Festas do Divino Espírito Santo, Ponta Delgada

Ó senhor imperador

[ Espírito Santo ]

Ó senhor imperador
Olhe em que vai pegar
No Divino Espírito Santo
Pra toda a gente beijar.

Aqui chega uma visita
Que já não chega há tanto
Receba com alegria
O Divino Espírito Santo.

Desce à terra Luz Bendita
Vem o teu povo animar
As nossas almas visitam
Nossos passos vêm guiar.

O pão ressuscitado
Abençoe esta família
Novas graças vos dou
Abundantes neste dia.

Pombinha quer voar
Voais tão de repente
Vai ao céu buscar saúde
Para dar a este doente.

O Divino Espírito Santo
É Homem não é menino
Quando anda pelas portas
Parece o Sol Divino.

O Divino Espírito Santo
Vem chegando à ladeira
Os anjinhos a deitar
Rica flor de laranjeira.

Dê-me licença que eu entre
Destas portas para dentro
O Divino Espírito Santo
Visita o Santo Sacramento.

Senhor Padre que diz missa
Vinde já para o altar
O Divino Espírito Santo
Cá está para ajudar.

A pombinha vem molhada
Com três pinguinhas da ribeira
O Divino Espírito Santo
Retratado na bandeira.

A pombinha que voais
Para cima do corredor
Vai encher o seu papinho
À mesa do imperador.

Deitei a esmola na salva
Deitei-a com alegria
O Divino Espírito Santo
Fica em vossa companhia.

Deitei a esmola na salva
Deitei-a com devoção
O Divino Espírito Santo
Fica em nosso coração.

O Divino Espírito Santo
É nosso consolador
Consolai as nossas almas
Quando deste mundo for.

Nossa Senhora está lá dentro
Vestida de azul e branco
À espera de uma visita
Do Divino Espírito Santo.

Ó meu Deus que já é tarde
O sol dá nas campinas
São horas de recolher
Estas Insígnias Divinas.

Festas do Divino Espírito Santo, Ponta Delgada

Festas do Divino Espírito Santo, Ponta Delgada

Partilhe
Share on Facebook
Facebook