Cartaxinho, Portugal

Cartaxinho (o mesmo que cartaxo, castanhola, ou grilinho, na Madeira) é um pequeno instrumento tradicional português do tipo idiofone. Existe com este nome no Algarve e em Santarém. É feito de um pequeno pedaço de cana (ou de madeira), em meia-cana (ou com um corte/ranhura grande no caso da madeira em forma de concha alongada) que serve de caixa de ressonância, na qual se coloca um bocado muito pequeno também de cana (ou de madeira), em tensão com uma guita, que é jogado pelos dedos do tocador, produzindo som com o embate desta pequena peça contra o corpo do instrumento.

Situa-se no índice 11 no sistema Hornbostel-Sachs de classificação de instrumentos musicais. Os idiofones percutidos são postos em vibração por um golpe ou batida.
É um idiofone percutido sem intenção melódica (é de altura indefinida).

ETIQUETAS

  • Instrumentos tradicionais de Portugal
  • Idiofones percutidos portugueses
  • Instrumentos começados por c

É de fabrico artesanal e utiliza-se como acompanhamento rítmico de instrumentos melódicos, sobretudo dos aerofones de palheta metálica livre (harmónio, concertina, acordeão). Com excepção de uma ou outra região (Algarve), o povo não o conhece habitualmente por cartaxo, mas sim por castanhola. Por vezes, usa-se o mesmo sistema sonoro com uma lata de graxa ou de sardinha na qual se prende o fio em tensão com a pequena peça de cana, que embate agora contra a lata.

Fontes:

Terra Mater

Cancioneiro Tradicional de Óbidos, de José Alberto Sardinha.

Cartaxinho, créditos A Música Portuguesa A Gostar Dela Própria

Cartaxinho, créditos A Música Portuguesa A Gostar Dela Própria

Partilhe
Share on Facebook
Facebook