MELOTECA SÍTIO DE MÚSICAS E ARTES
Siga-nosFacebookInstagramLinkedInPinterestTwitterTumblr
> História
PRINCIPAL
Alaúde dourado
Harpa
Suggia
Voluta

EFEMÉRIDES MUSICAIS

05 de janeiro

Morreu, em Lisboa, em 2012, Pedro Osório, orquestrador, chefe de orquestra, diretor musical, compositor.

 

06 de janeiro

Nasceu, em Lisboa, em 1871, a cantora lírica Regina Pacini.

 

07 de janeiro

Morreu, em 1325, em Santarém, D. Dinis, Rei de Portugal, trovador, amante das artes e das letras.

Morreu, em 2016, a fadista portuguesa Fernanda Peres.

 

08 de janeiro

Morreu, no Porto, em 2006, Helena Sá e Costa, pianista, concertista e professora.

 

09 de janeiro

Nasceu, em Setúbal, em 1753, Luísa Todi, uma das maiores artistas líricas do seu tempo.

 

12 de janeiro

Morreu, em Lisboa, em 1980, o compositor Frederico de Freitas, compositor, chefe de orquestra, musicólogo e pedagogo.

 

15 de janeiro

Dia Mundial do Compositor

 

17 de janeiro

Morreu, em Lisboa, em 2017, João Balula Cid, pianista.

 

18 de janeiro

Nasceu, em Setúbal, em 1876, António Eduardo Ferreira, professor do Real Conservatório de Lisboa.

Nasceu, nos Açores, em 1917, Áureo Nunes e Castro, padre, compositor, músico e professor português.

 

20 de janeiro

Morreu, em 1977, Armando Leça, compositor, professor e folclorista, em Gaia.

 

Nasceu, no Montijo, em 1940, Jorge Peixinho, compositor, pianista e maestro com lugar de destaque na música portuguesa.

 

21 de janeiro

Nasceu, no Porto, em 1895, Cláudio Carneyro, compositor.

Morreu, em Macau, Áureo Nunes e Castro, padre, compositor, músico e professor português.

 

27 de janeiro

Nasceu, em Barcelinhos, em 1843, Miguel Ângelo Pereira, pianista e compositor.

 

01 de fevereiro

Morreu, no Porto, em 1901, Miguel Ângelo Pereira, pianista e compositor.

 

04 de fevereiro

Morreu, em Oeiras, em 1992, Constança Capdeville, compositora, pedagoga e percussionista.

 

06 de fevereiro

Nasceu no Porto, em 1843, Artur Napoleão,  pianista, compositor, editor de partituras musicais, professor e comerciante luso-brasileiro.

Depois de uma brilhante carreira internacional, no Cinema Tivoli, Lisboa. em 1949, o tenor Lomelino Silva despediu-se dos palcos,

 

12 de fevereiro

Morreu, em Lisboa, em 1950, o compositor e pedagogo açoriano Tomás Borba.

 

13 de fevereiro

Nasceu em 1863, em Ponta Delgada, Maurício Bensaúde, cantor lírico português que atingiu renome internacional.

Morreu, em Lisboa, em 1996, Maria Alice, fadista muito popular na década de 30 do século XX.

 

14 de fevereiro

Nasceu em Guimarães, em 1853, Bernardo Valentim Moreira de Sá.

Morreu, em 2016, Vera Varela Cid, uma das fundadoras da Companhia Nacional de Bailado (CNB)

 

15 de fevereiro

Morreu, em Algés, em 1903, José Rodrigues d'Oliveira, concertista de cornetim e ocarina.

Nasceu, em Alvites, Mirandela, em 1962, Eurico Carrapatoso, compositor e pedagogo.

 

16 de fevereiro

Nasceu em Estremoz, em 1901, Tomás Alcaide, grande tenor lírico de carreira internacional.

Nasceu, em Coimbra, em 1925, Carlos Paredes, compositor e guitarrista português.

 

17 de fevereiro

Morreu, no Rio de Janeiro, Brasil, em 1830, o compositor Marcos Portugal.

Nasceu, no Lavradio, Barreiro, Natércia Couto, a primeira maestrina portuguesa

 

20 de fevereiro

Morreu, em 2016, o violinista Vasco Barbosa, um dos mais importantes violinistas portugueses do século XX.

 

21 de fevereiro

Nasceu, em Goa, em 1911, a pianista Nina Marques Pereira, que realizou concertos em Paris, Londres, África, sempre muito aclamada pela crítica.

 

23 de fevereiro

Morreu, em Setúbal, em 1987, José Afonso, também conhecido por Zeca Afonso, cantor e compositor português de intervenção, autor de "Grândola, Vila Morena".

 

25 de fevereiro

Faleceu, no Porto, em 1972, Ernestina da Silva Monteiro, fundadora, com as suas irmãs, do Curso de Música Silva Monteiro.

 

26 de fevereiro

Morreu em 2018 José Luís Ferreira, compositor doutorado em Informática Musical, pela UCP Porto, licenciado em Composição pela ESML.

 

03 de março

Nasceu, em Alcácer do Sal, em 1889, Ruy Coelho, compositor e dinamizador da ópera.

Morreu, no Porto, em 1900, o violinista e compositor Nicolau Ribas.

 

05 de março

Nasceu, em Celorico da Beira, em 1912, Silva Pereira, violinista, violetista e chefe de orquestra nascido.

 

06 de março

Morreu, em Leça da Palmeira, em 1958, Óscar da Silva, pianista e compositor.

 

07 de março

Nasceu, em Monção, em 1945, Amílcar Vasques-Dias, compositor e pianista.

 

10 de março

Morreu, em Évora, em 1700, Diogo Dias Melgás, compositor polifonista natural de Cuba.

Nasceu, em Madrid, em 1832, Nicolau Ribas, compositor e violinista falecido no Porto a 3 de março de 1900.

 

12 de março

Inauguração, em 2010, das novas instalações da Academia de Música de Vilar do Paraíso.

 

13 de março

Nasceu, em Lisboa, em 1931, a fadista Fernanda Peres.

 

16 de março

Nasceu, em Barcelona, em 1937, Constança Capdeville, compositora e pecussionista.

 

18 de março

Nasceu, em Lisboa, em 1851, Guilherme Ribeiro, compositor, professor de canto e piano e entusiasta da música coral.

Nasceu, em São Miguel, 1946, José Pracana, fadista, guitarrista, coleccionador e divulgador do fado.

 

22 de março

Foi cantada pela primeira vez a ópera "Irene", de Alfredo Keil, em Turim, Itália, em 1893.

 

23 de março

Morreu, em Lisboa, em 1924, Augusto Machado, compositor, maestro e diretor do Conservatório Real de Lisboa.

Nasceu, em Istambul, em 1869, Calouste Gulbenkian, mecenas e colecionador de arte.

 

24 de março

Nasceu, em Lisboa, em 1762, Marcos António da Fonseca Portugal, conhecido por Marcos Portugal, compositor.

Nasceu, em Lisboa, em 1863, Júlio Neuparth, professor de Harmonia no Conservatório Real de Lisboa e crítico musical do Diário de Notícias.

Morreu, em 2016, Maria José Morais pianista que desenvolveu uma prestigiada carreira internacional pela Europa.

 

28 de março

Morreu, em Coimbra, em 1986, Manuel Joaquim, importante musicólogo português.

 

29 de março

Morreu, em 1990, aos 61 anos, Alain Oulman, nome profundamente ligado às principais músicas do fado cantado por Amália Rodrigues.

Nasceu em Lisboa, em 1949, Carlos Azevedo, compositor e pianista.

 

30 de março

Morreu, em 2016, Magdalena van Zeller, uma das mais eminentes cravistas portuguesas, realizadora e produtora da RDP/Antena 2.

 

02 de abril

Morreu, no Porto, em 1924, Bernardo Valentim Moreira de Sá.

 

03 de abril

Morreu, em 2016, o professor de guitarra José Gonçalves Diniz, concertista a solo e com diversos agrupamentos de câmara.

 

08 de abril

Nasceu, em Liège, em 1906, Berta Alves de Sousa, compositora e pedagoga, de família oriunda do Porto, cidade para onde veio muito nova.

 

10 de abril

Nasceu, em Braga, em 1917, Frei Manuel Valença, padre franciscano, musicólogo, organista e compositor.

