Breves de Música

Candidatura de “Canto a vozes” a Património da UNESCO

A Associação Canto a Vozes-Fala de Mulheres candidata, este mês, esta expressão artística à classificação, pela UNESCO, como Património Cultural Imaterial da Humanidade, foi divulgado pela instituição que junta 30 grupos de Viseu até ao Alto Minho. – informou a agência Lusa. A inscrição da candidatura no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial dá início ao processo de classificação, formalmente iniciado em março de 2020, num encontro que juntou, no Teatro Sá de Miranda, em Viana do Castelo, mais de 300 pessoas que decidiram constituir a associação Canto a Vozes-Fala de Mulheres. Existem diferentes designações locais para o canto da polifonia tradicional: cramol, terno, lote, cantada, cantedo, cantarola, moda ou cantiga. [ 21 de abril de 2020 ]

Conheça AQUI os produtos Meloteca!

Meloteca, recursos musicais criativos para crianças, professores e educadores

Meloteca, recursos musicais criativos para crianças, professores e educadores

AuRora, de Gisela João

Lançado a 9 de abril de 2021, AuRora, o novo álbum de Gisela João, entrou diretamente para o primeiro lugar do Top Nacional de Vendas. Disponível em todas as plataformas digitais e lojas físicas, a edição tem a chancela da Sons Em Trânsito e a distribuição está a cargo da Universal. Sucessor de “Nua” (2016) e “Gisela João” (2013), AuRora é o primeiro álbum de Gisela João a apresentar essencialmente canções originais e é também o disco em que a artista se estreia como letrista e compositora, assinando ainda a produção em parceria com Michael League, dos premiados Snarky Puppy, e Nic Hard. E canta não apenas como esperamos que cante mas para lá de tudo o que lhe ouvimos cantar até hoje. “Louca”, “Já Não Choro Por Ti” e “Canção Ao Coração”, os três singles de AuRora, cujos vídeos oficiais filmados em São Paulo foram divulgados por essa ordem, formam uma curta metragem quando vistos na devida sequência. Em AuRora nada foi deixado ao acaso. Gravado entre Almada e Barcelona, o lançamento de AuRora coincide com os dias mais luminosos que temos vivido e que nos enchem de esperança, após um ano de pandemia. 5 anos volvidos sobre o último álbum, a voz e o timbre absolutamente singulares de Gisela João, no melhor e mais ambicioso álbum da sua discografia, consagram-na definitivamente como uma das mais importantes intérpretes da história da música portuguesa.

AuRora, de Gisela João

AuRora, de Gisela João

Luna Bar

“Luna Bar” é o single do novo álbum da Jacinta & Antonio Bastos. A ideia deste álbum surgiu aquando do mais recente confinamento, com o intuito de fazer parte de uma campanha de crowdfunding em favor da União Audiovisual. [ 9 de abril de 2021 ]

Luna Bar é o single do novo álbum da Jacinta & Antonio Bastos

Luna Bar, single do novo álbum da Jacinta & Antonio Bastos

Morreu o músico Júlio Costa

A 12 de março de 2021, morreu aos 85 anos o músico Júlio Costa, do Trio Odemira, cinco dias depois do seu irmão Carlos. Desaparecem assim os elementos fundadores de um dos mais longevos e profícuos grupos da história da música portuguesa.

Morreu Carlos Costa

No dia 7 de março de 2021 morreu aos 93 anos o músico Carlos Costa, do conhecido grupo Trio Odemira. O Trio Odemira era composto por Carlos Costa, Júlio Costa e Mingo Rangel e contava mais de 60 anos de carreira, tendo sido formado em 1958 e obtido sucesso com temas como “Ana Maria” e “Anel de Noivado”.

Morreu Sara Carreira

A 05 de dezembro de 2020 morreu a cantora Sara Carreira, de 21 anos, filha do popular músico Tony Carreira, na sequência de um acidente de viação ocorrido na A1, perto de Santarém.

Sara Carreira, cantora (1999-2020)

Sara Carreira, cantora (1999-2020)

Morreu Cruzeiro Seixas

A 08 de novembro de 2020 morreu o poeta e artista plástico Cruzeiro Seixas (Amadora, 3 de dezembro de 1920 – Lisboa, 8 de novembro de 2020). Do seu extraordinário legado, fazem parte os cenários de O Lago dos Cisnes, com coreografia de Armando Jorge, estreado pela Companhia Nacional de Bailado, em 1986.

Morreu o Padre Manuel Pires de Bastos

A 08 de novembro de 2020 morreu Manuel Pires Bastos, padre, professor, jornalista, historiador, poeta, escritor, compositor, músico. Com uma sede insaciável de conhecimento, o Padre Bastos foi o responsável por um dos maiores registos da história de Loureiro, Oliveira de Azeméis, o livro “Banda de Música de Loureiro – Uma Banda Centenária”.

Dia Mundial da Ópera

25 de outubro é o Dia Mundial da Ópera. Em 2020 ocorreu primeira comemoração internacional para homenagear este género que já possui 400 anos de história. A iniciativa foi organizada pelas associações de teatros OPERA America, Opera Europa e Ópera Latinoamérica, somando-se também organizações como UNESCO e Instituto Internacional del Teatro (IIT). A comemoração no dia 25 de outubro esteve vinculada a uma campanha que tem a participação de teatros de todo o mundo, na qual todos difundem ações e programas dedicados a dar notoriedade à contribuição da ópera para as artes, sob o lema Dia Mundial da Ópera.

Luís Cipriano premiado

Luís Cipriano venceu o Prémio de Mérito/Música 2020 da Fundação Inatel cuja cerimónia teve lugar no Teatro da Trindade, em Lisboa. Na altura da distinção, Luis Cipriano frisou que o sucesso individual só surge depois do coletivo agradecendo à família, ao Coro Misto da Beira Interior, ACBI, colegas da Escola Serra da Gardunha e aos seus alunos. [ 13 de outubro de 2020 ]

Morreu Tony Lemos

A 13 de outubro de 2020 morreu António Fernando de Sousa Lemos, mais conhecido no meio musical como Tony Lemos. Teclista e vocalista, Tony Lemos era irmão de Filipa Sousa, a vocalista dos Santamaria, com quem geria os sucessos desde 1998.

Tony Lemos, produtor e teclista dos Santa Maria

Tony Lemos, produtor e teclista dos Santa Maria

11 de outubro de 2020

O Prémio Especial da Fundação Isang Yun reconheceu, em 2020, a obra do maestro venezuelano José Antonio Abreu (1939-2018), fundador do El Sistema. [ 11 de outubro de 2020 ]

Órgão da comunidade de Compostela

A 10 de outubro de 2020, a comunidade de Compostela (um dos locais de culto católico de Foz do Sousa, Gondomar) inaugurou o seu novo órgão de tubos Emil Hammer, com bênção presidida por Dom Armando Esteves Domingues, bispo auxiliar do Porto, e concerto inaugural no mesmo dia com o organista Daniel Ribeiro e a soprano Sofia Pinto, conterrânea. [ 10

David Seixas assina contrato com editora

David Seixas assinou contrato com a editora discográfica internacional Orpheus Classical que vai trabalhar no seu primeiro álbum solo digital disponível em todas as plataformas digitais principais (Spotify, Itunes, Amazon Music, Google Play, Deezer, Tidal, 7Digital, Yandex). [ 06 de outubro de 2020 ]

Morreu Jorge Salavisa

A 28 de setembro de 2020 morreu o coreógrafo Jorge Salavisa.

Fonoteca Municipal em Campanhã

Música, sons e palavra em mais de 35 mil discos de vinil: abriu a Fonoteca Municipal em Campanhã. [ 27 de setembro de 2020 ]

Remix Solistas em Foco

Para celebrar o 20º aniversário do Remix Ensemble Casa da Música, a CdM estreou “Remix Solistas em Foco”, uma série de pequenos filmes que oferece um vislumbre da vida musical e das inspirações dos elementos que compõem este agrupamento residente. [ 27 de setembro de 2020 ]

Documentário sobre os órgãos dos Clérigos

Enquadrado nas Jornadas Europeias do Património 2020, foi lançado a 26 de setembro de 2020 um documentário sobre os órgãos de tubos da Igreja dos Clérigos.

Espólio Luiz Costa

No dia em que se comemoram 141 anos do nascimento do compositor Luiz Costa, a Casa da Música lançou um novo sítio inteiramente dedicado ao seu espólio musical, em grande parte inédito. A alma lírica e bucólica de Luiz Costa atravessa um repertório de quase 180 composições, abrangendo peças para piano, voz e piano, música de câmara, orquestra e outras. A catalogação da obra foi realizada pela musicóloga Christine Wassermann Beirão, curadora do espólio juntamente com Henrique Gomes de Araújo e Helena Costa Araújo.” (Casa da Música, 25 de setembro de 2020)

Joel Pina homenageado

A 24 de setembro de 2020, Joel Pina, nascido há 100 anos, em 1920, que acompanhou Amália durante quase 30 anos, foi homenageado no S. Luís Teatro Municipal, em Lisboa. Na homenagem participaram cerca de 30 fadistas, de diversas gerações, das muitas que o músico acompanhou em palco ao longo dos anos.

Renata Oliveira vice-presidente da EAWBC

Renata Oliveira é vice-presidente da European Association of Women Band Conductors. [ 21 de setembro de 2020 ]

Método de adufe

O portal da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova noticiou que “A Filarmónica Idanhense desenvolveu um novo método intuitivo para ensinar crianças e jovens a tocar adufe, que tem como base 12 cantigas do concelho de Idanha-a-Nova.” [ 14 de setembro de 2020 ]

Setenta Voltas ao Sol

A 12 de setembro de 2020, Jorge Palma apresentou “Setenta Voltas ao Sol” num espetáculo com Cristina Branco e orquestra de câmara, com arranjos de Filipe Melo e Filipe Raposo.

Maria João Pires

Segundo a “Visão”, a 08 de setembro de 2020, a editora Deutsche Grammophon reuniu os 38 álbuns gravados pela pianista Maria João Pires, para o seu catálogo, desde há 30 anos, e publica-os este mês, numa só caixa, segundo o plano de novidades da editora.

Dia Nacional das Bandas Filarmónicas

A 01 de setembro de 2020 comemora-se o Dia Nacional das Bandas Filarmónicas.

Órgão da Igreja Paroquial de Paço de Arcos

A 30 de agosto de 2020 foi inaugurado o órgão de tubos da Igreja Paroquial de Paço de Arcos, órgão holandês da firma Flentrop montado pela Oficina e Escola de Organaria.

CD Cupertinos

A 28 de agosto de 2020 foi apresentado o CD Cupertinos pela Hyperion Records, Duarte Lobo, Masses, Responsories & Motets, o segundo trabalho do grupo Cupertinos.

Morreu o Ten-coronel e maestro Francisco Ferreira da Silva

Em 22 de agosto de 2020, morreu o maestro Ten-Coronel Francisco Ferreira da Silva, ilustre oureense, que foi músico, maestro e amigo da Academia de Música Banda de Ourém.

Ten-Coronel Ferreira da Silva, músico e maestro de Ourém

Ten-Coronel Ferreira da Silva

Morreu Daniel Cunha

A 16 de agosto de 2020 morreu, aos 37 anos, o pianista e pedagogo Daniel Cunha.

Concurso para o órgão da Sé da Guarda

A 13 de agosto de 2020, o “Interior, Diário das Beiras e Serra da Estrela” noticiou que foi aberto pela Direção Regional de Cultura da Região Centro o concurso público para o órgão da Sé da Guarda com um valor base de 500 mil euros.

Morreu Carlos Burity

A 12 de agosto de 2020 morreu em Luanda, vítima de doença prolongada, o músico angolano Carlos Burity, que deu um importante contributo para a construção da identidade angolana e é recordado como voz do orgulho angolano.

10 de agosto de 2020

A 10 de agosto de 2020 morreu Carlos Firmino Soares da Cunha (1955-2020), conhecido por Carlos Firmino, músico aveirense, saxofonista, compositor, maestro, professor e artista plurifacetado. Foi maestro da Orquestra da TAUC, Tuna Académica da Universidade de Coimbra mil , de 1985 a 1987. Ofereceu à OAUC, “Little Overture”, uma peça da sua autoria, interpretada pela mesma no concerto comemorativo dos 730 anos da Universidade de Coimbra, dia 1 de março de 2020. Em 2016 apresentou no Departamento de Arte e Comunicação da Universidade de Aveiro a dissertação de maestrado “Analogias desenvolvidas entre a Formação Musical e a Análise e Técnicas de Composição: a Fraseologia como estratégia educacional”.

Carlos Firmino, saxofonista, pedagogo e compositor de Aveiro

Carlos Firmino, saxofonista, pedagogo e compositor de Aveiro

Aa 10 de agosto de 2020 morreu em Lisboa Waldemar Bastos (1954-2020), um dos mais consagrados artistas lusófonos da world music e dos primeiros artistas de Angola a alcançar a internacionalização.

Waldemar Bastos, musico angolano

Waldemar Bastos, musico angolano

Morreu Fernanda Lapa

A 06 de agosto de 2020 morreu Fernanda Lapa (1943-2020) uma atriz, encenadora e professora universitária. Além de tudo o que fez pelo teatro, registo o seu trabalho na encenação-estreia da ópera O Sonho (Londres, 2010), do compositor Pedro Amaral. Encenou também La Princesse Jaune, de Camille Saint-Saëns e The Wondering Scholar de Gustav Holst, apresentadas em Sintra (Centro Cultural Olga Cadaval), Portalegre (CAEP) e Coimbra (TAGV), em 2013.

Obra de José Afonso

O Ministério da Cultura avança com a classificação da obra fonográfica de José Afonso. Segundo a tutela, o processo ajudará a “consolidar informação relativa à obra gravada, publicada ou não, do artista”. O anúncio foi feito a 1 de agosto de 2020, na véspera do aniversário do cantautor, a 2 de agosto.

Morreu Justiniano Canelhas

A 30 de julho de 2020 faleceu o pianista Justiniano Canelhas (1937-2020), natural de Cucujães, Oliveira de Azeméis. Foi membro fundador do Quarteto do Hot Clube de Portugal e pianista histórico do Jazz moderno português. Faleceu com 83 anos, vítima de Covid19. Justiniano Canelhas era irmão de Carlos Canelhas, compositor de canções cantadas por Madalena Iglésias e Simone de Oliveira, entre outros.

Justiniano Canelhas, pianista, membro do Quarteto do Hot Clube de Portugal

Justiniano Canelhas, pianista, membro do Quarteto do Hot Clube de Portugal

 

Morreu Fernando Calazans

A 28 de julho de 2020 faleceu Fernando Calazans, antigo violinista da Orquestra Gulbenkian e professor.

Fernando Calazans, violinista e pedagogo

Fernando Calazans, violinista e pedagogo

Centenário de Amália

No centenário oficial do nascimento da grande diva da canção nacional, Amália Rodrigues, Rui Vieira Nery diz que não basta amar Amália, é preciso pensá-la. Acredita também que, enquanto o fado existir, o seu legado não se apagará. (Público) (23 de julho de 2020)

15 anos do Teatro das Figuras

O Teatro das Figuras completou, em 2020, 15 anos de existência. O seu surgimento veio alterar o panorama artístico local e regional. Com a abertura do Teatro das Figuras, o Algarve ganhou um palco de excelência para as artes performativas. Um palco capaz de dar resposta as maiores exigências técnicas que os espetáculos requerem.

Efemérides na Casa da Música

2020 foi para a Casa da Música um ano cheio de efemérides: passaram 20 anos sobre a criação do Remix Ensemble e a transformação da orquestra numa formação sinfónica, e em Abril cumpriram-se 15 anos sobre a abertura ao público do edifício projetado por Rem Koolhaas.

Curiosidades da Música em Portugal

Casa da Música

Canto a vozes vai candidatar-se a património imaterial

O “canto a vozes” vai apresentar candidatura a património da UNESCO procurando dar destaque às polifonias tradicionais, com o objetivo de tornar-se Património Cultural Imaterial da Humanidade. A decisão saiu de um encontro que decorreu no sábado em São Pedro do Sul, onde teve lugar a mesa redonda “O património somos nós”, tendo ainda sido constituída a comissão organizadora de uma associação de defesa dos interesses dos grupos que formalmente ou informalmente cantam, a três e mais vozes, um repertório legado pela sociedade agrária tradicional, acrescenta o comunicado dos promotores. Segundo a comunicação, existem diferentes designações locais para o canto da polifonia tradicional: cramol, terno, lote, cantada, cantedo, cantarola, moda ou cantiga. “Cantado por grupos de mulheres ou mistos, este canto é, no século XXI, uma expressão artística e um património imaterial que vincula as mulheres e homens (com maior destaque na mulher) no combate à vulnerabilidade das comunidades onde residem, reforça a identidade local e “desoculta” o papel das mulheres nos processos e práticas culturais ancestrais”, refere ainda o documento hoje divulgado. (22/01/2020)

Gaitas de Bravães

Uma oficina de formação em fabrico artesanal de gaitas de Bravães recuperou um ofício “perdido” há meio século naquela aldeia de Ponte da Barca e quer agora devolver o instrumento ao lugar de referência cultural de outros tempos. Os dois primeiros instrumentos na oficina são réplicas de uma gaita produzida, em 1950, por Emílio de Araújo, um construtor da freguesia. O instrumento original integra o espólio do Museu de Etnologia de Lisboa, e está documentado nas recolhas do etnólogo Ernesto Veiga de Oliveira, entre anos de 60 e 63. (05/01/2020)

Dinis Sousa é maestro assistente dos três agrupamentos Monteverdi

​Dinis Sousa é maestro assistente dos três agrupamentos Monteverdi, o que acontece pela primeira vez na história dos Monteverdi Choir & Orchestras. Nascido no Porto em 1988, reside em Londres onde trabalha com John Eliott Gardiner. Dinis Sousa é o maestro fundador do projeto da Orquestra XXI. (04/01/2020)

maestro Dinis Sousa

maestro Dinis Sousa

Kika Materula Ministra da Cultura

O Presidente da República de Moçambique nomeou Eldevina (Kika) Materula nova Ministra da Cultura e Turismo. Materula é oboísta moçambicana, directora artística e autora do Projecto Xiquitsi, cujo objetivo é tentar a integração, inserção social e capacitação profissional de crianças e jovens, de meios desfavorecidos, por intermédio do ensino coletivo da música. Inclui o Festival Internacional de Música de Maputo (oito edições) e pretende criar a primeira orquestra sinfónica do país. O projeto valeu à atual ministra da Cultura de Moçambique uma condecoração com a medalha da Ordem de Mérito, pelo Presidente da República Portuguesa, em 2016. Kika Materula iniciou os estudos musicais aos 7 anos na Escola Nacional de Música de Maputo (Moçambique). Em 1995, em Portugal, deu continuidade aos estudos musicais. Terminou a licenciatura na ESML e terminou a pós-graduação na Malmö Academy of Music. Em 2001 venceu a XVI edição do Prémio Jovens Músicos na categoria de oboé. Colaborou como convidada com a Orquestra Clássica da Madeira, Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, Orquestra Sinfonieta de Lisboa, Orquestra Gulbenkian, Malmö Symphonie Orchestra (Suécia), Malmö Opera Orchestra, Danish Radio Sinfonietta (Dinamarca), Orquestra Sinfónica da Bahia (Brasil), entre outras.

Kika Materula

Kika Materula

Partilhe
Share on Facebook
Facebook