Grande Órgão da Sé do Porto
Lista dos órgãos de tubos do distrito do Porto [ 115 ]

CONCELHOS

Amarante [5]
  • Igreja de São Domingos [ de Nosso Senhor dos Aflitos ]
  • Igreja Matriz de Amarante [ Igreja Paroquial ] [ São Gonçalo ] [ do antigo mosteiro de São Gonçalo ]
  • > nave: órgão positivo de procissão construído por Luís António de Carvalho em 1???, restaurado pela Oficina e Escola de Organaria em 2016.
  • > coro alto: órgão de dois teclados manuais [ II ; (21+22) ] construído por D. Francisco António Solha/Sá Couto c. 1765, restaurado pela Oficina e Escola de Organaria,  em 2010, opus 55.
  • Igreja de São Pedro: órgão histórico da autoria de Manuel de Sá Couto, de um teclado manual e doze meios registos [ I; 6+6] construído no século XIX, reparado pela Oficina e Escola de Organaria em 2015, opus 67.
  • Igreja de Fregim [ Igreja Paroquial ]: órgão alemão moderno adquirido em segunda mão.
Baião [0]

.

Felgueiras [4]
  • Igreja Matriz de Caramos ] [ Igreja Paroquial ] [ São Martinho ] [ Igreja do antigo mosteiro de São Martinho ]
  • Igreja Matriz de Pombeiro de Ribavizela [ Igreja Paroquial ] [ de Santa Maria Maior ] [ do antigo mosteiro de Santa Maria (de beneditinos) ]
  • > lado do Evangelho: órgão de dois teclados manuais [ II ; (21+25) ] construído por António Solha, em 1766, desmontado e inventariado e proposta de restauro pela Oficina e Escola de Organaria, em 1994, opus 9, restauro pela firma, restaurado por Acitores Organería y Arte, S. L., de Torquemada, Palencia (Espanha) / Atelier Samthiago
  • > lado da Epístola: órgão falso [mudo] [ ornamental ].
  • Igreja Matriz de Sendim [ Igreja Paroquial ] [São Tiago]
Gondomar [5]
  • Capela de Compostela, Foz do Sousa: órgão moderno Emil Hammer, positivo de um teclado manual e pedaleira, inaugurado a 10 de outubro de 2020.
  • Igreja Matriz da Foz do Sousa [ Igreja Paroquial ] [ São João ]: órgão de um teclado manual e 12 meios  registos [ I ; (6+6) ], construído por José Joaquim Fonseca, em 1863, restaurado pela Oficina e Escola de Organaria, 1993, opus 7.
  • Igreja Matriz de Jovim [ Igreja Paroquial ] [ Santa Cruz ]
  • Igreja Matriz de Rio Tinto [ Igreja Paroquial ] [ São Cristóvão ]
  • Igreja Matriz de São Pedro da Cova [ Igreja Paroquial ]
Lousada [0]

.

Maia [6]

