Pedro Santos e a música sacra

Pedro Santos, compositor

Obras de Pedro Santos

Música sacra do catálogo de obras do compositor

Título, Ano de estreia, Formação vocal/instrumental, Texto e seu autor, Observações, Instituição que encomendou e estreou

Senhora da Póvoa (a partir de melodia tradicional portuguesa), 2019 coro infanto-juvenil (e percussão opcional), Tradicional da Beira Baixa (recolha de Fernando Lopes-Graça), Pertencente à obra “Cancões do Solstício”, Coro de Pequenos Cantores de Esposende

Ó meu S. João Baptista (a partir de melodia tradicional portuguesa), 2019, coro infanto-juvenil (e percussão opcional), Tradicional da Covilhã (recolha de Rodney Gallop), Pertencente à obra “Cancões do Solstício”, Coro de Pequenos Cantores de Esposende

Noite de Natal (a partir de melodia tradicional portuguesa), 2019, coro infanto-juvenil (e percussão opcional), Tradicional dos Açores (recolha de César das Neves), Pertencente à obra “Cancões do Solstício”, Coro de Pequenos Cantores de Esposende

Versos e Canto da Verónica (a partir de duas melodias tradicionais portuguesas), 2019, coro feminino (SSA) e quatro instrumentistas (percussão, gaita de foles, tiorba e viola da gamba), Tradicional português (recolha de Michel Giacometti), Encomenda do Cardo Roxo (no disco “No Monte das Oliveiras”)

Pater noster, 2022, coro infantil (SSA), coro juvenil (SABar) e sete instrumentistas (percussão, harpa, piano e quarteto de cordas), “Cântico de Amor” de Bernardo Vasconcelos, Graduale Romanum e Liber Usualis, Coro de Pequenos Cantores de Esposende e Coro Ars Vocalis (direção de Helena Venda Lima)

Partilhe
Share on Facebook
Facebook