Alexey Shakitko, pianista

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Alexey Shakitko

Piano

Em 2012 a conceituada pedagoga e pianista Oxana Yablonskaya, após escutar a sua interpretação da Sonata para piano em si menor de Franz Lizst, elogiou a sua profunda musicalidade e a beleza do som que tirava do piano. Ao longo da sua carreira, estas tem sido também as qualidades que o público e os entendidos mais valorizam em Alexey Shakitko.

Alexey Shakitko foi fundador, director artístico da primeiro edição do Festival de Cacimbo de Música Clássica em Luanda Angola de 2017 e fundador da Orquestra Camerata de Luanda.

Foi vencedor de concurso Alion Baltic Festival 2016 na Estónia.

Graduou-se na Universidade Estatal das Artes e Cultura de São Petersburgo com Tatiana Lupikina. Em 1998 foi contratado para o lugar de tenor no coro do Teatro Mariinskiy (Ópera de Kirov), sob a direção do maestro e director do teatro Valeriy Gergiev. Participou em todo o seu repertório com grandes cantores como: Placido Domingo, Andrea Bocelli, Renee Fleming, Olga Borodina, Anna Netrebko, Marina Shaguch entre outros. Participou em digressões para Finlândia, Áustria, Alemanha, Itália, Espanha e China.

Em Portugal colaborou com o Teatro Nacional de São Carlos, Companhia Nacional de Bailado, Fundação Calouste Gulbenkian, entre várias outras companhias e organizações musicais. Como tenor actuou com a Orquestra e Coro Gulbenkian dirigidos por Lawrence Foster.

Em 2002, em Nagóia, no Japão, tocou a banda sonora no Audience Award no Ballet & Modern Dance Competition Nagoya, Japão.

Em 2004, tocou o concerto “Coroa de flores para Chopin” destinado à comemoração do aniversário da Marquesa da Cadaval em Sintra. Em 2005, concerto de beneficência para sofredores de terramotos na Ásia organizado pelo Clube dos Rotários de Portugal.

Em 2009 em São Petersburgo, na “Noite dos Concertos”, tocou, com grande êxito, o duplo concerto para piano de Bach, de Mozart n.º 23 e de Brahms, n.º 1.

Em 2012, foi convidado como ator para o filme “Paixão” de Margarida Gil, produzido por Paulo Branco, onde também gravou a banda sonora de piano, com obras de Piazzola e Balakiriev.

Em 2013-2017 realizou recitais de música portuguesa e russa em Cabo Verde, perante o Presidente da República. Neste período deu classes de aperfeiçoamento nas escolas de música nas ilhas.

Em 2013 foi convidado pelo estado de Angola para ajudar a montar um Festival Nacional de Cultura, o FENACULT, como consultor e músico. No período entre 2013-2019, atuou regularmente em Luanda, São Tomé e Príncipe, Moçambique, promovendo artistas portugueses, angolanos, moçambicanos.

Tocou vários concertos com o violoncelista japonês Yuki Ito, por convite da embaixada do Japão, também trabalhou como maestro convidado com a Orquestra Kapsoka, com vista a prepará-la para digressões internacionais.

Mais recentemente, Alexey Shakitko tem estado mais ativo como pianista solista e coach vocal, tendo trabalhado com Lorenzo Viotti na preparação da ópera russa Eugene Onegin, que teve lugar na Fundação Gulbenkian em Março de 2020.

DISCOGRAFIA

1998

CD, Verdi, ópera A Força do Destino, Coro e orquestra do Teatro de Kirov, direção de Valerie Giergiev, edição Philips

1999

CD, Prokofiev, óperas O jogador, O amor das 3 laranjas e Semyon Kotko, Coro e Orquestra de Kirov, direção de Valerie Giergiev, edição Philips

1999

CD, Shostakovitch – Lady Macbeth of Mtsensk, Coro e Orquestra do Teatro Kirov, direção de Valerie Giergiev, edição Philips

2001

CD, Verdi – Requiem, Renée Fleming (soprano), Olga Borodina (meio-soprano), Andrea Bocelli (tenor), Ildebrando D’Arcangelo (barítono), Valerie Gerviev (direção), Coro e Orquestra do Teatro Kirov, ed. Philips

2006

CD 9ª Sinfonia de Beethoven, Coro e Orquestra Gulbenkian, direção de Lawrence Foster, edição Tugaland

2013

CD, Plácido Domingo, The Art of Verdi, (incluí participações do Coro de Kirov, gravadas em 1999) ed. Deutsche Gramophone.

[ Bio publicada na Meloteca a 11 de setembro de 2020 ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook