José Alberto Sardinha

Cala-te, menino, cala!
Cala-te, menino, cala!
Que a senhora logo vem!
Que a senhora logo vem!
Foi lavar os cueirinhos,
Foi lavar os cueirinhos,
Ao chafariz de Belém,
Ao chafariz de Belém.

Ó, ó, ó, ó, ó, menino, ó!

Cala-te, menino, cala!
Cala-te, menino, cala!
Cala-te e torna a calar!
Cala-te e torna a calar!
Eu tenho muito que fazer,
Eu tenho muito que fazer,
Não te posso embalar,
Não te posso embalar.

Cala-te, menino, cala!
Cala-te, menino, cala!
Cala-te e torna a calar!
Cala-te e torna a calar!
Eu tenho muito que fazer,
Eu tenho muito que fazer,
Não te posso embalar,
Não te posso embalar.

Ó, ó, ó, ó, ó, menino, ó!
Ó, ó, ó, ó, ó, menino, ó!

Letra e música: Tradicional (Paul, Covilhã, Beira Baixa)
Recolha: José Alberto Sardinha (“Embalo”, 1981, in “Recolhas Musicais da Tradição Oral Portuguesa: LP 1 – Beira Baixa e Minho”, Contralto – Música Popular, Lda., 1982; “Portugal – Raízes Musicais”: CD 4 – Beira Baixa e Beira Trasmontana, BMG/JN, 1997)
Intérprete: O Baú * (in CD “Achega-te”, O Baú, 2012)

*O Baú:
Isabel Moreira – voz, coros
Gonçalo Almeida – viola campaniça, guitarra portuguesa, bombo, coros
Luís Miguel Aveiro – cavaquinho, coros
Francisco Pimenta – gaitas-de-foles, flautas, búzio, coros
Pedro Calado – percussões, coros
Luís Lourenço – violino, bandolim, bandola
Pedro Teixeira – baixo eléctrico
Gravado no auditório dos Serviços Sociais do Montepio Geral, Lisboa, de Junho a Dezembro de 2011
Gravação, mistura e masterização – Vasco Ribeiro Casais

0 comentários

Deixe um comentário

Quer participar?
Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *