Pedro Filipe Cunha, composição

SINOPSE BIOGRÁFICA

Pedro Filipe Cunha (Porto, 1971) estudou Composição no Conservatório de Música do Porto com Fernando C. Lapa e Carlos Azevedo na licenciatura em Música – Produção e Tecnologias da Música na ESMAE. Com uma obra predominantemente infantil, foi galardoado, em 2014 e 2015, com 4 prémios de composição pela Associação Portuguesa de Educação Musical. A par deste género musical, tem experimentado  recentemente outros projetos dentro da música minimalista e eletrónica.

LISTA DE OBRAS

Fá, Lá, Si (CD, 2003)

Que Cheirinho a Castanhas
Que Cheirinho a Castanhas (instrumental)
Para o Menino Jesus
Para o Menino Jesus (instrumental)
Para Ti, Pai
Para Ti, Pai (instrumental)
Viva o Pai
Viva o Pai (instrumental)
O Dia do Meu Pai
O Dia do Meu Pai (instrumental)
Viva a Mãe
Viva a Mãe (instrumental)
És a Vida, Mãe
És a Vida, Mãe (instrumental)
Sente, Mãe
Sente, Mãe (instrumental)
Chegamos ao Fim
Chegamos ao Fim (instrumental)
Uma Despedida
Uma Despedida (instrumental)

Música em Grande… Nos Pequenos! (CD, 2006)

Claplease
Cangurus, Crocodilos e Passarinhos
Magia do Natal
Magia do Natal (instrumental)
Natal Europeu
Natal Europeu (instrumental)
Estátua… Já
O Dia do Meu
O Dia do Meu (instrumental)
Mãe
Mãe (instrumental)
Devagar… Depressa
Somos Finalistas
Somos Finalistas (instrumental)
Lullaby
Música (Sentida)

SimSom – Música enCantada (CD, 2014)

Cantar, Dançar, Cantar!
Cantar, Dançar, Cantar! (instrumental)
IM
Festa da Castanha
Festa da Castanha (instrumental)
PRO
Luz de Natal
Luz de Natal (instrumental)
Calor do Natal
Calor do Natal (instrumental)
VI
Big Band Body
Pai, Como És
Pai, Como És (instrumental)
Pai (A)Perto
Pai (A)Perto (instrumental)
SA
Mãe, Mar Azul
Mãe, Mar Azul (instrumental)
Mãe Poesia
Mãe Poesia (instrumental)
ÇÃO
Sou Finalista!
Sou Finalista! (instrumental)

Obras premiadas pela APEM

(disponíveis em cantarmais.pt)

Canção da Lua (2014)
Dia da Criança (2015)
O Degrau (2014)
O Gato (2015)

[ Lista facultada por Pedro Filipe Cunha publicada na Meloteca a 07 de julho de 2020 ]

Pedro Filipe Cunha, composição

Pedro Filipe Cunha, composição

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *