Jorge Ramos, compositor português

Em 2013, foi aceite na ESML – Escola Superior de Música de Lisboa onde concluiu a Licenciatura em Música – Composição em 2016 sob a orientação principal de João Madureira, Luís Tinoco e António Pinho Vargas. Atualmente encontra-se a finalizar o Mestrado em Música – Composição (focado na música eletrónica e eletroacústica) sobre a orientação do professor Carlos Caires.

Lista de obras

  • 2010/2011 — SemiQuaver para flauta e clarinete
  • 2011/2o18 — Gyrationis para violoncelo solo
  • 2011/2015 — Clarinet Party para clarinete solo
  • 2011/2012 — An Animated Epic para quinteto misto
  • 2011/2012 — Electronik Peace para electroacústica stereo
  • 2012 — Pensamento para piano solo
  • 2012/2013 — Project 2 para electroacústica stereo
  • 2012/2013 — Mixed Emotions para quinteto misto
  • 2013 — Prometheus para quinteto de sopros
  • 2013 — TH0UGHT2 para electroacústica stereo
  • 2013 — Subentender para quarteto misto
  • 2014 — Prometheus for Flutes para quarteto de flautas
  • 2014/2015 — Momentum para orquestra de sopros
  • 2015 — Merge para voz e contrabaixo
  • 2015 — .sdiff para flauta solo
  • 2015 — DNA para orquestra sinfónica
  • 2015/2016 — vibr-A-phone para vibrafone solo
  • 2015/2016 — Em construção… para clarinete e bailarina
  • 2015/2016 — Recompor para ensemble de flautas
  • 2016 — Recompor v2 para ensemble misto
  • 2016 — A different story… para soprano, recitante masculino e electrónica
  • 2016 — Lesson of the Future para electroacústica quadrifónica
  • 2011/2017 — Falling in Love Again para clarinete, violoncelo, piano, video e electrónica
  • 2017 — Grains para orquestra clássica e electrónica
  • 2017/2018 — Song of Happiness # para performer de electrónica em tempo real
  • 2019 — Moving Sources para orquestra clássica
  • 2020 — Flux para dois órgãos ibéricos

[ Informação facultada por Jorge Ramos e publicada na Meloteca a 23 de maio de 2020 ]

Jorge Ramos, compositor português
Jorge Ramos, compositor português
0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *