Ana Patrícia Semedo, violoncelista

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Ana Patrícia Semedo

Violoncelo

Ana Patrícia Semedo frequenta o 2º ano do Mestrado em Performance Musical – Violoncelo no Royal Welsh College of Music and Drama estudando com Alice Neary.

Recebeu uma bolsa de estudos de entrada no college – Helen Rachael Mackaness Charitable Trust Scholarship Award. Desempenha a função de Embaixadora da Benedetti Foundation 2021. Foi convidada para se apresentar em duo no Young Musicians’ Showcase no Penarth Chamber Music Festival 2021.

É membro do Alegria String Quartet que se tem apresentado no Chamber Tuesdays no Royal Welsh College of Music and Drama e participou no projecto RepCo – Bubbled em 2021.

Participou em projetos de orquestra de câmara sob a direção de David Jones e Constança Simas.

Terminou a Licenciatura em Música na ESMAE, no ano académico de 2018/2019, tendo como professor de violoncelo Filipe Quaresma e em música de câmara António Saiote.

Começou os seus estudos musicais no Conservatório Regional de Castelo Branco, na classe do professor Guenrikh Elessine, com o qual estudou até ao 5º grau. Até 2014 estudou, em regime particular, com Rogério Peixinho.

É membro da Orquestra Clássica do Politécnico do Porto, dirigida por Pedro Neves e Luís Carvalho. A orquestra participou no 4º Festival Internacional de Piano do Algarve 2020 com os solistas Pedro Burmester, Miguel Borges Coelho e Hugo Peres.

É também membro da Orquestra Clássica de Espinho, tendo trabalhado com os maestros Pedro Neves e Jan Wierzba. Foi selecionada como Reforço pela Orquestra Filarmonia das Beiras.

Ana Patrícia Semedo participou na Orquestra do Festival Internacional de Música de Marvão 2018, sob a direção de Christoph Poppen e a Orquestra Sinfónica Ensemble, dirigida por Cesário Costa e na Orquestra Académica Filarmónica Portuguesa dirigida por Tobias Gossmann e Osvaldo Ferreira em 2019. Durante a Licenciatura, participou nos Estágios da Orquestra Sinfónica da ESMAE, António Saiote sendo o maestro titular e trabalhando com maestros como Ivo Venkov, Javier Viceiro, José Eduardo Gomes e Thomas Hauschild e de orquestra de cordas com Pedro Meireles.

Participou em estágios de orquestra da Escola Profissional de Artes da Beira Interior, sob a direção de maestros como Jan Wierzba, Rogério Peixinho, Frank Zielhorst, Gustavo Delgado e António Saiote e com Jean-Sébastien Béreau no 1º estágio da Orquestra Nacional de Jovens.

Venceu o 2º Concurso Interno de Instrumentistas e Canto CRCB (2010) – Prémio Melhor Intérprete.

Foi membro do Coro de Belgais de 2001 a 2007, projeto dirigido pela pianista Maria João Pires, tendo o tenor Rufus Muller como membro da direção artística e a colaboração de músicos como os pianistas Matan Porat, Jerome Granjon e David Bismuth, entre outros.

Frequentou classes de aperfeiçoamento de violoncelo com professores como Mats Lidström, Anna Menzies, Ophélie Gaillard, Matias de Oliveira Pinto, Maria de Macedo, Marco Pereira, Bruno Borralhinho, Paulo Gaio Lima, Denis Severin, Jeroen Den Herder and Martti Rousi.

Em Música de Câmara teve masterclasses com Jon Thorne, Lucy Gould, Bartosz Woroch, Steffan Morris, Elenid Owen, Diego Zecharies, Juan Carlos Garvayo, Albion Quartet, Tippett Quartet and Consone Quartet.

Integrou em ensemble o ICMuC 2018: International Chamber Music Conference 2018 – Porto e em 2016 o Ensemble de cordas da ESMAE no 25º aniversário do Festival Guimarães Jazz.

Bio facultada por Ana Patrícia Semedo, publicada na Meloteca a 2021

Partilhe
Share on Facebook
Facebook