MELOTECA SÍTIO DE MÚSICAS E ARTES
Siga-nosFacebookInstagramLinkedInPinterestTwitterTumblr
> Creche
Música na Infância
Música para bebés
Música para bebés
Música para bebés
Música para bebés

 

MÚSICA PARA BEBÉS

Recorre-se cada vez mais à Música para fomentar as potencialidades criadoras e desenvolver todas as faculdades humanas. A arte musical apresenta grandes vantagens em termos cognitivos e comportamentais, incrementa o raciocínio espacio-temporal, o pensamento lógico e a aptidão para as matemáticas. Estimula a criatividade e o gosto artístico musical, cria um ambiente calmo em família, tem um efeito positivo nas grávidas, contribui para que a criança chore menos e seja mais calma. Torna o bebé mais apto para a língua e a linguagem, para a experiência cativante do belo nas artes, para a escuta ecológica dos sons da natureza.

Música para bebés

Foto Baby Care Journals

Na medida em que proporcione calma e descontração, segurança e conforto, a música estimula o cérebro do bebé e abre-lhe o leque de aptidões intelectuais. As experiências e jogos musicais feitos intuitivamente pelas mães, pais, avós e avôs, são corroborados por experiências clínicas, os progressos da neurociência e a pesquisa musical. A audição de música torna-se um fator de desenvolvimento neurológico do bebé, sobretudo quando abarca todo o espetro sonoro audível (20-20000 Hz), sons graves, médios e agudos.

A música prepara para a vida e parte da vida de cada pessoa. Música de fundo com regularidade rítmica, melódica e harmónica dá à criança a sensação de bem-estar e de conforto e acalma também a mãe, o pai e todo ambiente familiar. Os primeiros contactos com a música acontecem no âmbito familiar e nos jardins de infância – onde a Música vai sendo encarada mais seriamente. As canções tradicionais, canções de embalar, música instrumental (com harpa, celesta, violino, viola, violoncelo, clarinete e flauta) são muito importantes nesta fase.

Instrumentos para bebés

Instrumentos para bebés

Mesmo que os educadores e encarregados de educação não disponham de bases musicais teóricas, podem sempre cantar, mimar, saltar, movimentar, possibilitar experiências sonoras com instrumentos. As edições de canções tradicionais em CD, DVD, VHS e mesmo CD-Rom aumentaram significativamente nos últimos anos em Portugal, com ampla divulgação nos meios de comunicação de massa - o que torna o acesso muito mais fácil.

Para a criança, o canto não é uma simples imitação: desperta o sentido do ritmo, da melodia e da harmonia, da escala, dos acordes e da tonalidade. Favorece a integração na criança e na idiossincrasia do povo e na comunidade. As primeiras canções são simples, com pequenos intervalos, tendo a mímica um papel importante no acompanhamento plástico. Devem ser escolhidas com critério, tendo em conta os textos, o ritmo e a melodia.

Música para bebés

Ouvindo e explorando a guitarra

Nos meios em que se ouve apenas música de fraca qualidade, tanto em termos de texto com em termos de melodia, é natural que seja esse o tipo de canção que a criança cante com os amigos. E é natural também que a audição regular de música clássica em casa e a ida a concertos influenciem linha os gostos musicais da criança.

O ritmo é organização, número, simetria, medida, proporção, ordem, fazendo parte da própria fisiologia do ser humano que respira, pulsa, anda, trabalha, repousa, fala e se cala. O ritmo binário tem um carácter pendular, mais adaptado à marcha, enquanto o ternário é mais rotatório, giratório, feminino. O compasso simples é mais adaptado à narrativa, e o 6/8 é especialmente adequado às canções de embalar. Simples exercícios rítmicos podem fazer maravilhas em termos musicais e psicológicos, pela descontração gerada e pelo efeito salutar no sistema nervoso.

Até aos sete anos a criança vive sobretudo da sensorialidade: há toda a vantagem em expor e treinar sensorialmente as crianças para fazerem  a natural descoberta da intensidade, timbre e altura. Os pequeninos precisam, obviamente, de variar. Não se pode usar sempre a mesma canção, nem sempre o mesmo instrumento. É importante que os educadores e professores de Música disponham de uma pequena coleção de instrumentos musicais e fontes sonoras para variar e satisfazer o gosto das crianças.

Objetos sonoros

Bebé manuseando objeto sonoro

Brinquedos sonoros, adquiridos em lojas de música e de brinquedos, apitos musicais, chocalhos de ovelha, cabra e vaca (à venda nas feiras em vilas do interior), instrumentos feitos a partir de materiais recicláveis, “apitos de caça”, podem ser adquiridos com vantagem sobre outros brinquedos, por vezes imensamente mais caros e com menos valor pedagógico.

Os educadores e professores de Música poderão encontrar em feiras e lojas de artesanato instrumentos do mundo especialmente úteis no contexto da creche e do Jardim de Infância: reques em forma de grilo ou rã, maracas coloridas com motivos variados, tamboretes com personagens dos desenhos animados. O desenvolvimento da motricidade e do conhecimento do mundo passam também por esta experiência.

A Música nos primeiros anos exige, assim, sensibilidade. O estudo pessoal e a criatividade fornecem aos educadores, pais e professores de música um mundo sonoro que enriquece os bebés e dá prazer às famílias. A criança, sensível ao timbre, distingue a sonoridade própria de vários instrumentos e apura a sensibilidade auditiva.

Pelos dois ou três anos, a criança improvisa frequentemente melodias numa base não métrica e não tonal, fundada nas suas vivências pessoais e no vocabulário de que já dispõe. Não é de esperar que tenha, nessa idade, grande coerência em termos de discurso verbal e musical. De qualquer modo, o educador pode aproveitar essa aptidão e completá-la. De facto, essa tendência desaparece com o despertar das funções intelectuais. Em forma de jogo musical, o educador pode fomentar a criatividade à medida que a criança vai crescendo, consciencializando de forma progressiva para as noções de frase, cadência e forma musical.

Bebé tocando bateria

Bebé tocando bateria

TOPO

 

MUSICATIVIDADES

SAÚDE O BEBÉ

De manhã saúde o bebé usando uma cantilena que pode criar na hora. Tome-o e olhe-o com ternura cantando: "Bom dia, João, bom dia!" usando duas notas, por exemplo sol mi.

EXPLORANDO PLÁSTICO

Dê-lhe algo que lhe permita explorar o tacto e a audição como certos pláticos. Produza sons vocais que se assemelhem ao som produzido pelo plástico manuseado pelas mãos do bebé.

TOPO
TOPO

 

TOPO
TOPO
TOPO
TOPO
TOPO

 

CLÁSSICOS PARA BEBÉS E ADULTOS

Francis CUTTING (c 1550-1595/6)
Variations on Greensleeves for lute

Arcangelo Corelli (1653-1713)
Christmas Concerto – Pastoral

 

M.A. Charpentier (1643-1704)
Noëls pour les Instruments (H534)

Johann Pachelbel (1653-1706)
Canon in D Major

 

Tomaso ALBINONI (1671-1751)
Adagio in G minor for Strings and Organ

Antonio VIVALDI (1678-1741)
Concerto No. 1 in E major, Op. 8, RV 269, "La primavera" (Spring)
Concerto No. 2 in G minor, Op. 8, RV 315, "L'estate" (Summer)
Concerto No. 3 in F major, Op. 8, RV 293, "L'autunno" (Autumn)
Concerto No. 4 in F minor, Op. 8, RV 297, "L'inverno" (Winter)
Concerto for Mandolin and orchestra in C Major RV 425 [ Allegro ]

Georg Philipp Telemann (1681-1767)
Concerto for Oboe, Strings and bc TWV 51-d2 [ 1. Vivace 2. Andante ]
Concerto 'Polonois' for Strings and Basso continuo in B-flat Major

Francesco Manfredini (1684-1762)
Concerto Grosso in Pastorale, op. 3 no. 12

George Frideric Handel (1685-1759)
Solomon (1749) - The Arrival of the Queen of Sheba
Sarabande HWV 437

 

Concerto a due cori in F major (HWV 333)
Concerto Grosso in B Flat Major HWV312
Watermusic  [ Air ]

Johann Sebastian BACH (1685-1750)
Suite No.2 in B minor BWV 1067 [ Badinerie ]
Orchestral Suite N° 3 in D Major BWV 1068 [ Air ]
Prelude No. 2 in C minor BWV 847
Brandenburg Concerto No. 5 in D major BWV 1050 [ Allegro ]
Brandenburg Concerto No. 4 in G major BWV 1049 [ Presto ]
Brandenburg concerto no. 3 in G major (BWV 1048) [ Allegro Moderato ]
Partita No. 1 in B-Flat [ Praeludium ]
Partita No. 1 in B-Flat [ Menuets I & II ]
English Suite No. 3 In G Minor [ Gavotte I - Gavotte II ]
French Suite No. 6 In E [ Allemande ]
Suite No. 3 In D For Cello [ Bourree I & II ]
Suite No. 6 For Cello [ Gavottes I-II ]
Fugue No. 2 From Well-Tempered Clavier, Book I
Partita No. 1 in B-Flat [ Giga ]
Well-Tempered Clavier, Book 1: Prelude No. 1 In C
Concerto In D Minor For Oboe And Strings  Sicliano
Organ Chorales from the Leipzig Manuscript Vol. 2 - BWV 659; BWV 660; 662; 663; 664;

Pietro LOCATELLI (1695-1764)
Concerto Grosso in C minor

Johann Melchior MOLTER (1695-1765)
Concerto 'Pastorale' in G-Major

Leopold MOZART (1719-1787)
Toy Symphony, in G major (K. 63)

 

Luigi BOCHERINI [ 1743-1805 ]
Menuet

Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791)
Piano Concerto No. 21, K.467  [ Andante  ]
Variations (12) on Ah, vous dirai-je maman, for piano in C major, K. 265
Concerto for two pianos and orchestra K. 365 [ Rondo allegro ]
Symphony No. 25 in G minor, K. 183 (K. 173dB) [ Andante ]
Andante for Flute and Orchestra in C major, K. 315
Concerto for Horn and Orchestra Nº 3, in E Flat major K. 447 [ Romanze: Larghetto ]

Ludwig van Beethoven (1770-1827)
Bagatelle for piano in A minor ("Für Elise"), WoO 59 
Piano Sonata No. 8 in C minor ("Pathétique"), Op. 13
Piano Sonata No. 7 in D major, Op. 10/3 [ Menuetto  Allegro ]
Die Geschöpfe des Prometheus (The Creatures of Prometheus), ballet, Op. 43 [ Finale, Allegretto ]
Piano Concerto Nº. 2 in B-flat, op.19
Piano Concerto No. 5 in E-flat major, Op. 73
Piano Sonata No. 20 in G major, op. 49, nº 2
Symphony No. 8 in F major, Op. 93 [ Allegro scherzando ]
Piano Sonata No. 15 in D major ("Pastoral"), Op. 28 [ Rondo, Allegro ma non troppo ]
Symphony No. 6 in F major ("Pastoral"), Op. 68

Camille SAINT-SAËNS (1835-1921)
The Carnival of the Animals

Piotr TCHAIKOVSKY (1840-1893)
Serenade for strings. op. 48

Antonin DVORAK (1841-1904)
Humoresques, Op. 101 (B. 187)

Jules MASSENET (1842-1912)
Meditation from Thais

 

Edvard GRIEG (1843-1907)
Peer Gynt Suite No. 1, op. 46

Gustav MAHLER (1860-1911)
5th Symphony [ Adagietto ]

Gustav HOLST (1874-1934)
The planets. Suite for Large Orchestra, Op. 32
[ Venus, the Bringer of Peace + Neptune, the Mystic ]

Ralph VAUGHAN WILLIAMS (1872-1958)
Fantasia on Grensleeves

 

Sergei PROKOFIEV (1891-1953)
Lieutenant Kijé – Suite Symphonic, op. 60 [ Romance ]

TOPO