Raposa

Jogos musicais ao ar livre

A RAPOSA E AS GALINHAS

[ Jogo musical de caçada ]

Ai que cauda tão vistosa!

Ai que lindo o focinho!

É decerto uma raposa

Procurando coelhinho.

Fox!

A brincadeira musical da raposa faz sentido num espaço amplo ou, sobretudo, ao ar livre. Seja no 1º Ciclo ou no Jardim de Infância, as crianças vivenciam em jogo as relações de predador/presa na natureza e brincam com isso fazendo de conta.

O educador ou professor diz um verso e as crianças repetem; depois dois versos; finalmente, a quadra inteira. Fox, raposa em Inglês, será a palavra que dará início à caçada. Pode-se cantar com uma melodia simples, conhecida ou inventada; ou pode-se declamar simplesmente de uma forma expressiva e com ritmo. Depois, as crianças dispersam-se, mantendo uma distância de um metro.

Uma criança (ou duas) fará de raposa; as outras serão galinhas e coelhos. Há um local (galinheiro) para onde as galinhas poderão fugir e a raposa não conseguirá caçá-las. Outro local será a toca, onde os coelhos estarão em segurança.

O adulto explica que a raposa também come ratos, escaravelhos, ouriços, perdizes e lagartixas. Se alguém quiser, pode representar esses animais. Movem-se num espaço designado por “monte”.

Para confundir e atrapalhar a raposa, uma criança fará de “criança”, e não será atacada, podendo mesmo defender as galinhas.

Quando o professor disser “Fox”!, começa a caçada. Enquanto o professor improvisar, em tambor de mão, a raposa pode caçar. As presas que foram apanhadas ficam fora da jogada. Quando terminar, dando um toque de regresso assertivo no tambor, combinado com a turma, termina a caçada e as crianças voltam aos seus lugares. A raposa cessante nomeia nova raposa, e assim sucessivamente.

Clique AQUI para conhecer os recursos Meloteca disponíveis na Loja.

Raposa

Raposa

[ Este jogo, indicado para o Dia do Animal, 4 de outubro, ajuda a assimilar e desenvolver competências de Estudo do Meio,  ao longo do ano. ]

Partilhe
Share on Facebook
Facebook
0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *