MELOTECA SÍTIO DE MÚSICAS E ARTES
Siga-nosFacebookInstagramLinkedInPinterestTwitterTumblr
> Dança
PRINCIPAL
CNB
Quorum ballet
Ballet Hispanico
CNB

 

BAILARINOS PORTUGUESES

ÂNGELA CLEMENTE

Ângela Clemente nasceu em Maputo, Moçambique, em 1960. Praticante de natação de competição e ginástica aplicada, em Moçambique, iniciou aos 17 anos, os estudos de dança na Escola do Conservatório Nacional de Lisboa. Em 1979, ingressou no Ballet Gulbenkian como estagiária. Frequentou o Centro Internacional de Dança Rosella Hightower, em Cannes e fez aulas com Yuri Chatal, em Londres. Durante a década de oitenta integrou os elencos de companhias de dança em Berna e Luzerna, na Suiça, e da Staatsoper em Munique, Alemanha. Em Setembro de 1992, regressou ao Ballet Gulbenkian onde foi 1ª Bailarina B. Trabalhou com os coreógrafos Vasco Wellenkamp, Olga Roriz, Gagik Ismailian, Benvindo Fonseca e Clara Andermatt, e dançou bailados de Jirí Kylián, Nacho Duato, Hans van Manen e William Forsythe.

TOPO

 

BERNARDO GAMA

Bernardo Gama nasceu em Luanda, Angola, no ano de 1968. Com 15 anos, ingressou na Escola de Teatro ''O Tablado'', no Rio de Janeiro, e aos 17 no Conservatório de Dança Maria Olenewa, na mesma cidade. Ao longo de seis anos, de 1987 a 1993, pertenceu ao Grupo Corpo, em Belo Horizonte. Em 1994, participou num Projecto de Verão com Philippe Saire, em Lausanne. No ano seguinte, e até 1997 integrou o elenco do Ballet Cullberg, na Suécia. Ingressou no Ballet Gulbenkian, em Agosto de 1997, onde teve a categoria de 2º bailarino. Enquanto membro da Companhia destaca o facto de ter dançado as coreografias "The Butterfly Effect", de "Itzik Galili", e "Flat Space Moving", de Rui Horta. Foi professor de dança e colabora esporadicamente na realização de workshops no Chapitô.

TOPO

 

CARLOS PRADO

Carlos Prado nasceu em Palmela, em 1962. Aos 17 anos, ingressou na Academia de Dança Contemporânea de Setúbal onde iniciou os estudos, tendo, dois anos mais tarde, entrado para o elenco da Companhia Nacional de Bailado. Foi membro do Ballet Gulbenkian a partir de Dezembro de 1990, tendo adquirido posteriormente com a categoria de 1º Bailarino B. Ensina dança na Academia de Dança Contemporânea e é conselheiro artístico da Companhia de Dança Contemporânea, ambas em Setúbal.

TOPO

 

CECÍLIA GRÁCIO MOURA

Cecília Grácio Moura fez os estudos musicais no Conservatório Nacional de Lisboa. Obteve o diploma de professor de Dança Barroca da Dolmetsch Historical Dance Society, na Inglaterra e fez o mestrado em Dança Contemporânea na Universidade de Paris - Sorbonne. Dançou nas companhias Ris et Danceries, "L'Eclat des muses", l'Éventail, e com a Academia de Dança Antiga de Lisboa. Em 1995, foi coreógrafa convidada do festival de Música de Budapeste. Em 1996, fez parte da companhia de dança do Teatro Barroco de França, sob a direcção de Marie Geneviève Massé. É professora de Dança Barroca no Conservatório de Paris VII e no Centro de Música Barroca de Versalhes. Tem dirigido numerosos estágios para bailarinos e músicos em França, Portugal, EUA, Polónia e Itália.

TOPO

 

CÉSAR AUGUSTO MONIZ

César Augusto Moniz nasceu em Lisboa, em 1963. Aos 19 anos, iniciou os estudos de dança nos Cursos de Bailado do Ballet Gulbenkian e com Rui Horta na Companhia de Dança de Lisboa. Durante um ano trabalhou no Centro Internacional de Dança Rosella Hightower, em Cannes. Bailarino do Ballet Gulbenkian desde Agosto de 1993, integrou também, e ao longo de duas temporadas, o elenco da Compañia Nacional de Danza, sob a direcção de Nacho Duato. Como membro do Ballet Gulbenkian destaca a possibilidade que teve em coreografar para a Companhia, e para os Estúdios Experimentais, bem como, ainda, a possibilidade de trabalhar com os importantes coreógrafos que frequentemente colaboram com o Ballet Gulbenkian.

TOPO

 

CLÁUDIA NÓVOA

Cláudia Póvoa nasceu em Lisboa, em 1966. Com 6 anos iniciou os estudos de dança na Academia de Bailado Pirmin Trecu. Mais tarde ingressou nos Cursos de Formação do Ballet Gulbenkian, participou em Cursos de Verão em Ilkley e Madeira, e no Curso para Coreógrafos e Compositores em Guilford, como bailarina. Em 1985 entrou para estagiária do Ballet Gulbenkian onde foi 1ª Bailarina B. Como membro da Companhia considera importante a possibilidade que teve para viajar, e interpretar bailados que lhe deram particular prazer como "Jardim Cerrado" de Nacho Duato e "Old Children" de Mats Ek. Fora do âmbito do Ballet Gulbenkian, brincar com os filhos é o mais importante e o que lhe toma quase todo o tempo. Quando consegue mais um pouco de disponibilidade e oportunidades ''brinca'' aos coreógrafos.

TOPO

 

JOÃO COSTA

João Costa nasceu em Lisboa, em 1961. Aos dezasseis anos, iniciou a sua formação em dança nos Cursos da Fundação Calouste Gulbenkian. Frequentou o curso de engenharia civil no Instituto Superior Técnico. Ingressou no Ballet Gulbenkian, como estagiário, em 1980. Após catorze temporadas como bailarino, e a convite de Jorge Salavisa, assumiu o cargo de assistente da direcção artística. Enquanto membro da Companhia destaca o privilégio de ter convivido com a geração de bailarinos com quem dançou, e o respeito e reconhecimento que tem merecido o desempenho das suas funções.

TOPO

 

PAULA PINTO

Paula Pinto nasceu em 1966, em S. Tomé. Com 11 anos iniciou os estudos de dança nos Cursos de Formação à data existentes no Ballet Gulbenkian. Durante um ano fez aulas no Centro Internacional de Dança Rosella Hightower, em Cannes. Trabalhou com Jan Fabre como bailarina convidada do Ballet de Frankfurt, e durante uma permanência em Nova Iorque teve oportunidade de trabalhar com Maggie Black, Merce Cunningham e Benjamim Harkarvy. Membro do Ballet Gulbenkian desde Outubro de 1984, foi 1ª Bailarina B. Ao longo da sua permanência na Companhia, destaca a oportunidade de trabalhar com o coreógrafo Mats Ek, com professores como Ivan Kramar e Sighilt Pahl, e criar bailados para os Estúdios Experimentais de Coreografia.

TOPO

 

PAULA FERNANDES

Paula Fernandes nasceu em Lisboa, em 1965. Com 11 anos iniciou os estudos de dança nos Cursos de Formação então existentes no Ballet Gulbenkian. Fez também aulas no Centro Internacional de Dança Rosella Hightower, em Cannes, e participou nas duas primeiras edições dos Cursos de Verão no Funchal. Em Setembro de 1981 ingressou no elenco Ballet Gulbenkian como estagiária, onde se manteve até à data tendo ascendido até à categoria de 1ª Bailarina B. Enquanto membro da Companhia destaca a interpretação do bailado "Hero" de Louis Falco, os muitos espectáculos efectuados em digressão e a possibilidade de trabalhar com professores de dança como Ivan Kramar e dançar bailados de Hans van Manen e Jirí Kylián.

TOPO

 

PEDRO MENDES

Pedro Mendes nasceu em Santarém, em 198. Aos 10 anos teve o seu primeiro contacto com a dança através da Dança de Salão, tendo sido Campeão Nacional desde 1997 até 2002, quando deixou de praticar a modalidade. É licenciado em Dança pela Faculdade de Motricidade Humana, FMH, Universidade Técnica de Lisboa. Iniciou a sua formação em Dança Clássica como aluno de Anna Mascolo em Janeiro de 2000, com quem ainda hoje faz o aperfeiçoamento técnico. Ingressou no Ballet Gulbenkian como bolseiro na temporada 2002/2003. Considera extremamente importante a possibilidade que teve de trabalhar com diferentes professores e coreógrafos no seu primeiro ano na companhia. Paralelamente à sua actividade no Ballet Gulbenkian, Pedro Mendes tem coreografado e produzido alguns trabalhos para o Grupo de Dança da FMH.

25 Setembro 2003

TOPO

 

ROMEU RUNA

Romeu Runa nasceu na Cova da Piedade, em 1978. Iniciou os estudos de dança, aos 15 anos, na Escola de Dança do Conservatório Nacional de Lisboa. Ingressou no Ballet Gulbenkian em 1997, com a categoria de estagiário, a qual mantém. Considera muito importante a possibilidade que lhe tem sido dada para trabalhar com diferentes coreógrafos.

01 Setembro 2000

TOPO

 

RUI PINTO

Rui Pinto nasceu em Luanda, em 1967. Iniciou os estudos de dança na Escola de Dança do Conservatório Nacional, aos 16 anos. Em Dezembro de 1985 ingressou no Ballet Gulbenkian como estagiário, tendo entretanto ascendido à categoria de 1º Bailarino A. Enquanto membro da Companhia considera relevante a possibilidade de ter coreografado por diversas vezes para os seus colegas, bem como o relacionamento com as diversas gerações de elementos do Ballet Gulbenkian com quem tem convivido. Fora da Companhia coreografa para eventos de dança e teatro.

TOPO

 

RUI REIS

Rui Reis nasceu em Angra do Heroísmo, arquipélago dos Açores em 1968. Iniciou aos 12 anos a sua formação em dança, no Centro Profissional da Companhia Nacional de Bailado. Frequentou o Centro Internacional de Dança Rosella Hightower e entrou para o Ballet Gulbenkian em 1986, onde é actualmente 1º Bailarino. Deixou temporariamente a Companhia para integrar os elencos dos Ballets de Monte-Carlo e depois do English National Ballet. É licenciado em arquitectura.

TOPO

 

SANDRA ROSADO

Sandra Rosado nasceu em Lourenço Marques, Moçambique, no ano de 1971. Aos onze anos ingressou na Escola de Dança do Conservatório Nacional de onde saiu oito anos depois para ingressar no Ballet Gulbenkian, como estagiária. Participou em um ou dois cursos de Verão mas, com a ajuda de alguma preguiça, sempre achou que as férias eram para descansar e como de repente a idade avançava e a necessidade de descansar cada vez maior para poder trabalhar cada vez mais para o corpo ficar de pé, nada mais fez de aperfeiçoamentos. Integrou o elenco do Ballet Gulbenkian, onde foi 2ª bailarina.

TOPO

 

SOFIA INÁCIO

Nasceu em Lisboa, em 1974. Com 10 anos iniciou os estudos de dança na Escola do Conservatório Nacional em Lisboa. Posteriormente, estudou na Escola Superior de Dança e integrou a UPE Dança, companhia desta última escola. A partir de Setembro de 1996, foi estagiária do Ballet Gulbenkian. Em 1997 participou no 14º Internationale Sommer Tanzwochen em Viena, Áustria. Enquanto membro do Ballet Gulbenkian, trabalhou com coreógrafos como Ohad Naharin, Nacho Duato e Itzik Galili, e professores como Ivan Kramar.

TOPO

 

TERESA SIMAS

Teresa Simas nasceu em Lisboa, em 1971. Iniciou aos 8 anos os estudos de dança na Escola da Professora Ana Mascolo. Mais tarde estudou na Escola de Dança de Kiev, na Universidade de Artes Dramáticas de Moscovo e na Escola de Dança do Conservatório Nacional, em Lisboa. No Outono de 1996, trabalhou pela primeira vez, e por um período de três meses, com o Ballet Gulbenkian. Esta colaboração veio a ser retomada no início da Temporada 1997/98. Ao longo destes períodos, considera importante o facto de poder trabalhar com coreógrafos de todo o mundo e professores de dança extraordinários, bem como a aprendizagem prática e teórica de novas técnicas com Elisabeth Gibiat.

TOPO