudos musicais aos 8 anos na Escola da Banda de Música de Loureiro. Posteriormente, estudou na Academia de Música de Espinho e Escola Profissional de Música de Espinho.

Em 2013 concluiu a licenciatura, na classe dos professores Miquel Bernat e Manuel Campos, com classificação máxima no recital final.

Foi distinguido em vários concursos: bolsa de mérito na AME e EPME (2005 e 2008), 2º prémio no VI Concurso Internacional de Percussão em Fermo, Itália (solo snare drum, 2008), 2º lugar no Prémio Jovens Músicos – 24ª Edição (categoria percussão, nível superior, 2010), vencedor do Concurso Helena Sá e Costa (2011), 1º lugar no Prémio Jovens Músicos – 27ª Edição (categoria solista, nível superior, 2013) e Prémio Especial no European Union of Music Competitions for Youth (2013). Com os Pulsat Percussion Group, foi laureado com o 2º lugar no Prémio Jovens Músicos – 26ª Edição (categoria Música de Câmara, nível superior, 2012) e 2º prémio no III Concurso Internacional de Música de Câmara de Alcobaça (categoria sénior, CIMCA 2013).

Enquanto solista já realizou inúmeras actuações das quais se destacam: concertos como solista junto da Orquestra Sinfonieta da ESMAE, Orquestra Gulbenkian e Orquestra Clássica de Espinho e recitais a solo um pouco por todo o país (Alcobaça, Espinho, Castelo de Paiva, Porto…) e ainda no Festival Internacional de Percussão (Galiza) como jovem talento.

Actualmente é membro do Pulsat Percussion Group, chefe de naipe da Banda Sinfónica Portuguesa, 1º reforço na Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, docente na Academia de Música de Costa Cabral e colabora regularmente com o Drumming GP e Orquestra Gulbenkian.

2014

Partilhe
Share on Facebook
Facebook