 

11 de abril

Nasceu em Cuba, Portugal, em 1638, Diogo Dias Melgás, compositor polifonista.

Nasceu, em Lisboa, em 1910, o compositor Jorge Croner de Vasconcelos, filho de violinista e neto de cantora de ópera.

 

14 de abril

Primeiro dos dias de inauguração da Casa da Música, no Porto, a 14 de abril de 2005.

 

16 de abril

Dia Mundial da Voz

 

19 de abril

Foram tocados, no Real Theatro de São Carlos, em 1903, trechos da ópera Amrah, de Frederico Guimarães.

 

20 de abril

Foi inaugurado, em 2016, o órgão Mascioni da Sé de Vila Real, com concerto inaugural por Giampaolo Di Rosa.

 

21 de abril

Nasceu, no Porto, em 1870, o pianista e compositor português Óscar da Silva.

 

22 de abril

Nasceu, em Lisboa, em 1828, Guilherme Cossoul, compositor e instrumentista, filho do violinista João Luís Olivier Cossoul e da pianista Virgínia Tomassu.

Nasceu, em São Tomé, em 1868, José Vianna da Motta, pianista e compositor português.

Nasceu, em Lisboa, em 1885, Raul Pereira, violinista e compositor português.

 

22 de abril

Nasceu, no Funchal, em 1862, Francisco Bahia, pianista madeirense, professor do Real Conservatório de Lisboa.

 

24 de abril

Morreu, no Porto, em 1979, Luís de Sousa Rodrigues, padre, compositor, maestro, pedagogo e musicólogo.

 

27 de abril

Nasceu, na Soalheira, Fundão, em 1930, Arlindo de Carvalho, autor de canções para Luís Piçarra, Amália Rodrigues, entre outros.

 

29 de abril

Foi cantada no Real Theatro de São Carlos a ópera Beatriz, de Frederico Guimarães.

 

29 de abril

Morreu, em 2016, em Lisboa, Carlos de Pontes Leça, programador musical e musicólogo potuguês nascido em Coimbra.

Dia Mundial da Dança.

 

30 de abril

Nasceu, em 1956, no Porto, Jorge Chaminé, barítono com lugar de destaque na cena lírica e humanitária internacional.

Dia Internacional do Jazz.

 

04 de maio

Nasceu, no Porto, em 1917, Leonor de Sousa Prado, violinista e pedagoga, uma das maiores violinistas e pedagogas portuguesas.

 

05 de maio

Morreu, em Lisboa, em 1986, Ruy Coelho, compositor, maestro e dinamizador da ópera em Portugal.

 

07 de maio

Nasceu, em Turim, em 1914, a pianista italo-portuguesa Nella Maissa, que desenvolveu uma longa carreira dedicada à atividade de concertista.

Nasceu, em Lisboa, em 1928, Vicente da Câmara, poeta e fadista.

 

10 de maio

Morreu, na Praia do Albano, Alcabideche, Cascais, em 2012, Bernardo Sassetti, compositor e pianista português.

 

11 de maio

Nasceu, na Ilha de São Jorge, Açores, em 1869, Francisco de Lacerda, maestro e compositor.

Nasceu em Queluz, em 1930, Clotilde Rosa, compositora, pedagoga, pianista e harpista.

 

12 de maio

Morreu, no Rio de Janeiro, Brasil, em 1925, Artur Napoleão, pianista, compositor, editor e professor nascido no Porto.

Morreu, em Lisboa, em 1992, Carl Macario Santiago Kastner, instrumentista, professor, crítico musical, investigador em Música Antiga.

 

13 de maio

Morreu, em 1966, Mário de Sampayo Ribeiro, importante musicólogo, pedagogo, crítico de música, regente coral e compositor português.

 

14 de maio

Nasceu, em Lisboa, em 1707, António Teixeira, compositor de música sacra, cantatas e óperas.

Nasceu, em Lisboa, em 1924, Joly Braga Santos, compositor de música erudita e maestro português.

 

18 de maio

Nasceu, em Lisboa, em 1935, Manuel Ivo Cruz, maestro, diretor do Teatro Nacional de São Carlos.

 

19 de maio

Nasceu, em Corumbá, Brasil, em 1901, Manuel Ivo Cruz, compositor, músico e professor de música que se destacou como fundador da Orquestra Filarmónica de Lisboa.

No Porto, em 2000, foi inaugurado o Teatro Helena Sá e Costa, propriedade do Instituto Politécnico do Porto (IPP).

 

21 de maio

Nasceu, em Lisboa, em 1940, António Victorino d'Almeida, compositor, maestro, escritor e pianista.

Nasceu, no Porto, em 1956, João-Heitor Rigaud, compositor e pedagogo.

 

26 de maio

Nasceu, no Porto, em 1913, Helena Sá e Costa, pianista, concertista e professora.

Nasceu, em Lisboa, em 1926, Maria de Lourdes Martins, compositora e pianista portuguesa.

 

28 de maio

Morreu, em 2016, o poeta e fadista português Vicente da Câmara.

 

01 de junho

Morreu, em Lisboa, em 1948, José Vianna da Motta, pianista e compositor português.

 

05 de junho

Nasceu, em Lisboa, em 1850, o compositor e professor do Conservatório Real de Lisboa Thomaz del Negro.

 

08 de junho

Morre, na Maia, em 1989, Eurico Tomás de Lima, pianista, pedagogo e compositor português.

 

11 de junho

Nasceu, em Coimbra, em 1704, Carlos Seixas, compositor, organista e pedagogo.

Nasceu, em Lisboa, em 1854, Cunha e Silva, violoncelista, professor do Real Conservatório de Lisboa, músico de Real Câmara e da Sé Patriarcal.

Morreu, em Lisboa, em 1999, Natércia Couto, diretora de várias orquestras em Portugal e no estrangeiro.

 

13 de junho

Morreu, em Lisboa, em 1993, Hermínia Silva, fadista e actriz de revista e cinema.

 

15 de junho

Nasceu, no Dafundo, em 1928, Alain Oluman, compositor de alguns dos maiores sucessos de Amália.

 

17 de junho

Nasceu, em Pocariça, Cantanhede, em 1897, António Fragoso, compositor, musicólogo e pianista.

 

20 de junho

Inauguração, em 2015, das instalações da Academia de Música de Almada.

 

21 de junho

Dia Europeu da Música

 

24 de junho

Nasceu, em Cascais, em 1970, Bernardo Sassetti, compositor e pianista português.

 

27 de junho

Nasceu no Porto, em 1885, Guilhermina Suggia, grande violoncelista.

Morreu, em Lisboa, em 1990, Francine Benoit, professora e pianista nascida em França.

Morreu, em Lisboa, em 2015, a compositora, pianista e diretora de orquestra Elvira de Freitas, filha de Frederico de Freitas.

 

30 de junho

É inaugurado pela Rainha D. Maria I o Teatro Nacional de São Carlos, a 30 de junho de 1793.

Morreu, em Lisboa, em 1995, Jorge Peixinho, compositor, pedagogo e maestro.

 

01 de julho

Nasceu, em Lisboa, em 1855, Filipe Duarte, compositor e primeiro regente da orquestra da Real Academia de Amadores de Música.

 

03 de julho

Nasceu, em Lisboa, em 1850, Alfredo Keil, compositor, autor da música do hino nacional de Portugal.

 

05 de julho

Morreu, em 1983, no Porto, Manuel Faria, compositor, pedagogo, maestro, articulista e conferencista.

 

06 de julho

Nasceu em Rande, Felgueiras, Luís de Sousa Rodrigues, padre, compositor, maestro, pedagogo e musicólogo.

 

07 de julho

Foi inaugurado, em 1995, o grande órgão da igreja da Lapa, Porto.

 

09 de julho

Nasceu na Madeira, em 1937, o barítono lírico José de Freitas, cantor da Companhia Portuguesa de Ópera.

Morreu, em Lisboa, em 2011, Jorge Lima Barreto, músico, musicólogo, compositor, conferencista, improvisador, professor.

 

17 de julho

Nasceu, no Porto, em 1939, Pedro Osório, orquestrador, chefe de orquestra, diretor musical, compositor.

 

18 de julho

Morreu, em 1934, Francisco de Lacerda, maestro e compositor.

Morreu, em Lisboa, em 198, Joly Braga Santos, compositor de música erudita e maestro português.

 

23 de julho

Nasceu, em Lisboa, em 1920, Amália Rodrigues, por muitos considerada a maior voz portuguesa, por interpretar de um modo único e invulgar o fado.

Nasceu, em Lisboa, em 1944, pianista de carreira internacional.Maria João Pires

Morreu, em Lisboa, em 2004, Carlos Paredes, compositor e um dos grandes guitarristas portugueses.

Morreu, em Lisboa, em 2009, Joaquim Luís Gomes, maestro e orquestrador, nascido em Santarém.

 

27 de julho

Morreu no Porto, em 1950, Guilhermina Suggia, grande violoncelista.

Morreu, em 2016, Frei Manuel Valença, padre franciscano, musicólogo, organista e compositor.

 

30 de julho

Nasceu, em França, em 1894, Francine Benoit, professora e pianista naturalizada portuguesa.

 

01 de agosto

Morreu, no Porto, em 1997, Berta Alves de Sousa, compositora e professora do Conservatório de Música do Porto.

 

02 de agosto

Nasceu, em Aveiro, em 1929, José Afonso, também conhecido por Zeca Afonso, cantor e compositor português de intervenção, autor de "Grândola, Vila Morena".

 

04 de agosto

Morreu, em 2005, a pianista portuguesa Florinda Santos, que tocou pelo mundo com as melhores orquestras e maestros.

 

08 de agosto

Morreu, em 1992, o compositor e pedagogo César de Morais.

 

10 de agosto

É inaugurado, em 1993, o Centro Cultural de Belém, Lisboa.

 

15 de agosto

Morreu, em Lisboa, em 2011, José Fontes Rocha, guitarrista, Prémio Amália Rodrigues Melhor Compositor de Fado em 2005.

 

16 de agosto

Nasceu, em Lagos, em 1849, Frederico Guimarães, compositor e professor do Real Conservatório de Lisboa.

 

18 de agosto

Morreu, em Lisboa, em 1842, João Domingos Bomtempo, compositor e pianista, filho de Francisco Saverio Buontempo, um dos músicos italianos que vieram a Portugal para o serviço do rei D. José.

 

21 de agosto

Nasceu, em Lisboa, em 1862, o compositor e diretor de orquestra Luiz Filgueiras.

 

25 de agosto

Morreu, em Lisboa, em 1742, Carlos Seixas, compositor, organista e pedagogo.

 

29 de agosto

Nasceu, em 1907, a pianista portuguesa Florinda Santos, que tocou pelo mundo com as melhores orquestras e maestros.

 

31 de agosto

Morreu, em 2009, Maria de Lourdes Martins, compositora e pianista portuguesa.

Nasceu em Lisboa, em 1941, Emmanuel Nunes, compositor português radicado em Paris, Prémio Pessoa em 2000.

 

01 de setembro

Nasceu, na Figueira da Foz, em 1904, Maria Alice, fadista muito popular na década de 30 do século XX.

 

02 de setembro

Morreu, em Paris, em 2012, Emmanuel Nunes, compositor português radicado em Paris, Prémio Pessoa em 2000.

 

08 de setembro

Morreu, em Lisboa, em 1985, Manuel Ivo Cruz, compositor, músico e professor de música que se destacou como fundador da Orquestra Filarmónica de Lisboa.

 

14 de setembro

Morreu, em 2016, o violetista José Luís Duarte, considerado uma referência da viola d'arco e do universo musical em Portugal.

Inauguração, em 2012, da Academia de Música de Valença.

 

17 de setembro

Morreu, em Évora, em 1596, Cosme Delgado, compositor português do Renascimento.

 

18 de setembro

Morreu, em 1965, em Buenos Aires, a cantora lírica Regina Pacini nascida em Lisboa.

 

20 de setembro

Nasceu, no Porto, em 1926, José Fontes Rocha, guitarrista que acompanhou muitos fadistas portugueses, com destaque para Amália.

 

22 de setembro

Morreu, em Lisboa, em 1992, Júlia d'Almendra, a grande impulsionadora do canto gregoriano em Portugal.

 

24 de setembro

Morreu, em Évora, em 1605, Manuel Mendes, compositor e pedagogo do Renascimento, figura importante da polifonia portuguesa.

Morreu, em 1646, Duarte Lobo, compositor português do Renascimento tardio e Barroco inicial.

 

30 de setembro

Nasceu, na ilha de São Miguel, Açores, José Rodrigues d'Oliveira, concertista de cornetim e ocarina.

Foi inaugurado, em 2009, o órgão Mathis da igreja do mosteiro dos Jerónimos, Lisboa.

 

01 de outubro

Morreu, em Lisboa, em 1833, Luísa Todi, uma das maiores artistas líricas do seu tempo.

Dia Mundial da Música

 

03 de outubro

Nasceu, em Samões, Vila Flor, em 1904, Júlia d'Almendra, a grande impulsionadora do canto gregoriano em Portugal.

Morreu, em 1918, David de Souza, compositor, diretor de orquestra e violoncelista.

 

04 de outubro

Morreu, em 1907, em Hamburgo, Alfredo Keil, compositor, autor de óperas e da música do Hino Nacional.

 

06 de outubro

Morreu, em Lisboa, em 1999, Amália Rodrigues, por muitos considerada a maior voz portuguesa, por interpretar de um modo único e invulgar o fado.

 

09 de outubro

Nasceu, em Lisboa, em 1261, D. Dinis, Rei de Portugal, trovador, amante das artes e das letras.

 

12 de outubro

Nasceu, em Lisboa, em 1890, o compositor Luís de Freitas Branco, uma das figuras mais importantes da música portuguesa do século XX.

Morreu em Carnaxide, em 2012, Carlos Azevedo, compositor e pianista.

 

13 de outubro

Morreu, em 1918, António Fragoso, António Fragoso, compositor, musicólogo e pianista.

 

15 de outubro

Nasceu, em Londres, em 1908, Carl Macario Santiago Kastner, instrumentista, professor, crístico musical, investigador em Música Antiga.

 

16 de outubro

Nasceu em Sampetersburgo, em 1857, Victor Hussla violinista que faleceu em Lisboa em 14 de novembro de 1899.

 

19 de outubro

É inaugurado, em 1985 o grande órgão Jann da Sé do Porto.

 

21 de outubro

Nasceu, em Tinhela de Monforte, em 1894, Manuel Joaquim, um importante musicólogo português.

Morreu, em 2004, Fernando Corrêa de Oliveira, compositor, pianista, pedagogo e teórico musical português.

 

23 de outubro

Nasceu, em Lisboa, em 1907, Hermínia Silva, fadista e actriz de revista e cinema.

 

25 de outubro

Morreu, em 2016, Sara Rosa, cantora de ópera que se estreou no Teatro de São Carlos em 1960.

 

02 de novembro

Nasceu, no Porto, em 1921, Fernando Corrêa de Oliveira, compositor, pianista, pedagogo e teórico musical português.

 

04 de novembro

Nasceu, em Lisboa, em 1919, Lucília do Carmo, uma das figuras importantes do Fado de Lisboa.

 

09 de novembro

Morreu, em Lisboa, em 1967, Tomás Alcaide, grande tenor lírico de carreira internacional.

 

10 de novembro

Morreu, em Salzburgo, em 2008, a cantora lírica portuguesa Ana Lagoa.

 

11 de novembro

Morreu, em Lisboa, em 1967, o tenor madeirense de carreira internacional Lomelino Silva.

 

14 de novembro

Morreu em Lisboa, em 1899, Victor Hussla, violinista nascido em Sampetersburgo.

 

15 de novembro

Nasceu, em Lisboa, em 1902, o compositor Frederico de Freitas, compositor, chefe de orquestra, musicólogo e pedagogo.

 

16 de novembro

Morreu, em 1665, João Lourenço Rebelo, cantor e compositor da corte de D. João IV.

Nasceu, em São Miguel de Ceide, Famalicão, Manuel Faria, compositor, pedagogo, maestro, articulista e conferencista.

 

17 de novembro

Nasceu, no Porto, em 1938, Álvaro Cassuto, diretor de orquestra e compositor.

 

19 de novembro

Morreu, em Lisboa, em 1998, Lucília do Carmo, uma das figuras importantes do Fado de Lisboa.

 

20 de novembro

Nasceu, no Porto, em 1915, Madalena Sá e Costa, conceituada violoncelista.

 

23 de novembro

Nasceu, em Angra do Heroísmo, em 1867, o compositor e pedagogo Tomás Borba.

 

24 de novembro

Inauguração EM 2012 do espaço requalificado da Academia de Música de Celorico de Basto.

Morreu em Lisboa Clotilde Rosa, compositora e pedagoga portuguesa.

 

26 de novembro

Morreu, em Lisboa, em 1880, Guilherme Cossoul, compositor e instrumentista, filho do violinista João Luís Olivier Cossoul e da pianista Virgínia Tomassu.

Morreu, em Lisboa, em 2014, a pianista italo-portuguesa Nella Maissa, que desenvolveu uma longa carreira dedicada à atividade de concertista.

Morreu, em 2016, em Lisboa, o maestro e compositor Arlindo de Carvalho, autor de canções para Luís Piçarra, Amália Rodrigues, entre outros.

 

27 de novembro

Morreu, em Lisboa, em 1955, o compositor português Luís de Freitas Branco.

Morreu, na Parede, Cascais, em 1994, Fernando Lopes-Graça, um dos maiores compositores portugueses do século XX.

Morreu, em Lisboa, em 1709, António Marques Lésbio, compositor barroco, conhecido, sobretudo, pelos seus vilancicos.

 

30 de novembro

Morreu, em Lisboa, em 2015, Vítor Roque Amaro, que foi diretor dos coros Vértice, Dom Luís I, Educ(ant)are, Corellis e Concertus Antiquus.

 

04 de dezembro

Nasceu, em Lisboa, em 1898, Mário de Sampayo Ribeiro, importante musicólogo, pedagogo, crítico de música, regente coral e compositor português.

 

09 dezembro

Nasceu, na Quinta da Lavandeira, Gaia, em 1890, Ernestina da Silva Monteiro, fundadora, com as suas irmãs, do Curso de Música Silva Monteiro.

Morreu, em Lisboa, em 1974, o compositor Jorge Croner de Vasconcelos, filho de violinista e neto de cantora de ópera.

 

12 de dezembro

Morreu, em Talavera la Real, em 1603 ou 1605, Alexandre de Aguiar, poeta, músico, compositor e cantor, natural do Porto.

Morreu, em Coimbra, em 1618, D. Pedro de Cristo, compositor, um dos mais importantespolifonistas portugueses dos séculos XVI-XVII.

 

17 de dezembro

Nasceu, em Tomar, em 1906, Fernando Lopes-Graça, um dos maiores compositores portugueses do século XX.

Nasceu, em Ponta Delgada, Açores, em 1908, Eurico Tomás de Lima, pianista, pedagogo e compositor português.

Nasceu, em Évora, em 1917, José Augusto Alegria,  importante musicólogo português.

 

21 de dezembro

Morreu, em Coimbra, em 1552, Heliodoro de Paiva, compositor, filósofo e teólogo.

 

22 de dezembro

Morreu em 1912, em Lisboa, Maurício Bensaúde, cantor lírico português que atingiu renome internacional.

 

25 de dezembro

Morreu, no Porto, em 2010, Manuel Ivo Cruz, maestro, diretor do Teatro Nacional de São Carlos.

 

26 de dezembro

Nasceu, no Funchal, em 1892, o tenor de carreira internacional Lomelino Silva.

Nasceu, em Vinhais, em 1949, Jorge Lima Barreto, músico, musicólogo, compositor, conferencista, improvisador, professor.

Morreu, em 2016, José Pracana, fadista, guitarrista, coleccionador e divulgador do fado, natural dos Açores.

 

27 de dezembro

Nasceu, em Lisboa, em 1845, Augusto Machado, compositor e diretor do Real Conservatório de Lisboa.

Morreu, em Lisboa, em 2007, Leonor de Sousa Prado, violinista e pedagoga, uma das maiores violinistas e pedagogas portuguesas.

 

28 de dezembro

Nasceu, em Lisboa, em 1775, João Domingos Bomtempo, compositor e pianista, filho de Francisco Saverio Buontempo, um dos músicos italianos que vieram a Portugal para o serviço do rei D. José.

José Vianna da Motta
TOPO