Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Anabela Marcos

Soprano

Anabela Marcos concluiu os estudos de canto em Portugal com Elsa Saque, no Conservatório de Lisboa.

Como bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian, concluiu os cursos de pós graduaçào em canto barroco e canto solista no Conservatório Real de Haia e o curso de Ópera na “Nova Academia de Ópera” de Haia e Amsterdão, tendo estudado com Diane Forlano, Rita Dams, Elly Ameling, Cristina Deutekom e Marius van Altena.

Participou em classes de aperfeiçoamento com Gündula Janovitz, Barbara Pearson, Lorraine Nubar, Dalton Baldwin, Graig Rutenberg, Jill Feldman e Max van Egmond.

Em produções operáticas, destacam-se os papeis de Cupido e Venus (“King Arthur” – Purcell), Titania (“Sonho de uma Noite de Verão” – Britten), Clori (“L’Egisto” – Cavalli) e Pamina (“A Flauta Mágica” – Mozart), tendo trabalhado com os maestros Ton Koopman e Kenneth Montgomery e os encenadores Francisco Negrin, Nicolette molnar, Javier Lopez Piñon e David Prins.

Na sua actividade profissional como solista de oratório e concerto, trabalhou entre outros com Sigiswald Kuijken, Jos van Veldhoven (Utrechts Barok Consort) e Paul Connely (Nederlands Balletorkest). Em Março de 99, estreou-se no Auditório da Fundação Gulbenkian com o oratório “Dixit Dominus” de Händel, dirigido por Michel Corboz. No mesmo ano, formou um duo de canto e piano com a pianista Carla Seixas, tendo apresentado vários recitais de “lied” e ópera com o barítono Jorge Vaz de Carvalho.

Partilhe
Share on Facebook
Facebook