  • Igreja de Nossa Senhora da Maia [ da paróquia de São Miguel da Maia ]
  • Igreja Matriz de Águas Santas [ Igreja Paroquial ] [ Nossa Senhora do Ó ]
  • Igreja Matriz de Gueifães [ Igreja Paroquial ] [ São Faustino ]: órgão de um teclado manual e doze meios registos [ I;(6+6) ] construído por Manuel Sá Couto, c. 1810, restaurado pela Oficina e Escola de Organaria, em 1999, opus  27.
  • Igreja Matriz de Milheirós [ Igreja Paroquial ] [ São Tiago ]: órgão histórico Manuel de Sá Couto, c. 1800.
  • Igreja Matriz de Moreira da Maia [ Igreja Paroquial ] [ Divino Salvador ] [ do antigo mosteiro de Moreira (de crúzios) ]: órgão histórico Arp Schnitger, 1701.
  • Igreja Matriz de Silva Escura [ Igreja Paroquial ] [ Santa Maria ]: órgão histórico Manuel de Sá Couto, séc. XIX.
Marco de Canaveses [1]
  • Igreja Matriz de Vila Boa do Bispo [ Igreja Paroquial ] [ do antigo mosteiro ]
Matosinhos [3]
  • Igreja de Lavra [ Matriz ] [ Paroquial ] [ Divino Salvador ]
  • Igreja Matriz de Matosinhos [ São Salvador ] / do Senhor Bom Jesus de Matosinhos: órgão construído por Miguel Hensberg, em 1685, órgão de um teclado manual [ I ; 5 (4+5) ], restaurado pela Oficina e Escola de Organaria, opus 2, em 1992.
  • Igreja de Perafita [ Matriz ] [ Paroquial ] [ São Mamede ]
Paços de Ferreira [1]
  • Capela de São Francisco, Freamunde: órgão de um teclado manual [ I;(5+6) ] de Manuel Sá Couto, c. 1810, restaurado pela Oficina e Escola de Organaria, em 1999, opus 28.
Paredes [1]
  • Igreja de Paredes [ Matriz ] [ Paroquial ] [ São Salvador ] [ de Castelões de Cepeda ], coro alto: órgão moderno de dois manuais e pedaleira com acoplamentos.
Penafiel [5]
  • Igreja da Misericórdia de Penafiel [ da Santa Casa da Misericórdia de Penafiel]: órgão histórico António José dos Santos, 1882.
  • Igreja das Freiras [ do Recolhimento de Nossa Senhora da Conceição ]
  • Igreja de Fonte Arcada [ Matriz ] [ Paroquial ]
  • Igreja do Calvário [ do Senhor do Calvário ] [ de São Francisco de Assis ]
  • Igreja do Hospital [ de Santo António dos Capuchos ]
Porto [51]
  • Capela do Cemitério de Agramonte: órgão histórico Augusto Joaquim Claro, 1890, com teclado manual dividido com quatro registos com pedal de expressão, restaurado pela Oficina e Escola de Organaria em 1996.
  • Capela das Almas [ de Santa Catarina ]: órgão de um teclado manual com dez meios registos [ I ; (5+5) ], construído por José Joaquim Fonseca?, no XIX?, restaurado pela Oficina e Escola de Organaria, em 1993, opus 3.
  • Conservatório de Música do Porto: órgão positivo moderno de estudo
  • Escola das Artes, UCP
  • > Piso -1, sala 2
  • > Piso -1, sala 9
  • > Piso -1, sala 10
  • > Sala de orquestra
  • Escola Diocesana de Ministérios Litúrgicos, Centro de Cultura Católica, Torre da Marca
  • Igreja Anglicana de St. James
  • Igreja da Boavista [ Matriz ] [ Paroquial ] [ de Nossa Senhora ] [ do Foco ]: órgão Joaquin Lois Cabello, 2004, de dois manuais e pedaleira.
  • Igreja da Conceição [ Matriz ] [ Paroquial ] [ de Nossa Senhora da Conceição ] [ do Marquês ]
  • > Coro alto: grande órgão Georges Heintz, 1998, de três manuais e pedaleira, com acoplamentos.
  • > Transepto: órgão positivo
  • Igreja da Esperança [ de Nossa Senhora da Esperança ] [ Capela do Colégio de Nossa Senhora da Esperança ]: órgão histórico Peter Conacher & Co., 1891.
  • Igreja da Foz do Douro [ Matriz ] [ Paroquial ] [ São João Baptista ]: órgão histórico António José dos Santos, 1868.
  • Igreja da Lapa
  • > Coro alto: grande órgão Georg Jann, 1995, de quatro manuais e pedaleira com acoplamentos.
  • > Presbitério: órgão positivo moderno
  • Igreja da Misericórdia [ da Santa Casa da Misericórdia do Porto] : órgão com um teclado manual e pedaleira, vinte meios registos [ I+P (10+10) ] construído por António José dos Santos Júnior, em 1888, inventariação e proposta de restauro pela Oficina e Escola de Organaria, em 1996, opus 16.
  • Igreja da Ordem do Carmo ] [ dos Carmelitas Descalços ]: órgão histórico
  • Igreja da Ordem Terceira de São Francisco [ da Venerável Ordem Terceira de São Francisco] [ dos Terceiros de S. Francisco ]: órgão histórico Manuel de Sá Couto, 1801.
  • Igreja da Trindade [ da Celestial Ordem da Santíssima Trindade ]: órgão histórico Manuel de Sá Couto, séc. XIX.
  • Igreja da Vitória [ Matriz ] [ Paroquial ] [ Nossa Senhora da Vitória ]
  • Igreja de Campanhã [ Matriz ] [ Paroquial ] [ Nossa Senhora ]
  • Igreja de Cedofeita [ Matriz ] [ Paroquial ] [ Igreja nova de Cedofeita ] [ de São Martinho ]: órgão Th. Kuhn, 2000, de três teclados manuais e pedaleira, com acoplamentos.
  • Igreja de Lordelo do Ouro [ São Martinho ]: órgão histórico Manuel de Sá Couto, c. 1800.
  • Igreja de Massarelos [ Matriz ] [ Paroquial ] [ Corpo Santo ]
  • Igreja de Miragaia [ Matriz ] [ Paroquial ] [ São Pedro ]: órgão histórico António José dos Santos, 1864.
  • Igreja de Paranhos [ Matriz ] [ Paroquial ] [ São Veríssimo ]: órgão histórico António José dos Santos, 1884, Porto.
  • Igreja de Ramalde [ Matriz ] [ Paroquial ] [ São Salvador ] [ Igreja nova de Ramalde ]: órgão moderno
  • Igreja de Santa Clara [ do antigo convento ]
  • > Lado da Epístola: órgão histórico Padre Lourenço da Conceição, seg. W. Jordan, data desconhecida.
  • > positivo
  • Igreja de Santo Ildefonso [ Matriz ] [ Paroquial ]: órgão de dois teclados manuais [ II ; (12+13)] construído por Manuel de Sá Couto, em 1811, restaurado pela Oficina e Escola de Organaria, em 2006, opus 49.
  • Igreja de São Bento da Vitória [ do antigo mosteiro ]:  órgão de dois teclados manuais [ II; (22+21) ], construído por Fr. Manuel de São Bento (c. 1720), inventariação e proposta de restauro da Oficina e Escola de Organaria, opus 17, em 1996, restaurada pela Oficina e Escola de Organaria em 2001, opus 32.
  • Igreja de São Francisco [ do antigo Convento ]: órgão histórico de Francisco António Solha, 1770.
  • Igreja de São João Novo
  • Igreja de São José das Taipas: órgão histórico Manuel de Sá Couto?, data desconhecida.
  • Igreja de São Lourenço [ dos Grilos ] [ do Colégio ]: órgão ibérico de um teclado manual [ I;(14+14) ], (c. 1785) restauro pela Oficina e Escola de Organaria, opus 24, em 1998.
  • Igreja de São Nicolau [ Matriz ] [ Paroquial ]
  • Igreja do Bonfim [ Matriz ] [ Paroquial ] [ Senhor do Bonfim e da Boa Morte ], coro alto: órgão histórico Frei Domingos Varela, 1817, construído para o Mosteiro de S. Bento de Ave Maria donde foi mudado para a Igreja do Bonfim.
  • Igreja do Carmo [ Igreja da Ordem Terceira do Carmo ] [ da Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo ] [ dos Terceiros do Carmo ]: órgão histórico Peter Conacher & Co., 1881.
  • Igreja do Terço [ de Nossa Senhora  do Terço e Caridade e Caridade ]: órgão histórico António José dos Santos, 1863.
  • Igreja dos Anjos [ de Nossa Senhora dos Anjos ] [ dos Bragas ]
  • Igreja dos Clérigos
  • > Lado do Evangelho: J.L. Ciais Ferraz de Acunha, 1774, restaurado pela firma Acitores Organería y Arte, S. L. / Atelier Samthiago.
  • > Lado da Epístola: J.L. Ciais Ferraz de Acunha, 1774, , restaurado pela firma Acitores Organería y Arte, S. L. Atelier Samthiago.
  • Igreja dos Congregados: órgão histórico Manuel de Sá Couto, c. 1815.
  • Igreja dos Redentoristas
  • Igreja Evangélica Metodista do Mirante: órgão William Sweetland, 1924.
  • Sé do Porto
  • > Capela de São Vicente:  órgão de um teclado manual [ I; 5(1+2)] construído pelo P. Lourenço da Conceição, no séc. XVIII, inventariação e proposta de restauro pela Oficina e Escola de Organaria, opus 41, em 2003.
  • > Lado do Evangelho: órgão histórico Padre Lourenço da Conceição, 1726.
  • > Lado da Epístola: órgão histórico Padre Lourenço da Conceição, 1726.
  • > Coro alto: grande órgão de três teclados manuais e pedaleira com acoplamentos [ III+P ; 45 ] construído por Georg Jann, em 1985, manutenção pela Oficina e Escola de Organaria, opus 11, em 1995.
  • Seminário Maior de Nossa Senhora da Conceição, Capela: órgão Harm Kirschner, 2002.
Sé do Porto

