Prémio Internacional de Composição e Big Band

Um acontecimento musical por dia

01 de agosto de 2020

O Ministério da Cultura avança com a classificação da obra fonográfica de José Afonso. Segundo a tutela, o processo ajudará a “consolidar informação relativa à obra gravada, publicada ou não, do artista”. O anúncio foi feito na véspera do aniversário do cantautor, a 2 de agosto.

31 de julho de 2020

A obra Groovid, de Miguel Reis, foi a vencedora da primeira edição do Prémio Internacional de Composição para Clarinete e Big Band. O júri, constituído pelo clarinetista e maestro António Saiote, o compositor e pianista Carlos Azevedo, o clarinetista e professor Paulo Gaspar, o saxofonista e compositor Pedro Moreira e a chefe da divisão de Cultura na Câmara Municipal de Loures, Patrícia Silva (em representação do presidente da Autarquia), decidiu por unanimidade a entrega do primeiro prémio a Miguel Reis, pseudónimo de César Cardoso.

30 de julho de 2020

Faleceu o pianista Justiniano Canelhas (1937-2020), natural de Cucujães, Oliveira de Azeméis. Foi membro fundador do Quarteto do Hot Clube de Portugal e pianista histórico do Jazz moderno português. Faleceu com 83 anos, vítima de Covid19. Justiniano Canelhas era irmão de Carlos Canelhas, compositor de canções cantadas por Madalena Iglésias e Simone de Oliveira, entre outros.

29 de julho de 2020:

Decorreram no Coliseu dos Recreios, Lisboa, os Play – Prémios da Música Portuguesa. Lena d’Água foi distinguida como Melhor Artista Feminina. Slow J venceu na categoria Melhor Artista Masculino. O prémio de Melhor Grupo foi para os Capitão Fausto. “Hear from you”, de Branko, Sango, Cosima e ProfJam, venceu na categoria de Melhor Videoclipe. “Aqui está-se sossegado”, de Camané & Mário Laginha, recebeu o prémio de Melhor Álbum.  “Dentro da Janela”, de João Mortágua, foi distinguido com o prémio Melhor Álbum Jazz. O vencedor da Categoria Melhor Álbum de Música Clássica / Erudita foi Archipelago, de Drumming GP/Luís Tinoco. Bárbara Tinoco recebeu o prémio Artista Revelação. Tainá recebeu o Prémio Lusofonia com a música “Sonhos”. Lena d’Água foi distinguida com o Prémio da Crítica. ]

28 de julho de 2020:

Faleceu Fernando Calazans, antigo violinista da Orquestra Gulbenkian e professor. ]

23 de julho de 2020:

No centenário oficial do nascimento da grande diva da canção nacional, Amália Rodrigues, Rui Vieira Nery diz que não basta amar Amália, é preciso pensá-la. Acredita também que, enquanto o fado existir, o seu legado não se apagará. (Público) ]

18 de julho de 2020:

Órgão Dirardet da Catedral de Nantes, destruído por incêndio a 18 de julho de 2020

Órgão Dirardet da Catedral de Nantes, destruído por incêndio a 18 de julho de 2020

Um incêndio na catedral de Nantes, França, destruiu o monumental órgão construído em 1620 pelo organeiro Girardet. Sobreviveu à Revolução Francesa, aos bombardeamentos e ao incêndio de 1720 mas não sobreviveu a este incêndio. ]

Morreu a pianista belga Marie Louise Bastyns Zadra, mulher do pianista Argentino Fausto Zadra. ]
0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *