MELOTECA MÚSICAS E ARTES
Siga-nosFacebookInstagramLinkedInPinterestTwitterTumblr
> Musicoterapia
PRINCIPAL
Harpa
Viola da Gamba
Piano
Guitarra

MUSICOTERAPIA E INCLUSÃO

"A Musicoterapia é a utilização profissional da música e os seus elementos como uma intervenção na área da saúde, educacional e outros contextos com indivíduos, grupos, famílias ou comunidades, procurando otimizar a sua qualidade de vida e promover a sua saúde física, social, comunicativa, emocional, saúde e bem-estar intelectual e espiritual. A investigação, a prática, a educação e a formação clínica em Musicoterapia são baseados em padrões profissionais, de acordo com os contextos culturais, sociais e políticos."

(Federação Mundial de Musicoterapia - WFMT 2011)

 

BREVES LEITURAS

Intervenção musical em ambientes de cuidados paliativos

HTMLHTML

 

Música e discapacidade

HTMLHTML

 

Musicoterapia e construção de instrumentos

HTMLHTML

 

Musicoterapia e danças circulares com idosos

HTMLHTML

 

Musicoterapia para crianças

HTMLHTML

 

Musicoterapia para crianças e famílias saudáveis

HTMLHTML

 

Musicoterapia, um pouco de história

HTMLHTML

 

Quem canta, seus males espanta

HTMLHTML

 

TOPO

 

MONOGRAFIAS, DISSERTAÇÕES E TESES

A música como metáfora em musicoterapia

Tese de doutoramento

Lia Rejane Mendes Barcellos

PDF

Resumo

"Esta pesquisa parte de questões levantadas no exercício da prática clínica em musicoterapia e de suas teorias. Propõe a utilização da música em musicoterapia como portadora do efeito de sentido metafórico. Apresenta a
importância de uma articulação da musicoterapia com a musicologia contemporânea e com a psicologia da música, com o objetivo de contribuir para a renovação e ampliação dos cânones da musicoterapia no Brasil. Considera o performer como o narrador das ideias do compositor ou de uma mensagem expressiva, partindo de autores da musicologia contemporânea, e o paciente como o narrador de sua(s) história(s). Discute a questão do significado e do sentido em música e admite o emprego da música no lugar do discurso verbal, quando os pacientes não podem ou não querem se comunicar verbalmente, constituindo-se como portadora do efeito de sentido metafórico na musicopsicoterapia."

TOPO

 

A musicoterapia apoiada por meios electrónicos interativos

Artigo

Ana Grazielle D. Corrêa, Gilda A. Assis, Marilena do Nascimento, Roseli de Deus Lopes

PDFPDF

Resumo

"Este artigo apresenta um estudo sobre um sistema musical apoiado por meios eletrônicos interativos para reabilitação de indivíduos com doenças neuromusculares. Sua interface foi projetada com tecnologia de Realidade Aumentada, o que trouxe vantagens aos portadores de necessidades especiais, por permitir que os objetos virtuais possam ser manipulados de forma natural, com as mãos, sem uso de adaptadores para interação. As teclas foram substituídas por cartões formados por símbolos gráficos que representam as notas musicais. O diferencial deste sistema é possibilitar ao terapeuta realizar o planejamento dos cartões sobre a mesa de acordo com as limitações físicas de cada indivíduo. Pretende-se com este trabalho, contribuir para que pessoas com doenças neuromusculares possam se beneficiar das novas tecnologias, no intuito de promover sua auto-estima e motivação, fatores que prorrogam o tempo de vida destes pacientes, e por conseqüência, a melhoria de sua qualidade de vida."

TOPO

 

A musicoterapia no contexto escolar

Artigo

Sandra Rocha do Nascimento

PDFPDF

Resumo

"Este trabalho apresenta resultados de uma experiência psicopedagógica e musicoterápica desenvolvida na área da Musicoterapia. Foi realizado no contexto escolar, com crianças e adolescentes que apresentavam elevados índices de agressividade e inquietação psicomotora durante a execução de suas atividades escolares. Teve como objetivo desvelar as significações das condutas infanto-juvenis consideradas atípicas, denominadas distúrbios de condutas na Psiquiatria Infantil. No decorrer dos atendimentos musicoterápicos, observou-se que os alunospacientes selecionados manifestavam uma diferenciação na expressão musical, ou seja, suas "condutas psicomusicais" retratavam características psicológicas e comportamentais peculiares, projetando seu mundo interno. Percebeu-se que, ao proporcionar a re-organização das "condutas psico-musicais" desses alunos, vivenciando momentos de aceitação e valorização do que é e de como se expressa, uma nova música foi introjetada, ocasionando mudanças em suas condutas sociais."

TOPO

 

A musicoterapia no Hospital Psiquiátrico São Pedro

Artigo

Leonie Elise Fest Andreolla, Vera Marilza Piasensk

PDFPDF

Resumo

"A Musicoterapia para pacientes do Hospital Psiquiátrico São Pedro teve seu início a partir da década de sessenta do século passado, com a participação de estudantes estagiárias da disciplina de Musicoterapia do Curso de Licenciatura em Música da UFRGS, que eram acompanhadas por uma supervisora musicoterapeuta. A reinserção da musicoterapia neste espaço veio acontecer através de convênio firmado entre o Instituto Superior de Música de São Leopoldo da Faculdades EST e o HPSP para atender os estágios na área, dos estudantes do Curso de Bacharelado de Musicoterapia. Este artigo tem por finalidade apresentar a estruturação do trabalho que atualmente é desenvolvido pela Musicoterapia, através dos estagiários, orientados e supervisionados pelas autoras, para atender quatro unidades de pacientes do HPSP em suas diferentes demandas."

TOPO

 

A musicoterapia nos espaços escolares

Artigo

Ademir Adeodato

PDFPDF

Resumo

"Relato de experiência que analisa como atividades musicais terapêuticas facilitam o processo de inclusão educacional, refletindo sobre as interações/relações, estabelecidas entre crianças com necessidades educacionais especiais, e outras "ditas normais", a partir do desenvolvimento de um processo terapêutico em grupo, numa classe regular de ensino público. Procura construir, um novo olhar sobre as possibilidades do aluno com necessidade educacional especial, para tal, busca integrar duas áreas distintas de conhecimento, Musicoterapia e Educação – com foco nas práticas inclusivistas – sem perder de vista os fatores: político, econômico e ideológico-neoliberal, que influenciam o contexto educacional. A metodologia teve uma abordagem Qualitativa Exploratória. Serviram de base dados coletados na escola através de questionários, diário de campo e entrevistas, procurando fazer uma escuta sensível junto ao grupo de professores e alunos. Após quatro meses de reflexão na ação, os resultados apontam contribuições e ampliações de conhecimentos nas áreas da Musicoterapia e Educação. O estudo sugere alguns caminhos que podem contribuir com as práticas dos profissionais envolvidos nestes campos de conhecimentos."

TOPO

 

A outra face da música: intervenção musicoterapêutica

Dissertação

Ana Luísa Rodrigues Pereira

PDFPDF

Excerto

"A musicoterapia possui uma ampla possibilidade de objetivos que poderão ser
trabalhados pelo musicoterapeuta, sendo um deles, a facilitação e promoção da comunicação de um indivíduo através da música, pretendendo assim alcançar uma melhor qualidade de vida.

A Federação Mundial de Musicoterapia (WFMT) define musicoterapia como: a utilização profissional da música e dos seus elementos, para a intervenção em contextos médicos, educacionais e do quotidiano, com indivíduos, grupos, famílias ou comunidades que procurem otimizar a sua qualidade de vida e melhorar a sua saúde física, social, comunicativa, emocional, intelectual, espiritual e bem-estar (WFMT, 2011).."

TOPO

 

A prática da Musicoterapia em diferentes áreas de atuação

Artigo

Rosemyriam Cunha, Sheila Volp

PDFPDF

Resumo

"Este estudo reflete sobre a práxis da musicoterapia quando esta se insere em diferentes campos de trabalho, aqui denominados áreas de atuação. O tema foi estudado no contexto das áreas oferecidas para o estágio curricular do curso de Musicoterapia da Faculdade de Artes do Paraná. A discussão está fundamentada em aportes teóricos advindos do campo da psicologia, da música, da musicoterapia e em dados empíricos construídos por meio de informações obtidas em diferentes instituições concedentes de estágio supervisionado de musicoterapia, na cidade de Curitiba. Sem a pretensão de indicar definições, procurou-se ampliar o conceito de área para além de um lugar. Buscou-se pelo entendimento desse espaço como um ambiente social, político, cultural, humano e relacional no qual o musicoterapeuta desenvolve seu trabalho."

TOPO

 

As possibilidades de estimulação

[ Musicoterapia e síndrome de Down ]

Monografia de licenciatura

Maria Inês Couto Augusto

PDFPDF

Resumo

"Esta monografia tem por objetivo um aprofundamento teórico acerca da estimulação de pessoas portadoras de síndrome de Down. Descrevem-se, nela, os conceitos de estimulação e analisa-se o trabalho em musicoterapia através de entrevistas com profissionais experientes neste campo. Foram levantadas diversas possibilidades técnicas de utilização da estimulação em musicoterapia."

TOPO

 

As práticas em Educação Musical Especial

Artigo

Cláudia Eboli Santos

PDFPDF

Resumo

"Este trabalho tem por objetivo apresentar o projeto da pesquisa "As práticas em Educação Musical Especial: possíveis contribuições da Musicoterapia" aprovado no Programa de Pós-graduação em Música da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (PPGM-UNIRIO). Esta pesquisa teve início em 2006, estando em andamento no momento. Trata-se de pesquisa de campo, qualitativa, com abordagem transdiciplinar que transita pela área da educação musical especial, da educação musical e da musicoterapia."

TOPO

 

Atividades musicais e musicoterápicas na formação de grupos

[ Música, musicoterapia e grupos sociais ]

Artigo

Elcione de Lima, Géni de Araújo Costa

PDFPDF

"Este artigo teve como motivação refletir como as atividades musicais e musicoterápicas influenciam na formação de grupos sociais. Objetiva contribuir na análise de alguns aspectos rítmicos e sonoros, seus efeitos, influência e reações fisiológicas provocadas pelo estímulo sonoro. Para tanto, foi utilizado o método da pesquisa bibliográfica com estudiosos da área, afim de estabelecer as relações entre os aspectos definidores de uma prática musical musicoterápica voltada para a formação de grupos." (...)

TOPO

 

Autismo, educação musical e musicoterapia

Artigo

Maiara Aparecida Bertoluchi

PDFPDF

"O desenvolvimento da musicalidade nas crianças deve estar em conformidade com a sua vivência musical e os métodos utilizados. A educação musical, por si só, já se inicia no lar, com a oferta de ferramentas à criança para que ela descubra os sons e o seu universo (discos, canções, instrumentos, objetos sonoros variados, gravuras relacionadas, etc). Na escola, no entanto, deverá se realizar o direcionamento deste interesse para o desenvolvimento de outros aspectos ligados à criança (criatividade, coordenação motora, lateralidade, lógica, estética etc)." (...)

TOPO

 

Autobiografia musical: diálogos interdisciplinares

[ Musicoterapia e Psicologia Sócio-Histórica ]

Artigo

Patrícia Wazlawick, Carmen Spanhol, Kátia Maheirrire

PDFPDF

Resumo

"Este trabalho relata um estudo interdisciplinar entre as áreas da Musicoterapia e da Psicologia na perspectiva sócio-histórica. Teve como foco a "composição" de Autobiografias Musicais, uma metodologia utilizada na área da Musicoterapia para conhecer as relações e implicações dos sujeitos com a música, o fazer musical em suas mais diversas roupagens, ao longo de suas vidas, ou seja, no acontecer dos processos de constituição dos sujeitos. Sujeitos que se constituem pela mediação semiótica na cultura, situados em contextos sociais, em meio aos embates com a alteridade." (...)