Sé do Porto

Póvoa de Varzim [5]
  • Igreja da Misericórdia [ da Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Varzim ]: órgão histórico Manuel de Sá Couto, 1820.
  • Igreja de Beiriz [ Matriz ] [ Paroquial ] [ Santa Eulália ]: órgão Augusto Joaquim Claro (Braga), de um teclado manual e 14 meios registos [ I ; (7+7) ] construído em 1894, restaurado pela Oficina e Escola de Organaria, em 2001, opus 33.
  • Igreja de Navais [ Matriz ] [ Paroquial ] [ Divino Salvador ]
  • Igreja de Rates [ Matriz ] [ Paroquial ] [ São Pedro ]: órgão histórico Luís de Carvalho Guimarães, séc. XIX.
  • Igreja dos Terceiros Franciscanos: órgão histórico Manuel de Sá Couto, 1825-1826.
Santo Tirso [4]
  • Colégio Nun’Alvres  [ Igreja do Instituto Nun’Alvres ], freguesia de Caldas da Saúde
  • Igreja do mosteiro de Singeverga (de beneditinos), Roriz
  • Igreja Matriz de Santo Tirso [ Santa Maria Madalena ] [ do antigo mosteiro de São Bento ]
  • > tribuna: órgão histórico de Francisco António Solha?, data desconhecida.
  • > nave
Trofa [4]
  • Capela [ de Nossa Senhora ] da Livração
  • Igreja de Santiago de Bougado [ Matriz ] [ Paroquial ]: órgão histórico Manuel de Sá Couto, segundo António Simões, data desconhecida.
  • Igreja de São Mamede do Coronado [ Matriz ] [ Paroquial ]
  • Igreja de São Martinho de Bougado [ Matriz ] [ Paroquial ]: órgão histórico Manuel de Sá Couto, séc. XIX.
Valongo [4]
  • Igreja de Santa Rita [ Santuário de Santa Rita ]  [ do Colégio de Santa Rita ] Ermesinde, coro alto: órgão Orgelbau Goll AG, 2002, órgão de dois manuais e pedaleira com acoplamentos.
  • Igreja Matriz de Campo [ São Martinho ]
  • Igreja de Sobrado [ Matriz ] [ Paroquial ] [ Santo André ]
  • Igreja de Valongo [ Matriz ] [ Paroquial ] [ São Mamede ]: órgão de um teclado manual e pedaleira [ I+P ; 7 (2+2) ] construído por Peter Conacher & Co, em 1881, reparado pela Oficina e Escola de Organaria em 2011, opus 58.
Vila do Conde [6]
  • Igreja da Misericórdia de Vila do Conde
  • Igreja de Santa Clara [ do antigo Convento de Santa Clara: órgão histórico de Francisco António Solha, 1775.
  • Igreja de São Francisco [ do convento de Nossa Senhora da Encarnação ]: órgão histórico Manuel de Sá Couto, 1817.
  • Igreja de Arcos [ Matriz ] [ Paroquial ]
  • Igreja de Vairão [ do antigo mosteiro de São Salvador ]
  • > nave
  • > coro-alto
  • Igreja de Vila do Conde [ Matriz ] [ Paroquial ] [ São João Baptista ]: Augusto Joaquim Claro, 1908.
Vila Nova de Gaia [11]
  • Conservatório Regional de Gaia
  • Igreja do Corpus Christi [ do antigo Convento ]: órgão histórico Manuel de Sá Couto, 1828.
  • Igreja de Avintes [ Matriz ] [ Paroquial ] [ de São Pedro ]: órgão histórico Manuel de Sá Couto, reformulação, 1860.
  • Igreja de Grijó [ Matriz ] [ Paroquial ] [ do antigo mosteiro de São Salvador de Grijó ]: órgão de dois teclados manuais [ II; (16+17) ], construído por Manuel Sá Couto (c.1800), inventariação e projeto de restauro pela Oficina e Escola de Organaria, opus, 20, em 1996, restaurado pela Oficina e Escola de Organaria, em 2003, opus 40.
  • Igreja de Gulpilhares [ Matriz ] [ Paroquial ] [ de Nossa Senhora do Ó ]
  • Igreja de Mafamude [ Matriz ] [ Paroquial ] [ de São Cristóvão ]: órgão histórico de um teclado manual [ I ; (7+7) ], localizado no coro alto, construído por Manuel Sá Couto (c. 1800), restaurado pela Oficina e Escola de Organaria em 1996, opus 13.
  • Igreja de Oliveira do Douro [ Matriz ] [ Paroquial ] [ de Santa Eulália ]: órgão de um teclado manual [ I;6 ] construído por José Joaquim Fonseca em 1878, restaurado pela Oficina e Escola de Organaria, opus 25, em 1998.
  • Igreja de Santa Marinha [ Matriz ] [ Paroquial ]: órgão histórico Manuel de Sá Couto, 1815-1820.
  • Igreja de Valadares [ Matriz ] [ Paroquial ] [ Divino Salvador ]: órgão histórico Manuel de Sá Couto?, séc. XIX.
  • Igreja de Vilar de Andorinho [ Matriz ] [ Paroquial ] [ Divino Salvador ]: órgão de um teclado manual e seis meios registos [ I ; (6+6) ] construído por Manuel de Sá Couto, em 1817, restaurado pela Oficina e Escola de Organaria, em 2011, opus 56
  • Igreja de Vilar do Paraíso [ Matriz ] [ Paroquial ] [ de São Pedro ]

Fontes gerais da Organoteca:

Oficina e Escola de Organaria, Dinarte Machado Atelier Português de Organaria, José Alberto Rodrigues, Victor Oliveira, Francisco Falcão, António Simões, Órgãos de Portugal, Nuno Rigaud, Luís Santos, António José Ferreira, Nuno Mimoso, Amílcar Silva, José Carlos Arantes, António Fonseca, autarquias.

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *