MELOTECA SÍTIO DE MÚSICAS E ARTES
Siga-nosFacebookInstagramLinkedInPinterestTwitterTumblr
> História
PRINCIPAL
Alaúde dourado
Harpa
Suggia
Voluta

HISTÓRIA DA MÚSICA

ARTIGOS

A propósito da sonata BWV 1039 de Bach

João-Heitor Rigaud

PDFPDF

A sonata em sol maior, BWV 1039, para duas flautas e baixo contínuo, de João Sebastião Bach, foi composta cerca de 1720 (...)

TOPO

 

Bernardo Valentim Moreira de Sá e o Conservatório do Porto

Henrique Luís Gomes de Araújo

PDFPDF

Na comemoração dos noventa anos da fundação do Conservatório de Música do Porto, convém reler alguns textos (...)

TOPO

 

Carlos Seixas

HTMLHTML

Nascido em Coimbra em 1704 [11 de Junho], José António Carlos de Seixas era filho do organista da Sé desta cidade Francisco Vaz, a quem sucedeu nesse lugar em 1718.

TOPO

 

Congregação da Missão: Música em Rilhafoles

HTMLHTML

Merecem destaque as diversas actuações da Orquestra da Patriarcal na Igreja da Casa-Mãe da Congregação da Missão, de Rilhafoles, certamente devido ao apoio do monarca à instituição.

TOPO

 

Cronologia da História da Música em Portugal

HTMLHTML

Datas mais relevantes da Música em Portugal, desde o século XIV ao século XXI.

TOPO

 

Cronologia da Escola de Música do Conservatório Nacional

HTMLHTML

Maria José Valentim

 

TOPO

 

Cronologia de Olga Prats - um piano singular

HTMLHTML

Excerto de Olga Prats - um piano singular. Conversas com Sérgio Azevedo. Lisboa: Bizâncio 2007, 1ª ed.

TOPO

 

Do Romantismo Portuense

João-Heitor Rigaud

PDFPDF

O texto que aqui se apresenta resultou de uma série de conferências, profusamente ilustradas com música e (...)

TOPO

 

Do "tempo longo" ao "tempo acelerado": A Sociedade Musical de Guimarães na Guimarães Capital da Cultura 2012

Henrique Luís Gomes de Araújo

HTMLHTML

Gomes de Araujo, H.L. (2014). "Do tempo longo ao tempo acelerado. A Sociedade Musical de Guimarães na Guimarães Capital da Cultura 2012", In Vieira, H. et al Pensar a Música II, Guimarães: Sociedade Musical de Guimarães, 105-121.

(...) pode uma capital europeia da cultura, como a CEC-2012, integrar adequadamente no tempo, o passado longo da acção das suas instituições, o presente da animação da economia da sua cidade e a projecção de tudo isto no futuro incerto dos seus cidadãos, no curto e acelerado horizonte temporal da sua programação? (...)

TOPO

 

Dois violinistas insignes

Artur de Magalhães Basto

PDFPDFHTMLHTML

(...) dois insignes violinistas que hoje aqui vou recordar: Nicolau Medina Ribas e Bernardo Valentim Moreira de Sá. (...)

 

TOPO

 

Guilhermina Suggia - o violoncelo

Exposição C. M. Porto 2006

PDFPDFHTMLHTML

(...) Nascida perto do rio Douro, na Rua Ferreira Borges, a 27 de Junho de 1885, criada junto ao mar, em Matosinhos/Leça (...)

TOPO

 

João Arroyo (1861-1930): português, portuense, músico

João-Heitor Rigaud

PDFPDFHTMLHTML

Foi com os Esboços, op.1, que João Marcelino Arroyo deu início ao catálogo da sua obra musical. Nestas cinco peças (...)

 

TOPO

 

João Marcelino Arroyo (1861-1930): o homem e a obra

João-Heitor Rigaud

PDFPDF

(...) O conselheiro João Marcelino Arroyo foi um portuense dotado de grande riqueza intelectual, (...)

 

TOPO

 

João Marcelino Arroyo: o homem e o "Amor de Perdição"

João-Heitor Rigaud

PDFPDF

(...) João Marcelino, quando menino, dizia que o seu sonho era ir para a Alemanha estudar música, se o Pai deixasse, (...)

TOPO

 

Luiz Costa: um Mestre Compositor Musical

João-Heitor Rigaud

PDFPDFHTMLHTML

A observação da música de Mestre Luiz Costa revela, à partida, uma constante e cuidada atenção aos aspectos de ordem (...)

TOPO

 

Marquesa de Cadaval - Uma vida de Cultura

HTMLHTML

No documentário estão testemunhos de tantos que a conheceram e com ela conviveram: Nella Maissa, Daniel Barenboim, Nelson Freire, Tania Achot e Olga Prats, entre outros.

TOPO

 

Memória e Identidade

João-Heitor Rigaud

PDFPDF

(...) colectividade que procura aprofundar a consciência da sua identidade através da reflexão sobre a memória da (...)

TOPO

 

Música no século XX portuense

Filipe Pires

PDFPDFHTMLHTML

(...) No início do século, o meio musical portuense encontrava-se dominado por uma figura de invulgar prestígio, que traçava (...)

 

TOPO

 

Músicos e Empresários, Fundadores do Orpheon Portuense

Henrique Luís Gomes de Araújo

PDFPDF

Gomes de Araújo, H.L. (2014). “Nota Prévia” e “Músicos e Empresários, Fundadores do Orpheon Portuense”  In  Gomes de Araújo, H.L. (coord.) A Sociedade Orpheon Portuense (1881-2008). Tradição e Inovação. Porto: Universidade Católica Editora – Porto, 36 – 49.

"O parágrafo 2 do artigo 9.º dos Estatutos do Orpheon Portuense, aprovados em Assembleia Geral de 15 de outubro de 1883, sublinha que "todos os sócios (e não só os sócios fundadores) téem direito a assistir com as suas famílias aos ensaios gerais mensaes, às conferências e prelecções e aos saraus musicaes".

TOPO

 

O compositor César Morais

Maria José Morais

PDFPDFHTMLHTML

(...) César Morais legou à Pátria um valiosíssimo espólio, um sem-número de composições musicais de vários géneros (...)

 

TOPO

 

O Compositor Nicolau Ribas

João-Heitor Rigaud

PDFPDF

As origens musicais de Nicolau Medina Ribas estão no seu avô José Mariano Ribas, músico militar catalão, que, no início do século XIX, (...)

TOPO

 

O período coral (1881-1909) da sociedade Orpheon Portuense (1881-2008)

Henrique Luís Gomes de Araújo

HTMLHTML

(...) Para o caso desta sociedade, tal mudança tornar-se-ia, na verdade,  incompreensível sem a figura humana e a direção artística de Bernardo Moreira de Sá (1853-1924) que teve a sua formação avançada com Joseph Joachim em Berlim. Mas a sua formação germânica não foi na época única, quando a comparamos, por exemplo, com a de Viana da Mota também em Berlim, com Hans von Bülow e em Weimer com Liszt ou com a de Óscar da Silva em Leipzig, com Clara Schumann. (...)

TOPO

 

O Porto musical no início do séc. XX

João-Heitor Rigaud

PDFPDFHTMLHTML

No início do século XX, a vida musical portuense apresentava-se como o desenvolvimento lógico da intensa actividade (...)

TOPO

 

Sinfolusa - A Sinfonia em Portugal

Jorge Lima Barreto

PDFPDF

A edição musicológica em Portugal é escassa e então sobre a música portuguesa é absolutamente rara - não reconhecida (...)

 

TOPO

 

Temas greco-romanos em obras musicais

Luísa de Nazaré da Silva Ferreira

HTMLHTML

O presente catálogo pretende ser uma base de trabalho para um projecto mais vasto e exaustivo, que procurará reunir o maior (...)

 

TOPO

Teodorico Pedrini, CM (1670-1746), o Músico do Imperador

André Silvestre

PDFPDFHTMLHTML

No último quartel do século XVIII, os Padres da Missão foram chamados pela Santa Sé para ocuparem os lugares (...)

TOPO

 

Um ritual de regeneração e transcendência: o canto orfeónico das primeiras décadas do século XX

Maria do Rosário Pestana

HTMLHTML

(...) experiência ritual da performance musical/audição e da sua relevância para a coesão e o dinamismo social a partir da prática coral de jovens trabalhadores em Portugal.(...)

TOPO

 

Vivência Musical no Porto da Segunda Metade Oitocentista

João-Heitor Rigaud

PDFPDF

(...) Conclui-se, portanto, que a importância social e artística da música no Porto da segunda metade do século XIX foi muito (...)

 

TOPO

Guilhermina Suggia, por Augustus John

Guilhermina Suggia por Augustus John

TOPO

TOPO