Marcos Portugal

01 de março

Nasceu Helena Raposo, alaudista.

02 de março

Nasceu Inês Simões, soprano lírico spinto.

03 de março

Nasceu, em Alcácer do Sal, em 1889, Ruy Coelho, compositor e dinamizador da ópera.

Morreu, no Porto, em 1900, o violinista e compositor Nicolau Ribas.

violinista Nicolau Ribas

04 de março

Nasceu Óscar Rodrigues, compositor.

Nasceu Ana Sofia Sousa, violetista.

Nasceu a cravista e organista Cristiana Spadaro.

05 de março

Nasceu, em Celorico da Beira, em 1912, Silva Pereira, violinista, violetista e chefe de orquestra nascido.

Nasceu Filipe Quaresma, violoncelista.

06 de março

Morreu, em Leça da Palmeira, em 1958, Óscar da Silva, pianista e compositor.

Nasceu Rui Martins, pianista.

07 de março

Nasceu, em Monção, em 1945, Amílcar Vasques-Dias, compositor e pianista.

Nasceu a cantora lírica Helena Vieira.

Nasceu Victor Pereira, clarinetista.

Nasceu Carlos Silva, tenor.

Nasceu Rui Soares, organista.

08 de março

Nasceu o organista Daniel Oliveira.

Nasceu o clarinetista Ricardo Torres.

09 de março

Nasceu Ianina Khmelik Pacheco, violinista da Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música.

10 de março

Morreu, em Évora, em 1700, Diogo Dias Melgás, compositor polifonista natural de Cuba.

Nasceu, em Madrid, em 1832, Nicolau Ribas, compositor e violinista falecido no Porto a 3 de março de 1900.

Nasceu Sofia Lourenço, pianista portuense.

Nasceu Filipa Taipina, maestrina.

Nasceu Raquel Queirós, violinista.

Nasceu Inês Madeira, cantora lírica.

11 de março

Nasceu Mário Barreiros, baterista.

Nasceu Evandra Gonçalves, violinista.

Nasceu Raquel Lima, flautista.

12 de março

Inauguração, em 2010, das novas instalações da Academia de Música de Vilar do Paraíso.

13 de março

Nasceu, em Lisboa, em 1931, a fadista Fernanda Peres.

fadista Fernanda Peres
Fernanda Peres

14 de  março

Nasceu em Arouca em 1989 a fagotista Susana de Oliveira.

Nasceu Ricardo Mota, violoncelista, em 1980.

Nasceu a investigadora Paula Gomes Ribeiro.

15 de março

Nasceu em 1966 o trompista Paulo Guerreiro.

16 de março

Nasceu, em Barcelona, em 1937, Constança Capdeville, compositora, pecussionista e pedagoga.

Nasceu a pianista Vera Fonte.

17 de março

Nasceu o tenor José Carlos Xavier.

Nasceu em 1958 a cantora Maria Viana.

Nasceu em 1991 o trompetista Tiago Rebelo.

Nasceu a flautista Beatriz Baião.

18 de março

Nasceu, em Lisboa, em 1851, Guilherme Ribeiro, compositor, professor de canto e piano e entusiasta da música coral.

Nasceu, em São Miguel, 1946, José Pracana, fadista, guitarrista, coleccionador e divulgador do fado.

Nasceu em Lisboa, em 1978, a cantora Sofia Ribeiro.

19 de março

Nasceu o fagotista José Pedro Figueiredo, em 1973.

Nasceu a saxofonista Lúcia Duarte.

Nasceu a violinista Heloisa Ribeiro.

20 de março

Foi criado, em 1970, o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa.

Nasceu o flautista Samuel Couto.

22 de março

Foi cantada pela primeira vez a ópera “Irene”, de Alfredo Keil, em Turim, Itália, em 1893.

23 de março

Morreu, em Lisboa, em 1924, Augusto Machado, compositor, maestro e diretor do Conservatório Real de Lisboa.

Nasceu, em Istambul, em 1869, Calouste Gulbenkian, mecenas e colecionador de arte.

24 de março

Nasceu, em Lisboa, em 1762, Marcos António da Fonseca Portugal, conhecido por Marcos Portugal, compositor.

Nasceu, em Lisboa, em 1863, Júlio Neuparth, professor de Harmonia no Conservatório Real de Lisboa e crítico musical do Diário de Notícias.

Morreu, em 2016, Maria José Morais pianista que desenvolveu uma prestigiada carreira internacional pela Europa.

28 de março

Morreu, em Coimbra, em 1986, Manuel Joaquim, importante musicólogo português.

29 de março

Morreu, em 1990, aos 61 anos, Alain Oulman, nome profundamente ligado às principais músicas do fado cantado por Amália Rodrigues.

Nasceu em Lisboa, em 1949, Carlos Azevedo, compositor e pianista.

30 de março

Morreu, em 2016, Magdalena van Zeller, uma das mais eminentes cravistas portuguesas, realizadora e produtora da RDP/Antena 2.

Morreu, em 2019, Anna Mascolo, bailarina, coreógrafa e pedagoga.

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *