Miguel Ângelo Pereira compositor

01 de fevereiro

Morreu, no Porto, em 1901, Miguel Ângelo Pereira, pianista e compositor.

Nasceu, em 1979, Ana Queirós, pianista.

Nasceu Filipa Lopes, soprano

02 de fevereiro

Nasceu Rui Sul Gomes, timpanista da Orquestra Gulbenkian.

03 de fevereiro

Nasceu Rogério Peixinho, violoncelista.

Nasceu João Barradas, acordeonista.

Nasceu Nelson Cascais, contrabaixista.

04 de fevereiro

Morreu, em Oeiras, em 1992, Constança Capdeville, compositora, pedagoga e percussionista.

05 de fevereiro

Nasceu Nuno Vaz, trompa.

Nasceu Tiago Matos, barítono.

Nasceu Clara Saleiro, flautista.

06 de fevereiro

Nasceu no Porto, em 1843, Artur Napoleão, pianista, compositor, editor de partituras musicais, professor e comerciante luso-brasileiro.

Depois de uma brilhante carreira internacional, no Cinema Tivoli, Lisboa. em 1949, o tenor Lomelino Silva despediu-se dos palcos.

Nasceu em 1924, no bairro da Mouraria, em Lisboa, a fadista Argentina Santos.

Nasceu Ricardo Leitão Pedro, tenor e alaudista.

Nasceu Nuno Marques, pianista.

8 de fevereiro

Nasceu Dora Rodrigues, soprano.

12 de fevereiro

Morreu, em Lisboa, em 1950, o compositor e pedagogo açoriano Tomás Borba.

13 de fevereiro

Nasceu em 1863, em Ponta Delgada, Maurício Bensaúde, cantor lírico português que atingiu renome internacional.

Morreu, em Lisboa, em 1996, Maria Alice, fadista muito popular na década de 30 do século XX.

Nasceu Rui Gama, guitarrista.

14 de fevereiro

Nasceu em Guimarães, em 1853, Bernardo Valentim Moreira de Sá.

Morreu, em 2016, Vera Varela Cid, uma das fundadoras da Companhia Nacional de Bailado (CNB)

15 de fevereiro

Morreu, em Algés, em 1903, José Rodrigues d’Oliveira, concertista de cornetim e ocarina.

Nasceu, em Alvites, Mirandela, em 1962, Eurico Carrapatoso, compositor e pedagogo.

16 de fevereiro

Nasceu em Estremoz, em 1901, Tomás Alcaide, grande tenor lírico de carreira internacional.

Nasceu, em Coimbra, em 1925, Carlos Paredes, compositor e guitarrista português.

17 de fevereiro

Morreu, no Rio de Janeiro, Brasil, em 1830, o compositor Marcos Portugal.

Nasceu, no Lavradio, Barreiro, Natércia Couto, a primeira maestrina portuguesa

Nasceu João Tiago Magalhães, pianista.

18 de fevereiro

Nasceu Samuel Vieira, tenor.

Nasceu Cândida Matos, cravista.

Nasceu Iva Barbosa, clarinetista.

Nasceu Raul da Costa, pianista.

19 de fevereiro

Nasceu o pianista Eurico Rosado.

Nasceu João Cristiano Cunha, investigador.

20 de fevereiro

Morreu, em 2016, o violinista Vasco Barbosa, um dos mais importantes violinistas portugueses do século XX.

21 de fevereiro

Nasceu, em Goa, em 1911, a pianista Nina Marques Pereira, que realizou concertos em Paris, Londres, África, sempre muito aclamada pela crítica.

Morreu, em 2019, o grande pianista Sequeira Costa

23 de fevereiro

Morreu, em Setúbal, em 1987, José Afonso, também conhecido por Zeca Afonso, cantor e compositor português de intervenção, autor de “Grândola, Vila Morena”.

José Afonso
Zeca Afonso

24 de fevereiro

Nasceu o pianista João Bettencourt da Câmara.

Nasceu a flautista Daniela Anjo, gémea da saxofonista Isabel Anjo.

Nasceu a saxofonista Isabel Anjo, gémea da flautista Daniela Anjo.

25 de fevereiro

Faleceu, no Porto, em 1972, Ernestina da Silva Monteiro, fundadora, com as suas irmãs, do Curso de Música Silva Monteiro.

Nasceu a soprano Lara Martins.

26 de fevereiro

Nasceu Manuel Araújo, pianista.

Morreu em 2018 José Luís Ferreira, compositor doutorado em Informática Musical, pela UCP Porto, licenciado em Composição pela ESML.

27 de fevereiro

Nasceu Victor Gama, compositor e multi-instrumentista.

28 de fevereiro

Nasceu Osvaldo Ferreira, diretor de Orquestra.