Abel Gomes violoncelo

Bio+

Micro-sítios Meloteca
Clique para criar o seu micro-sítio

Abel Gomes

Violoncelo

Abel Gomes iniciou os estudos musicais na  Academia de Música Fernandes Fão em Vila Praia de Âncora.  Em 1995 ingressou na Escola Profissional  de Música de Viana do Castelo, na classe  de violoncelo do professor Iminas  Kucinskas tendo concluído o curso de  instrumento com a classificação máxima.

Em 2001 foi laureado no Concurso de  Instrumentos de Arco Júlio Cardona com o  2º prémio e ainda no mesmo ano ingressou  na Academia Nacional Superior de  Orquestra onde trabalhou com professores  Peter Flanagan, Pedro Neves e Paulo Gaio  Lima.  Realizou ainda cursos de alto aperfeiçoamento com os  violoncelistas Paulo Gaio lima, Luis Claret e  Roman Garriou.

Durante a sua atividade profissional  colaborou com as seguintes orquestras:  Orquestra Metropolitana de Lisboa,  Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra  do Norte, Orquestra EPMVC e Orquestra Sinfonieta de Lisboa onde trabalhou com vários maestros como: Miguel Clavel, António Saiote, Vasco Azevedo, Ernst Slhelle, Jean Marc Burfin, Jean Sebastien Béreau, Miguel Hernandez,  Cristóbal Soller, Pedro Neves, Paulo Martins, Pedro Carneiro e Alberto Roque.

Desde 2005 é membro da Banda Sinfónica e da Orquestra de Câmara da Guarda Nacional Republicana com a qual se apresentou a solo diversas vezes. Tem realizado vários concertos para a RTP Antena 2 onde estreou obras de compositores  portugueses.

Em 2006 ingressou na Escola Superior de Música de Lisboa na classe de violoncelo da  professora Clélia Vital e de música de câmara dos professores Alexandra Mendes e Paulo Pacheco. Desde 2004 integra a Orquestra de câmara de Sintra onde desempenha as funções de Solista.

É membro fundador do Quarteto de Cordas de Sintra, formação com a qual tem realizado diversos concertos em Portugal e no estrangeiro, assim como várias gravações para a RTP Antena 2, e para a NPO Radio 4 num concerto realizado ao vivo integrado no festival de música de câmara “Zeister Muziekdagen”, na Holanda.

19 de novembro de 2018