TOPO

 

Avaliação diagnóstica e musicoterapia aplicada

[ Síndrome de Down, paralisia cerebral e transtornos neurológicos ]

Artigo

Gabriel Federico

PDFPDF

Excerto

"Os recursos que utilizam os musicoterapeutas são todos aqueles que podemos usar em relação a elementos como a voz, os instrumentos musicais, microfones, música gravada, partituras, etc. E como recurso musicoterapêutico, especificamente, contamos com a improvisação musical, a sustentação vocal, o banho sonoro, a criação de canções, a estimulação sonora, as visualizações criativas com música, a relaxação através do movimento, as brincadeiras sonoras grupais, etc."

TOPO

 

Cantigas e brincadeiras-de-roda na Musicoterapia

Artigo

Benita Michahelles

PDFPDF

Resumo

"Este trabalho trata das cantigas e brincadeiras-de-roda. Abordando as suas características lúdico-poético-musicais e dinâmicas, e buscando as suas ligações com o processo musicoterápico. Relaciona estas manifestações do folclore infantil às fases do desenvolvimento humano e destaca a sua relação com as mandalas. Embasa-se nas abordagens psicanalítica e junguiana. Por fim, a discussão teórica é ilustrada com exemplos práticos."

TOPO

 

Desenvolvimento musical e musicoterapia em crianças Down

Artigo

Anahí Ravagnani

PDF

Resumo

"O presente trabalho pretende investigar o papel da música no desenvolvimento cognitivo das crianças Síndrome de Down baseado em observações de uma sessão de Musicoterapia, realizada com uma criança SD, na cidade de Curitiba, PR. Trata-se de um estudo preliminar que faz parte de uma dissertação de mestrado."

TOPO

 

Educação musical e musicoterapia

Artigo

Viviane Louro

PDFPDF

Excerto

"Desde o surgimento da esquematização da musicoterapia como disciplina reconhecida cientificamente (século XX) a música vem sendo usada para a reabilitação física e mental das pessoas, inclusive das pessoas com deficiências. De qualquer forma, é importante mostrar que "a Musicoterapia difere da Educação Musical" (FERNANDEZ 1999)."

TOPO

 

Humanização hospitalar infantil:
intervenções musicoterapêuticas

Artigo

Sandra Barros da Rocha Picado, Roger Naji El-Khouri, Priscila Tassaro Streapco

PDFPDF

Resumo

"Objetivo: promover a musicoterapia como recurso aplicável a crianças internadas em uma unidade de pediatria hospitalar, dentro de um programa de humanização hospitalar infantil da equipe multidisciplinar. Métodos: foi realizada avaliação qualitativa de uma amostra de 304 crianças hospitalizadas e de seus responsáveis, no período de março de 2005 a novembro de 2006. Todos participaram de recreações musicais e/ou sessões de musicoterapia semanais. Os instrumentos foram utilizados semanalmente no refeitório e nos leitos da enfermaria de Pediatria. A eficácia da musicoterapia foi avaliada através de observações da equipe hospitalar e dos depoimentos de pacientes e familiares. Resultados: foram evidenciados maior bem-estar e disponibilidade dos pacientes bem como de seus familiares para lidar com o difícil período de internação; a rejeição aos procedimentos e aos alimentos oferecidos reduziu-se."

TOPO

 

Interface entre a musicoterapia e a terapia ocupacional

Monografia

Tania Cristina Fascina Sega Rossetto

PDFPDF

Resumo

"Este trabalho apresenta uma discussão, realizada a partir de um estudo de caso, sobre as possibilidades de interação entre a musicoterapia e a terapia ocupacional, tendo como foco as atividades elaboradas para a estimulação da memória em um grupo de idosos com necessidades especiais, denominado Grupo de Geronto. Procurou-se, então, a partir do uso da arte, da música e do movimento como recursos terapêuticos, resgatar as lembranças desses idosos e, assim, fortalecer o senso de identidade e a auto-estima, em prol da qualidade de vida durante o processo de envelhecimento. Observou-se que o grupo foi configurado como um espaço onde o idoso poderia exercitar sua iniciativa, sua capacidade de escolher e tomar decisões, sendo autor da própria história. Ao longo do processo houve fortalecimento dos vínculos entre os integrantes; aumento da disponibilidade para ouvir o outro; incremento na qualidade da interação grupal, refletida também para outras relações do cotidiano; resgate de parcelas da história de vida, levando a uma elevação na auto-valorização e auto-estima; incorporação no cotidiano de algumas atividades desenvolvidas no processo grupal; melhora quanto à percepção de si dentro do grupo; ampliação da reflexão sobre os próprios questionamentos e atuação no mundo; melhora no autocuidado; maior expressão de sensações, sentimentos e desejos. Portanto, foi possível perceber, com esta experiência, a importância de serem desenvolvidos trabalhos interdisciplinares, no caso, realizados numa interface das áreas de musicoterapia e terapia ocupacional."

 

TOPO

 

Musicoterapia

Artigo

Levi Leonido, da UTAD

HTMLHTML

(...) "Tudo poderá ser música e tudo poderá ser musicoterapia. Pois um aluno pode ter necessidade de ser submetido a experiências musicoterapêuticas, para desenvolver capacidades e fazer desabrochar outros talentos de apreciação do mundo ainda ocultos e, ao mesmo tempo, a um paciente da musicoterapia pode ser administrada a prática instrumental ou o canto de forma a recuperar caducidades adormecidas." (...)

TOPO

 

Musicoterapia, conhecimento, equilíbrio, saúde mental e bem-estar

Monografia

Delci Alves de Souza

PDFPDF

Resumo

"Este trabalho resultou da proposta de monografia da Universidade Cruzeiro do sul – UNICSUL – em um primeiro momento questionou-se o porquê a mùsica interage de maneira tão mágica na vida das pessoas e quais os efeitos que isso traz para o corpo humano? Elaborou-se uma pesquisa de observação para comprovar a questão e eis um trabalho que perpassa a sensibilidade da observação e da prática comprovada em hospitais, salas de terapias e da real interação entre a música e na melhora da sanidade, do equilíbrio mental provocado nas pessoas que passaram pelos cuidados e tratamentos musicoterápicos. Dessa forma esse trabalho é o fio do novelo que visa a construção de uma corrente de pessoas que acreditam nos benefícios da musicoterapia na vida de quem deseja manter-se ativo no conhecimento, desenvolver um equilíbrio mental e ainda viver com bem-estar."

TOPO

 

Musicoterapia e síndrome de Down

Artigo

Maria Inês Couto Augusto

PDFPDF

Resumo

"Esta monografia tem por objetivo um aprofundamento teórico sobre a estimulação de pessoas portadoras de síndrome de Down. Descrevem-se, nela, os conceitos de estimulação e analisa-se o trabalho em musicoterapia através de entrevistas com profissionais experientes neste campo. Foram levantadas diversas possibilidades técnicas de utilização da estimulação em musicoterapia."

TOPO

 

Musicoterapia na abordagem do portador de doença de Alzheimer

Artigo

Rosemyriam Cunha

PDFPDF

Resumo

"Este trabalho tem por objetivo a exposição e reflexão a respeito de conceitos que fundamentam a prática da musicoterapia junto a idosos com provável diagnóstico da doença de Alzheimer. Discute-se também particularidades referentes ao convívio cotidiano com dessas pessoas no decorrer da evolução do quadro demencial. Busca-se, por meio da articulação desses assuntos, oferecer ao leitor conteúdos que possibilitem a compreensão do trabalho musicoterapêutico na abordagem da pessoa que se encontra em processo de perda da memória e da capacidade de interação social. Finalizando estão relacionados dados de uma pesquisa realizada junto a idosos cujos sinais clínicos apontavam para um provável diagnóstico de demência e que vivenciaram um processo de Musicoterapia."

TOPO

 

Musicoterapia na Educação Musical Especial

Musicoterapia na Educação Musical Especial de Portadores de Atraso do Desenvolvimento Leve e Moderado na Rede Regular de Ensino

Dissertação de mestrado

Cybelle Maria Veiga Loureiro

PDFPDF

Resumo

"A história da inclusão da criança com necessidades especiais nos vários segmentos da educação data da segunda metade do século XVIII. Inicialmente foi revista a inadequação dos termos usados para definir o distúrbio do desenvolvimento destas crianças, antes da adoção atual de atraso do desenvolvimento em todo o mundo. Em seguida procuramos identificar as diferentes concepções educacionais atribuídas ao portador de atraso do desenvolvimento. Foram abordadas teorias sobre o desenvolvimento humano predominantes desde o século XVIII até o início do século XX, entre elas, preformacionismo, predeterminismo, ambientalismo e interacionismo." (...)

TOPO

 

Musicoterapia para bebés e crianças

Artigo

Silvi Gallostra

HTMLHTML

(...) "A musicoterapia é uma disciplina de caráter natural, complementária e não farmacológica cuja ferramenta de trabalho é a música e os seus componentes, utilizando-a como sons, estruturas rítmicas ou partes musicais. Usa-se cada vez mais para conseguir de uma forma natural resultados terapêuticos tanto a nivel psicomotor, como a nivel psicológico, energético ou orgânico.

TOPO

 

Musicoterapia para crianças e famílias saudáveis

Artigo

Jamie Blumenthal

Tradução deEtelvina Pereira

HTMLHTML

(...) "As pessoas sabem o que é a música e o que é terapia mas a combinação das duas palavras "musico" - "terapia", parece desafiar, confundir, fascinar e motivá-las a colocar essa questão".

TOPO

 

O fazer musical na empresa em diálogo com a musicoterapia

por Marcelo Silveira Petraglia, Gregório José Pereira de Queiroz (revista ERAS)

Resumo

O presente artigo trata da relação entre um processo de desenvolvimento humano e profissional, realizado por meio de atividades musicais, com um processo musicoterapêutico. (...)

HTMLHTML

TOPO

 

Qualidade de vida do musicoterapeuta em formação

Artigo

Ana Paula Chizzolini Cervellini, Cinira Mezzadri

PDFPDF

Resumo

"O presente trabalho é uma pesquisa a respeito da qualidade de vida dos musicoterapeutas em formação tendo como base o curso de Musicoterapia na Faculdade de Artes do Paraná. Através de pesquisa bibliográfica conceitua-se os fatores necessários à qualidade de vida do musicoterapeuta em formação, tanto no aspecto geral de ser humano quanto no específico da profissão, para então verificar na pesquisa de campo o reconhecimento e prática destes fatores por parte da população estudada. Os resultados mostraram algumas contradições e mantiveram um nível mediano de reconhecimento e prática dos fatores, indicando que os musicoterapeutas em formação na Faculdade de Artes do Paraná reconhecem e praticam em partes os fatores necessários a uma qualidade de vida saudável. Considerando que estes futuros profissionais têm como objeto de trabalho a melhoria da qualidade de vida de seus clientes, preocupar-se com a sua própria qualidade de vida resulta na realização de um trabalho mais coeso, ético e de qualidade."

TOPO

 

Ressonâncias musicais de uma relação estética na musicoterapia

Artigo

Patrícia Wazlawick

PDFPDF

Resumo

"Este trabalho relata a realização da "Oficina de Canções e Sensibilização", realizada com educadoras de uma instituição de educação infantil na cidade de Curitiba, em 2005. É uma proposta de atividade que surgiu de uma demanda presente na própria escola, sendo realizada em base a Musicoterapia na interface com a perspectiva da Psicologia Histórico-Cultural, tendo em vista as contribuições teóricas de Lev S. Vygotski. As atividades musicoterápicas configuraram-se em atividades criadoras e expressivas, onde as educadoras puderam se colocar de forma integral naquilo que fazem, ao articular imaginação, fantasia, percepção, reflexão, emoções e sentimentos, como integrantes de vivências que permitiram combinações inovadoras frente à compreensão de si, de seus alunos, de suas realidades, do contexto educacional e das possibilidades de mudança. Uma proposta de Musicoterapia atrelada ao contexto sóciohistórico e cultural de sujeitos em relação, que propicia aos participantes produzirem novos sentidos àquilo que vivem e àquilo que querem modificar."

TOPO

 

SÍTIOS INTERNACIONAIS

Rock autism

American Music Therapy Association

www.musictherapy.org

Music Therapy is an established healthcare profession that uses music to address physical, emotional, cognitive, and social needs of individuals of all ages.  Music therapy improves the quality of life for persons who are well and meets the needs of children and adults with disabilities or illnesses. (...) The mission of the American Music Therapy Association is to advance public awareness of the benefits of music therapy and increase access to quality music therapy services in a rapidly changing world.

TOPO

 

Australian Music Therapy Association

www.austmta.org.au

The Australian Music Therapy Association (hereafter AMTA) was established at the 1st music therapy conference in Australia, held in Glebe, Sydney in 1975.  The conference was organised by Ruth Bright, and she had drafted a Constitution for AMTA, which was provisionally approved on Saturday August 2nd 1975.  It came into effect at the 2nd music therapy conference one year later.

Prior to the establishment of AMTA a number of significant events had laid the path for the development of music therapy in Australia. These events can be divided into two periods – 1903-1950, and 1950-1975. During this time many pioneers initiated music therapy in different parts of Australia, and in the early 1970s plans were underway to establish a professional organization, and Australian music therapy training.

TOPO

 

Canada Association for Music Therapy

www.musictherapy.ca

The mission of the Canadian Association for Music Therapy is to promote excellence in music therapy practice, education, research and development; to increase access to high quality music therapy services; to further the awareness of music therapy in Canada and to serve as an organizational agency for its members.

TOPO

 

Center for Music Therapy

www.centerformusictherapy.com

Music Therapy is useful because music triggers whole brain processes and functioning which directly affect one's cognitive, emotional, and physical functions and abilities. With the newest understandings of Neuroplasticity models music therapy should be a core strategy used in all rehabilitation, education and wellness programs.

From the social and cultural perspective music permeates our society and culture making it familiar and easily accessible for our clients. Thus, a professional music therapist can select and apply appropriate music for effective treatment of our clients that reflects their culture and personal identity. This makes treatment a more personal and individualized experience. This approach reflects a person's preferences which is more normalizing and effective then a traditionally more sterile or generic procedure. This also contributes to making music therapy based treatment often faster and more effective than treatment without music. Additionally, our clients report the treatment is simply more enjoyable. Healing the spirit as well as the body during treatment is old wisdom, "We're the spirit leads the body tends to follow."

TOPO

 

Soundscape Music Therapy

soundscapemusictherapy.com

Music therapy is the planned use of music experiences and the relationships that develop through them to accomplish non-musical goals, assisting people to experience life more fully.

TOPO

 

World Federation of Music Therapy

www.musictherapyworld.net

The World Federation of Music Therapy, Incorporate

WFMT is a non-profit corporation organized under the laws of the state of North Carolina, USA.

Purpose

> To act as the international umbrella organization for the profession of music therapy.


> To promote the exchange of information about global music therapy throughout the Federation’s eight regions.

> To promote international collaborations among WFMT members and other related professional groups.

> To promote and advance equivalencies in clinical practice standards in music therapy. (...)

TOPO

 

Associação Portuguesa de Musicoterapia
Associação Portuguesa de Musicoterapia

TOPO

 

World Federation of Music Therapy
World Federation of Music Therapy
TOPO