Festival CriaSons

Festival CriaSons

2ª EDIÇÃO FESTIVAL CRIASSONS

Tendências da Música de Câmara Portuguesa Contemporânea
2018/2019

  • 14 obras em estreia absoluta
  • 6 “compositores residentes” de prestígio internacional – Eurico Carrapatoso, Alexandre Delgado, AmílcarVasques-Dias, Fernando Lapa, Cândido Lima, Alejandro Erlich Oliva
  • 6 “compositores emergentes” seleccionados por concurso – Edward d’Abreu, Tiago Derriça, Miguel Jesus, Camila Menino, Samuel Pascoal, Hugo Reis
  • 12 concertos por todo o Portugal e Holanda
  • 1º concerto CriaSons 2018/2019 – 10 DEZ – Palácio Foz – 18h

Em 2018/2019, o Festival CriaSons regressa para a sua segunda edição com o objectivo de continuar e aprofundar a missão a que se propõe: promover e divulgar amplamente a música erudita, com particular incidência na criação contemporânea produzida em Portugal.

Concebido e organizado pela Musicamera Produções, o CriaSons convidou para esta edição seis prestigiados compositores “residentes”, responsáveis pela construção dos seis Programas que compõem o festival.

Eurico Carrapatoso, Alexandre Delgado, Amílcar Vasques Dias, Fernando Lapa, Cândido Lima e Alejandro Erlich Oliva assinam, assim, os Programas que contêm obras suas – muitas das quais em estreia absoluta –, obras de outros grandes criadores internacionais dos séculos XX e XXI – relevantes na sua formação ou no seu percurso – e, ainda, uma obra especialmente composta para o festival por cada um dos seis compositores “emergentes” – seleccionados através do Concurso CriaSons (2018). Os vencedores Edward d’Abreu, Tiago Derriça, Miguel Jesus, Camila Menino, Samuel Pascoal e Hugo Reis terão assim oportunidade de apresentar uma nova obra, inédita, em estreia mundial, na 2ª edição do CriaSons.

Nas palavras do director artístico Brian MacKay: “Seis personalidades musicais muito diferentes – Eurico Carrapatoso, Alexandre Delgado, Amílcar Vasques-Dias, Fernando Lapa, Cândido Lima e Alejandro Erlich Oliva – proporcionam um retrato da extraordinária riqueza da criatividade musical que se vive actualmente em Portugal”.
De Dezembro de 2018, e ao longo de todo o ano de 2019, o CriaSons leva os seis Programas a diversos auditórios e teatros de Norte a Sul do país – Lisboa, Porto, Viana do Castelo, Faro, Mirandela, Vila Real, Seia, Almada, Évora – e em digressões internacionais. Uma viagem que começa já no próximo mês, dia 10 de Dezembro, com o 1º concerto CriaSons 2018/2019, no Palácio Foz, em Lisboa, pelas 18h, onde será apresentado o Programa a cargo do compositor Fernando Lapa.

Todas as novas obras terão ainda edição em CD com o selo de uma editora de prestígio, estando também garantida a edição em partitura das mesmas.

O Festival CriaSons assume-se como um “retrato” das tendências da música de câmara portuguesa contemporânea que se mostra, nesta 2ª edição, de forma mais relevante e ambiciosa, aumentando o número de obras em estreia absoluta (14), de compositores residentes (6), de concertos (12) e de cidades portuguesas abrangidas (9), e convidando, pela primeira vez, compositores emergentes a participar neste fórum privilegiado de divulgação, fruição e análise da música feita hoje em Portugal.

0 comentários

Deixe o seu comentário

Dê a sua opinião
O seu contributo torna-nos melhores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *